Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pergunta do dia

por Ana Margarida Craveiro, em 08.01.13

E você, já suscitou hoje alguma inconstitucionalidade?


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Ajom Moguro a 08.01.2013 às 11:13

Eu já, mas ninguém dá importância ao pelintra Zé da esquina. Assim: A enorme e bem nutrida brigada que agora se preocupa com a repartição de sacrifícios continua muda e queda quando se trata, e sempre se tratou, de distribuição restrita de indecorosos benefícios a roçar o escândalo. Muitos desses são dos tais que andam e andaram com a mão na massa que sempre arrebanharam descaradamente em proveito próprio.
Sem imagem de perfil

De Não Há Pachorra a 08.01.2013 às 12:02

Realmente, isto é de absoluta anedota. Agora é a associação sindical dos juízes. Qualquer dia o sindicato dos jogadores de futebol, a comissão de trabalhadores da Lisnave e o Artur Baptista da Silva.

Que país pequenino de gente pequenina somos mesmo...
Sem imagem de perfil

De Ajom Moguro a 08.01.2013 às 14:11

Faz anos, li num jornal de que agora não consigo identificar, nem origem nem autor, uma peça de que guardei o recorte, agora achado já amarelecido em operação de limpeza caseira. Sacudido o pó, além de o poupar ao caixote do lixo pela actualidade que sugere, pelo abanão que provoca e pela reflexão que impõe, não resisto á tentação de o propor para transcrição:
"O POVO QUE TEMOS- Quem tiver paciência, e oportunidade, de ler e consultar os jornais de há 60 ou 70 anos, e mais, e se der ao trabalho de comparar o que então se dizia e fazia, com o que actualmente se diz e faz, não pode deixar de se surpreender com o paralelismo flagrante de situações e de oratória política. Com efeito, dando mostras do mesmo congénito sinal de incapacidade entre a manifestação da vontade e a capacidade de traduzir a mesma em actos positivos, o português, cada vez mais aferrado a hábitos de calaceirice e indolência mental, propõe mas não actua, perora e denuncia mas, para tanto prefere sempre o anonimato, projecta mas não realiza, e sem verdadeiro e autêntico sentido de humor, fabrica piadas ou faz anedotas. No capítulo físico , é teso, mas quanto a valentia, que é aceitação racional e calculada dos riscos e do perigo, vai-se contentando com os "brandos costumes", e a crença do que é preciso é sorte e dinheiro para gastos. De modo que, a par das pseudo-soluções em que é fértil, consente, perfeitamente à vontade, o crime, a desonestidade, a violação do Direito, e o "gamanço", a que chama "esperteza". Verborreico e superficial, por atavismo, não possui qualquer sentido dramático da existência - e aqui se diferencia basicamente do espanhol - e é capaz de misturar, facilmente, o heroísmo com a cobardia. Saudavelmente, porém, diante do pior drama, faz pilhéria. É este o Povo que temos".
Sem imagem de perfil

De Emanuel Lopes a 08.01.2013 às 15:23

Eu, quase secretamente, espero que o TC chumbe este orçamento. Todo, aliás. Parece um bocado sádico, e é certamente masoquista, mas temos que aprender de alguma maneira que a riqueza não se cria por decreto, e que só há duas maneiras de pagar as despesas do estado: impostos agora ou impostos depois. E o problema é que estamos com uma carga fiscal brutal e ainda temos de recorrer ao crédito para pagar todos os gastos do estado. Por isso espero que o governo se demita e sejam convocadas novas eleições, para que o Sr. Seguro possa, sei lá, empurrar os eleitores para o BE. E depois que venha o tal governo de esquerda para que isto vá tudo abaixo, porque é disso que precisamos, um "Novo Estado".

Às vezes tenho medo da minha imaginação.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D