Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Resistência activa ao aborto ortográfico (14)

por Pedro Correia, em 13.11.12

 

 Novembro, de Jaime Nogueira Pinto (edição A Esfera dos Livros, 2012)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.11.2012 às 09:41

Bah! De um tipo velhote e de direita como o JNP jamais se esperaria que aderisse a qualquer nova ortografia, por melhor fundamentada que ela fosse.
Sem imagem de perfil

De c. a 13.11.2012 às 15:58

Salazar fez um acordo ortográfico. Acordos ortográficos, pelo que contêm de totalizante agradam a qualquer ditadura.
Nova ortografia, ORDEM NOVA.
Por algum motivo, nenhum país do 1º mundo com tradição democrática fez qualquer acordo ortográfico.
Nogueira Pinto, embora admire a figura de Salazar, ao defender a ortografia do Português da Europa, da África está a colocar-se ao lado do escol intelectual português.
Não esquecer que entre entre os primeiros signatários da petição contra o Acordo estavam figuras como o Prof. Magalhães Godinho ou o Prof. Eduardo Lourenço.
É do lado do acordismo que se devem procurar os partidários de ditaduras obscurantistas.
Aliás, este próprio acordo é um triste sintoma de atraso cultural - Portugal e Brasil são países com elevadas taxas de analfabetismo e que conheceram ditaduras longas.
Num estado de direito moderno e numa democracia avançada um «acordo ortográfico» é uma monstruosidade.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 14.11.2012 às 10:37

A Alemanha ainda há poucos anos alterou a ortografia do alemão (para poucas palavras, claro). Não sei se o fez mediante acordo com outros países de língua oficial alemã (Áustria, Suíça) ou não, mas alterou.
Sem imagem de perfil

De c. a 13.11.2012 às 15:41

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=acortog
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2012 às 19:11

Petição meritória, sem dúvida.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.11.2012 às 16:30

Muito bem. Continue esta série de resistência ao estatismo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.11.2012 às 23:52

Assim será.
Sem imagem de perfil

De esse antonio a 13.11.2012 às 18:08

Que comentário tão... tão... idiota.
Sem imagem de perfil

De João F. a 13.11.2012 às 20:22

Estou a ler esse livro e estou fascinado. Excelente! Por acaso também reparei na ausência do malfadado Acordo Ortográfico. Mas de facto não se esperava outra coisa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.11.2012 às 23:53

Pois não, João. Irei dando nota aqui de outros livros e de outras editoras que persistem em divulgar um português sem erros.
Sem imagem de perfil

De João F. a 14.11.2012 às 01:32

É um grande trabalho, sem dúvida. No campo dos jornais que se opõem ao Acordo Ortográfico, para além do Público, há O Diabo e o Correio da Manhã. Nas editoras há a Gradiva e a Relógio D'Água. Pelo menos que eu saiba.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2012 às 19:09

Vou continuando a realçar o mérito de autores e editoras, e de publicações periódicas, agradecendo os contributos nesse sentido que todos os leitores queiram dar-me. Obrigado desde já pelo seu.
Imagem de perfil

De João Manuel Maia Alves a 22.11.2012 às 19:29

O Correio da Manhã adota a nova ortografia a partir do início do ano que vem. O Record, do mesmo grupo, usa-a desde 2009. Seria uma boa ideia se se informassem sobre o assunto e pensassem pelas vossas cabeças. Eu uso a nova ortografia conscientemente. É uma batalha perdida a luta contra a imparável nova ortografia. Arranjem outra causa.
Sem imagem de perfil

De António Viriato a 16.11.2012 às 04:17

Caros Amigos,
Gostei do que aqui li.
Felicito-os por todo o empenho revelado na luta contra a aplicação deste nocivo AO.
Alarguemos a resistência cultural a esta inconveniência.
Abraço.
António Viriato
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.11.2012 às 01:13

Agradeço e retribuo com gosto as suas palavras.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D