Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os engraçadinhos do Montepio

por Rui Rocha, em 27.02.13

O Montepio colocou na(s) rádio(s) um anúncio (parece que agora se diz spot publicitário e não posso deixar de pensar que é um estranho mundo este em que a simplicidade definidora de uma palavra tem de ser substituída pela combinação de dois vocábulos de línguas diferentes) em que promove um produto financeiro, oferecendo em complemento um seguro de saúde. Depois de não sei quantas horas de pesquisa, concepção, debate e aprovação, os criativos da agência e os responsáveis da instituição chegaram pelo visto à conclusão que, para o efeito, nada melhor do que uma narrativa (fica sempre bem esta da narrativa) em que perante um pai preocupado, uma mãe vai sucessivamente dizendo que não há problema por o Pedrinho estar a descer as escadas a correr, por a Ritinha estar a subir a uma árvore, ou por andarem ambos a brincar no meio das urtigas. Como pai, gostaria de dizer ao Montepio que jamais subscreveria um produto promovido a partir de uma mensagem com estas características. Os autores da coisa ou pretendem subliminarmente provocar-me medo, coisa que recuso, ou estão na pândega com questões de segurança relacionadas com os meus filhos (é neles que penso quando ouço o anúncio) e isso parece-me de extremo mau gosto. Ou, vai-se a ver, são só parvos (hipótese para a qual me inclino). Em qualquer caso, creio que teria muito maior probabilidade de sucesso um anúncio que brincasse, sei lá, com a segurança dos depósitos dos clientes do Montepio.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De alexandre a 27.02.2013 às 16:33

Tem toda a razão !....deviam era tratar de irem "contar e verificar" todos os dias "as moedas", pois o material é muito oleoso...e..pode.. sei..lá.... escorrer para destinos..."reais" .. onde..realmente..... estacionaram... os de alguns bancos ....!



Alexandre
Sem imagem de perfil

De Sofia a 27.02.2013 às 19:18

Ou que brincasse, sei lá, com a segurança do ministro Relvas, do tipo, pode comparecer em segurança em todas as conferências, está seguro pelo Montepio!
Sem imagem de perfil

De Francisco a 28.02.2013 às 08:59

Devo acrescentar ainda que não é a primeira vez que o Montepio comunica comercialmente este tipo de mensagens!!
Recentemente, e fiquem atentos ou pesquisem no Youtube, o Montepio tinha uma comunicação comercial dedicada também às crianças e com a imagem/presença do Panda, do canal Panda, e no suposto apelo à poupança, em que uma criança perguntava ao pai, "Pai o que é poupar?", e o pai, em tom até aborrecido, dizia "Não sei, pergunta ao Panda!" Depois de esta pergunta ser feita 3 vezes, e o pai dar sempre a mesma resposta, a criança diz ao pai, "Pai, os Pandas não falam!!", ao que o pai, para apoteose final na glorificação da mensagem e no culminar do obejctivo comercial colocado pela agência que fez este brilhante anúncio e o Montepio comeu, responde: "Então, pergunta ao Montepio!!", onde se percebe um certo tom irado, deixando um convite claro a quem recebe esta mensagem de finalizar este discruso do pai desta criança, com um fantástico "Não me chateies!!"
PERFEITO!
E anda uma Instituição como esta a passar mensagem de Educação Financeira, Cidadania Empresarial, Voluntariado e Responsabilidade Social, que tão bem é reconhecida e vista como exemplar no panorama bancário nacioanl, para depois, em 30 segundos, por incompetência dos criativos da agência que faz estas pérolas em perceberem para quem estão a fazer uma peça de comunicação empresarial, e total incúria por quem no Montepio aceita um atentado destes e pior! o deixa ir para o ar.... eu não chamo a isto "dar um tiro no pé", chamo "meter uma granada no sapato"... Como é possível, no caso que refere e muito bem, e neste que eu acrescento, para não falar em mais, as pessoas no MOntepio que decidem aceitarem uma coisa destas!!!... Como é possível...
Sem imagem de perfil

De Paulo Varela a 01.03.2013 às 12:14

Os marketeers andam todos doidos e acham que quanto mais loucos mais competentes... está na hora de repensar o papel da publicidade e a forma como as marcas se colocam nas mãos de gente exterior à instituição.
Sem imagem de perfil

De Pedro Barros a 02.03.2013 às 11:25

E pode-se ainda adicionar o que esta atitude implica sobre a própria lógica de utilização do seguro, como tento esclarecer aqui: http://momentoseconomicos.wordpress.com/2013/03/01/prevencao-seguro-e-risco-moral-ex-ante/
Sem imagem de perfil

De carlos a 25.10.2014 às 19:22

Montepio é o sr. que se segue no rol dos bpn, bes etc, nem o milicias o livra.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D