Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Funcionária – «jornalista» parece-me exagero – da SIC Notícias entrevista criança de 5 ou 6 anos no Terreiro do Paço.

«Porque estás aqui?»

«Porque… não sei.»

«Não sabes? Mas percebes que é importante cá estar?»

«Uhhh…»

«Um dia perceberás.»


16 comentários

Sem imagem de perfil

De GONIO a 02.03.2013 às 22:02

Também foi muito esclarecedor ver a jornalista Joana Latino (SIC) abraçada a um manifestante, ao chegar ao Marquês de Pombal, e a fazer a reportagem...
Perguntar aos manifestantes "que solução alternativa tem para Portugal?" é que não. Talvez gaguejassem como uma representante do movimento Que Se Lixe a Troika ontem no Expresso da Meia-Noite...
Imagem de perfil

De José António Abreu a 03.03.2013 às 14:03

Não vi esse abraço. Aliás, ontem vi muito pouca televisão.
Quanto à alternativa, ninguém estava lá para dar soluções, só para se mostrar irritado com o problema. Ainda assim, parece que é "tomarmos conta das nossas vidas" - seja lá isso o que for.
Sem imagem de perfil

De Jornalismo do bom a 02.03.2013 às 22:22

"Foram 400 mil? 500 mil? 800 mil? Um milhão e meio?" (lido no Público). Quer-me cá parecer que estas "previsões" ainda são mais malucas que as do Gaspar...
Imagem de perfil

De José António Abreu a 03.03.2013 às 14:10

Bom, mas isso, não sendo uma notícia (notícia seria um número razoavelmente exacto - e correcto), pelo menos é honesto. Eu até preferia que o Gaspar fizesse algo similar: «A... queda... do PIB... ficará... entre... os... 0,8 e... os 3,3... por cento... Quanto... ao... desemprego... estará... nos dois... dígitos.»
Sem imagem de perfil

De Aniceto Rui a 03.03.2013 às 12:42

E agora, uma pergunta de algibeira:
Porque é que este (suposto) milhão e meio, que se diz farto de ser sempre governado pelos mesmos, que os políticos são todos iguais e é preciso mudar tudo, que querem uma democracia mais participativa, que querem demitir este governo e meter a 'Troika' na rua, etc, etc, etc e tal., não recolhe as parcas 7500 assinaturas necessárias, forma um partido político e ganha as eleições legislativas e/ou autárquicas com uma perna às costas, sem precisar de coligações, cambalachos ou chapeladas, e começa realmente a governar o país, seguindo o processo democrático que tanto exortam?
Será porque:
a) Não são assim tantos quanto isso.
b) Metade (ou mais) foi à manifestação porque pensava que o Tony Carreira ia cantar depois do Zeca Afonso.
bb) Pensavam que era mais um mega piquenique do Continente.
c) São uma fachada para o PCP a brincar aos movimentos cívicos (basta contar a quantidade de panfletos e autocolantes que por lá andavam). Ou vice-versa.
cc) São uma fachada para o BE/MAS a brincar aos movimentos cívicos (idem) . Ou vice-versa.
d) Não têm soluções para um Portugal sem-'Troika'/falido, que é igual entre si mas distinto de um Portugal pós-'Troika'.
e) Todas as anteriores (e mais algumas).
Imagem de perfil

De José António Abreu a 03.03.2013 às 14:13

Respondendo-lhe a sério, essencialmente d.
Mas não é impossível (digo eu; o Vasco Pulido Valente garante o contrário) que surja um movimento qualquer similar ao de Beppe Grillo que leve atrás muita gente.
Sem imagem de perfil

De rmg a 03.03.2013 às 15:13


Concordo consigo , é uma hípótese , ainda que não me pareça que arraste tanta gente como lá .
Em Itália há um certo horror aos governos por isso mudaram-nos pelo menos 60 vezes nos últimos 65 anos .

Mas Itália é um país que funciona com os "coronéis" dos ministérios , os directores-gerais que vão garantindo a governabilidade do país , isso não se passa em mais nenhum país da Europa.

Por outro lado as enormes diferenças sócio-económicas , à medida que se vai de Norte para Sul , arrastam consequências que não se verificam em qualquer outra grande economia .

Entretanto vão acontecer coisas em Itália , o Movimento em causa já não sabe muito bem o que vai fazer com tanto voto , quando se recebe votos dos ricos e dos pobres , da esquerda e da direita , dos novos e dos velhos , não é linear que se possa fazer muito do que se prometeu .
E quando o que se prometeu agrada a todos é evidente que não vai servir a ninguém , para dar aos canalizadores tem que se tirar aos professores e vice-versa e por aí fora , nada é elástico e há que fazer escolhas um dia .

De resto começa a haver algum silêncio à volta daquilo nos media , talvez porque tenham finalmente ido ler o programa do "Movimento" e não lhes tenha agradado na parte que lhes toca .
A ideia de que o "Movimento fala à esquerda" é retirada da leitura que a esquerda faz do programa mas onde só lê o que lhe convém pois , lá pelo meio , há muita coisa que de esquerda pouco tem e não é novidade lá pela terra .

