Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




De O'Neill a Régio

por Ana Vidal, em 04.05.09

 

Segui com atenção a entrevista que Durão Barroso acabou de dar na SIC Notícias, curiosa por saber o que pensa sobre as questões da actualidade o nosso mais proeminente europeu.  Mas fiquei na mesma. Mário Crespo bem se esforçou em malabarismos e truques jornalísticos, tentando apanhá-lo desprevenido, mas tudo o que conseguiu foi uma descrição de um almoço em tête-a-tête com Sarkozy, no Eliseu, na maior intimidade fraterna. Fora isso, e fazendo jus ao nome que lhe ficou colado à pele, Durão esquivou-se a todas as perguntas com exímia e escorregadia arte sub-aquática e a nenhuma respondeu. "Mas este é o seu país!", queixava-se Crespo, já desesperado. Nada feito. A frase que mais lhe ouvimos foi um lapidar e descomprometido "não vou entrar por aí". E não entrou, de facto. Ficámos sem saber por onde vai, ou para onde vai. Sabemos só que não vai por aí.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


40 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 04.05.2009 às 22:22

Só consegui assistir a uma parte e fiquei com a mesma ideia. Pelos vistos, não perdi muito.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 22:53

Pois não, João. Nada mesmo.
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 04.05.2009 às 22:30

Ele sabe para onde vai, só não sabe é quando chega :-)
Tal como um dia disse que seria primeiro-ministro, só não sabia quando.
Há tipos que nasceram com o rabinho virado para o sol. E nunca se queimam :-)
Sem imagem de perfil

De mdsol a 04.05.2009 às 22:35

Só pelo título o post já vale! Parabéns! Grande título.

(não vi a entrevista)

:))
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 22:52

Obrigada, MdSol. Foi um flop total, acredite.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 04.05.2009 às 23:00

Errado. Uma luz não se acende sozinha.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 22:49

Ele talvez saiba, mas não diz. E os planos não devem passar por cá, Joaquim... achei-o distante e altivo, a demarcar-se bem do país onde nasceu. Este é que adopta o slogan "nós, europeus" aplicado a si próprio, deixando para os portugueses uma espécie de "vós, coitados"...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.05.2009 às 22:35

Não vi e não gostei.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 22:49

Não perdeste nada.
Sem imagem de perfil

De Alexandra Carreira a 04.05.2009 às 22:46

Não vi a entrevista, mas o senhor não dá ponto sem nó. Ninguém lhe arranca nada que não queira dizer. E se há coisa que não quer é envolver-se nas lutas internas. O campeonato é outro! Tenho cá para mim que não voltará a Portugal.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 22:51

É o que eu acho também, Alexandra. Ficou bem claro que não quer misturar-se...
Sem imagem de perfil

De mdsol a 04.05.2009 às 23:04

Atingiu o seu Nirvana... é o que é!
Bah

:))
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 23:13

E nunca mais vem por aqui... :-)
Sem imagem de perfil

De mdsol a 04.05.2009 às 23:27

Riscou o CD?

:))
Sem imagem de perfil

De javali a 05.05.2009 às 02:08

"Tenho cá para mim que não voltará a Portugal."

Deus te oiça. Perdão, Deus te ouva.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 05.05.2009 às 10:36

Deus te "ova", já que falamos de chernes...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 23:06

Então, João... estás gago??
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.05.2009 às 23:11

Põe-se a ouvir a Clara F. Alves e fica assim.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 23:14

Ahahahahah
Imagem de perfil

De João Carvalho a 04.05.2009 às 23:21

Não estou a sentir-me nada bem. Será a gripe? Será a Clara?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.05.2009 às 23:25

A gripe não é certamente, e a Clara não bate assim...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 05.05.2009 às 00:15

Ai, que isto está a transformar-se numa pandemia...
Sem imagem de perfil

De patti a 04.05.2009 às 23:47

Oh João eu penso que esse 'Certo' será uma espécie de aliteração, pois o post fala do Régio e ele era exímio no jogo das repetições.

Por isso, não se preocupe, quem sabe no seu próximo post, não lhe sai um poema?
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 05.05.2009 às 00:24

Eu praticamente só vi a parte do TGV. Ele é a favor, mas quando o Mário Crespo lhe perguntou: "mas agora"?respondeu como sempre :lavo daí as minhas mãos, o governo de cá que se amanhe, mas sou a favor.
É por ser tão assertivo que todos o querem lá. Um grande orgulho para os portugueses, sem dúvida!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 05.05.2009 às 00:32

O resto foi igual, Carlos. Não lhe ouvi uma só opinião, sobre qualquer tema.
Sem imagem de perfil

De javali a 05.05.2009 às 02:05

"Sabemos que não vai por aí". AHHAHAAH. Brilhante final.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 05.05.2009 às 10:39

Mais exactamente, o que ficámos a saber é que não vem por aqui. Fez questão de distanciar-se bem deste cântico negro português, que já não lhe diz nada.
Sem imagem de perfil

De João André a 05.05.2009 às 08:08

E o Mário Crespo não teve artes de lhe dizer: "O senhor é português, portanto vota para os órgãos legislativos de Portugal, pelo que tem de ter uma opinião, certamente, qual é?". Se ele se esquivasse disto era espetar-lhe com um "Está então a dizer que Portugal não lhe interessa mais".

Ele até poderia escapar-se, mas teria uns momentos de embaraço.

Felizmente não vi. Certo.
Sem imagem de perfil

De Carlota a 05.05.2009 às 12:48

Posso desafinar?
Então, com licença.
Acho que ele esteve muito bem.
O José Manel é o presidente da Comissão Europeia, cargo que, em princípio, ocupará por mais um mandato. As responsabilidades inerentes ao lugar que ocupa nada têm que ver com a política nacional. A esse nível, apenas lhe cabe velar pelo cumprimento dos tratados e legislação europeus. Não é a ele que cabe levantar ondas, nem isso lhe interessa nesta altura do 'campeonato'. Faz muito bem.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.05.2009 às 00:57

Claro que podes desafinar, Carlota! Mas eu não esperava dele que fizesse ondas, é claro, só que desse uma oipiniãozita aqui e ali sobre assuntos que dizem respeito ao seu país, e para isso não precisava de se comprometer. Dizes bem: não lhe interessa nada, nesta altura do campeonato, meter-se em trabalhos. E eu diria mais: não lhe interessa nada Portugal, tout court.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D