Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Europeias (16)

por Pedro Correia, em 05.05.09

 

 

A EUROPA CADA VEZ MAIS LONGE

 

"The public is losing patience with him, and so is this newspaper." Assim escrevia há dias a Economist. O visado era o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown. Que deixou há muito de ser uma espécie de mago Merlin da economia europeia para se tornar a face antecipada de uma derrota histórica dos trabalhistas num país que está muito longe de ter as debilidades estruturais de Portugal. A mesma Economist analisou agora a situação da economia portuguesa, num artigo intitulado 'Diálogo Socrático'.  Portugal sai mal deste retrato: o produto interno bruto cai 3,5%, o desemprego sobe aos 8,5% e sobretudo o País aumenta a distância que o separa da média europeia em rendimento per capita. Em 1999, no auge da governação Guterres, estávamos a quase 80% dessa média; hoje estamos a 75%. A Europa vai ficando cada vez mais longe - garantem os dados estatísticos, confirmando uma realidade que cada português pressente, mesmo sem ter conhecimentos macroeconómicos, a cada dia que passa.

A Economist aborda o caso Freeport para sublinhar o óbvio: "O facto de uma investigação iniciada em 2005 ainda decorrer demonstra a ineficácia e o atraso do sistema judicial [português]." Também neste campo estamos cada vez mais afastados da Europa.

Quando falta um mês para a eleição europeia, seria natural que estes temas estivessem todos os dias em debate. Mas não é isso que vemos: agora o que está a dar, bem à portuguesa, são as intermináveis especulações sobre um putativo bloco central lá para o fim do ano, quando vier o veredicto das legislativas. Quem aproveita com isso? José Sócrates. O público está a perder a paciência com ele, e alguns órgãos de informação também. Mas, sublinha a Economist, ele é capaz de vencer as legislativas - embora sem maioria absoluta. Porque governa bem? Não: porque a oposição é o que é. Também na qualidade da classe política estamos cada vez mais longe da média europeia.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.05.2009 às 14:02

E quem levantou a lebre desse debate absolutamente descabido do bloco central? Com alternativas assim... Acho que prefiro é ir ao futebol celebrar a categoria e eficácia do FCP e as alternativas que se lixem.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 05.05.2009 às 14:27

Podemos assim dizer que esta revista 'transvestida' alinhou também na campanha negra contra o nosso PM.
Não sei se não terá sido um jornalista da Economist que agrediu Vital Moreira...!

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D