Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fábrica de sonhos

por Jorge Assunção, em 08.05.09

"Washington Post elogia governação de Sócrates: José Sócrates passou os últimos quatro anos a implementar medidas para ter como recompensa uma crise que colocou o país sem margem de manobra em termos fiscais e que impulsionou o número de apoiantes do Partido Comunista, escreve o "Washington Post", num artigo onde sobressaem os elogios à governação do primeiro-ministro.". Isto conta-nos o Jornal de Negócios. O artigo original (uma coluna de opinião de Steven Pearlstein e não uma notícia do jornal, refira-se), encontra-se aqui (onde só por acaso, para além dos elogios a Sócrates, Manuel Pinho também merece uma ou outra referência elogiosa). Agora gostava de vos remeter para notícia do Diário de Notícias de 4 de Maio de 2009: "Ainda vamos ter um Verão difícil, mas depois disso a maior parte das coisas estarão resolvidas." Quem o diz é Steven Pearlstein, jornalista e colunista do Washington Post. "Ainda temos alguns anos de ajustamento aos preços correctos das coisas, em que não vai haver crescimento. E não há nada que o Governo deva fazer acerca disso", acrescentou o vencedor do prémio Pulitzer em 2008, que esteve em Portugal, na semana passada, numa conferência organizada pelo Ministério da Economia. Cada um que tire as suas conclusões.

Autoria e outros dados (tags, etc)


25 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.05.2009 às 00:05

Elementar, caro Jorge. Cherchez Pinho.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 00:09

Steven Pearlstein não tem uma quota naquela loja de Beverly Hills?
Imagem de perfil

De Jorge Assunção a 09.05.2009 às 12:18

Se calhar quer ter...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.05.2009 às 00:27

Pois... é tudo uma questão de prisma.
Imagem de perfil

De Jorge Assunção a 09.05.2009 às 11:17

Pois é, Ana... o prisma de Steven Pearlstein sobre Portugal parece-me demasiado semelhante ao dos dois interlocutores com quem conversou na sua breve estadia por cá.
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 00:50

Chega a ser ridículo a> , ser tão ridículo a> . Acusar, com tanta leveza de espírito , que se "compram" ou influenciam assim notícias, demonstra um mau gosto e uma desonestidade intelectual que só se justifica por um ódio cego à governação ou a Sócrates .

Fala mal do governo? Imparcialidade!
Fala bem? Cai o Carmo e a trindade!

Sim, até porque esse senhor tem um interesse extremo de agradar a Sócrates ou a Pinho, deve depender dele para viver...por amor de deus!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.05.2009 às 01:06

Sabe, Luís, aos jornalistas aplica-se o preceito referente à mulher de César. Os do 'Washington Post', naturalmente, não são excepção.
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:11

Por essa ordem natural de raciocínio , devo chegar à conclusão que aqui todos os dias vou ler uma critica ao telejornal da tvi ou ao jornal publico?

Só p'ra ver se me entendo...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 01:16

Porquê? Acha que somos vocacionados para rituais? Isso é noutra loja.
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:19

Não sei para o que são vocacionados, mas por este post não vejo grande vocação, lá isso é verdade.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 01:23

Certo. Também já fomos jovens a querer ser gente...
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:27

Ena, por momentos relembrei aqui algumas criticas à postura do ataque pessoal, particularmente à idade.

Falta de maizena, aposto!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 01:40

«Criticas à postura do ataque pessoal»??? Isso não é falta de Maizena: é falta de sopa de letras...
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:56

Gosto desta troca de comentários! ahah
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:36

Não se enerve, relaxe! Como pode ver, idade não é sinónimo de tranquilidade ou sapiência.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.05.2009 às 01:26

Aqui? Não percebo. Está a confundir um blogue com um jornal?
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 01:32

Ah pronto, peço desculpa, vejo que acaba de admitir que são parciais, só referem e elogiam aquilo que seja "bota abaixismo". O que não se enquadrar nessa categoria, temos este resultado. É sempre bom clarificar a opinião dos leitores.

Obrigado!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 01:42

Reconheço-lhe a terminologia: «His Master's Voice». Mas ainda tem de treinar a pose.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.05.2009 às 01:52

Se fôssemos parciais não teríamos estas caixas de comentários, abertas a leitores que pensam das mais diversas formas. Como bem sabe, nem todos os blogues fazem isso, muito pelo contrário.
Imagem de perfil

De Luís Pereira a 09.05.2009 às 02:07

Caro Pedro, desculpe lá a forma mais intempestiva do meu comentário, pode ser por causa do sono. De qualquer forma, discordo e muito deste post , como de muitos outros, divergências naturais, o que não invalida o facto de até gostar de ler o blog. No entanto, este post irrita-me particularmente por até sobre um meio de comunicação internacional, acusarem de existir alguma influência governamental.

Vou-me retirar que já é tarde. Cumprimentos!
PS: enfim, quanto à troca de palavras com o amigo João, mais valia apagar, não sei onde quer chegar com esse tipo de comentários.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.05.2009 às 08:20

Verdes anos, verdes anos...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.05.2009 às 10:40

Vá aparecendo, Luís. Seja para concordar, seja para discordar.
Abraço
Imagem de perfil

De Jorge Assunção a 09.05.2009 às 11:14

Caro Luís,

"que se "compram" ou influenciam assim notícias"

Volto a repetir: cada um que tire as suas conclusões. Já agora: você costuma chamar à coluna de opinião do Vasco Pulido Valente uma notícia?

"No entanto, este post irrita-me particularmente por até sobre um meio de comunicação internacional, acusarem de existir alguma influência governamental."

É uma coluna de opinião, não está aqui em causa o Washington Post, jornal que aprecio, mas tão só aquilo que levou Steven Pearlstein a emitir a opinião em causa. Está também em causa a notícia do Jornal de Negócios que confunde conceitos e é enganadora.

Bons sonhos.
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 09.05.2009 às 02:37

Isto cheira-me a campanha negra :-)

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D