Convém ler o tal programa .
Foi o que eu fiz e dá para perceber muita coisa .


Sem imagem de perfil

De Com vossa licença a 03.03.2013 às 15:47

Nos jornais li que uma das tais propostas de Grillo é internet grátis para todos, e, já que é na net que estamos, duas palavras sobre o assunto: para início de conversa, para aceder à net é preciso um equipamento qualquer, mas suponho que não chegará a tanto a luminosa ideia. Será então apenas suportada pelos contribuintes a existência de abundantes locais onde esses equipamentos ligados à net estejam à disposição de quem quiser passar lá a tarde/noite à vontaducha a ver gajas nuas ou a aprender a fazer cocktails molotov? Ou será que cada um deixa de pagar o que paga à PT ou à ZON lá do sítio e passa a aceder à net à borliú? E quem paga o que cada um deixa de pagar? Mais uma vez, o contribuinte, mesmo que nem utilize? E porquê a net grátis e não os jornais ou os livros ou a ópera ou o pão ou o leite? Fiquei mesmo baralhado...
Sem imagem de perfil

De Aniceto Rui a 03.03.2013 às 16:13

Grátis é sempre uma palavra chave. Mas o Manuel João Vieira sempre se candidatou a presidente da República com ideias de oferecer um Ferrari a cada português e está lá o Cavaco há 2 mandatos.

Proponho também um jogo. Abram o Facebook e procurem fotos dos protestos "orgânicos" e "cívicos" sem cartazes e faixas do PCP/MAS (o BE anda meio arredado destas lides, deve ser da liderança acéfala, perdão, bicéfala).
Sem imagem de perfil

De rmg a 03.03.2013 às 17:12


De facto fala da cobertura completa de ADSL a nível nacional mas tem o cuidado de não entrar muito em pormenores .

Resta saber se quer pô-la dentro de casa de cada um ou na rua , pormenor que não é de menos pois a internet cada vez cai mais do céu (a famosa « nuvem ») mas os aparelhos custam dinheiro a fazer , a montar e a manter .

Se fôr dentro de casa estamos conversados .
Se fôr « na rua » propõe desde já determinado sistema que não cito para evitar publicidades desnecessárias (está lá no programa) .
O sistema só tem o inconveniente de « dar » 22MB/s até 7 kms e 4.5 MB/s até 15 kms.
Os custos de manutenção disto tudo devem ser bons e entusiasmantes .

Mas propostas como a de nenhuma cadeia de televisão com cobertura nacional poder ter como accionista maioritário uma entidade privada e nenhum dos accionistas poder ter mais de 10% não é má ideia ...
Se a isso juntarmos que as licenças respectivas serão leiloadas (sic) de 5 em 5 anos e que quer acabar com o sindicato dos jornalistas , fica tudo mais composto .

Acabar com órgãos autárquicos que cubram menos de 5000 habitantes também seria bem recebido por cá , bem como as promoções exclusivamente por mérito na Saúde Pública .

São 128 medidas , umas muito genéricas e outra nem tanto , é impossível não estarmos de acordo com 2/3 delas – o problema é quando , depois de as lermos , paramos para pensar e perguntar-mo-nos como é que aquilo se põe na prática.

Também lá está a impossibilidade de pessoas condenadas em tribunal se poderem candidatar a cargos (sem especificar quais) .
Aos públicos já é o caso , por isso ele próprio não foi candidato .
Sem imagem de perfil

De rmg a 03.03.2013 às 17:28

Esqueci-me de focar um ponto essencial e que justifica a importância dada à net pelo « Movimento 5 Estrelas » e acho que responde à última questão que pôs :

- Participação directa dos cidadãos nas reuniões públicas via web

Assim , na comodidade do seu lar e entre duas visitas aos outros sites , o cidadão aprova e quiçá irá votar tudo o que lhe pareça simpático e sirva os seus interesses.
Se serve os de outros já hoje é indiferente a quase toda a gente .
Sem imagem de perfil

De Vasco a 03.03.2013 às 16:46

P.f. não dêem ideais ao Nilson ou ao Nilas ou lá que diabo é o nome do fulano; aquele palerma dos óculos coloridos e barba de 3 dias para dar mais estilo e que não tem graça nenhuma.
Sem imagem de perfil

De A ler... a 03.03.2013 às 13:29

Gosto sempre de ler Henrique Monteiro que, em meu entender, tem a grande qualidade de manter os pés assentes na terra e de dizer o que é básico (obviamente que não no sentido pejorativo deste termo).

http://expresso.sapo.pt/chamem-me-o-que-quiserem=s25609
Sem imagem de perfil

De A ler também... a 03.03.2013 às 13:30

http://expresso.sapo.pt/que-se-lixe-a-troika-ok-e-faz-se-o-que=f789618
Sem imagem de perfil

De Vasco a 03.03.2013 às 16:50

Não leio o Expresso, não sei ler naquela língua esquisita. Se for só por mim, escusam de deixar o link.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D