Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cenas da vida em coligação

por Rui Rocha, em 22.09.12

- Modulação.

- Modelação.

- Não, não. Modulação

- Insisto. Modelação.

- Modulação, chiça.

- Modulação, porra.

- Meus senhores, meus senhores, infelizmente o tempo para a nossa reunião acabou. Dou a sessão por encerrada. Senhor Secretário, vamos redigir a acta.

- Muito bem, Sr. Presidente. Pode ditar quando quiser.

- Aos vinte e sete dias do mês de Setembro, pelas dezassete horas, em Lisboa, reuniu pela primeira vez a Comissão de Coordenação da Coligação com a presença de todos os seus quarenta e três membros.

- Somos só trinta e nove, Senhor Presidente.

- Pois, tem razão. É que parecíamos mais...

- Isso acontece sempre que o deputado Abreu Amorim está presente, Sr. Presidente. E de facto éramos quarenta e um. Mas o Dr. Nogueira Leite entretanto pirou-se e o Sr. Jacinto Leite Capelo Rêgo não chegou a aparecer.

- Tem razão, tem razão. Corrija então, por favor. Continuemos. Iniciados os trabalhos, procedeu-se de imediato à discussão do ponto único da ordem do dia, relativo à modelação da TSU.

- Modelação ou modulação, Sr. Presidente?

- Ahnn, modelação, acho eu. Ou será modulação?

- Oh Senhor Presidente, por amor de Deus. É modelação, Sr. Presidente. Modelação.

- Peço desculpa, Sr. Presidente. Mas se o deputado Abreu Amorim continuar a pressioná-lo desta maneira para influenciar o sentido da acta, abandonaremos de imediato esta Comissão. E, em todo o caso, é modulação, Sr. Presidente. Modulação.

- Modelação, chiça.

- Modulação, porra.

- Meus senhores, meus senhores, um pouco de calma. Deputado Abreu Amorim, peço-lhe encarecidamente que se sente e que largue imediatamente o pescoço do membro desta Comissão que estava sentado ao seu lado. Isso. Esse mesmo. Esse que está a ficar todo roxo. Obrigado. Muito bem, Sr. Secretário. Por favor risque esse último parágrafo e substitua pelo que passo a ditar: Tendo em conta o superior interesse nacional, esta Comissão constata a insuficiência dos meios de que dispõe e apresenta uma forte recomendação no sentido de serem criadas, na sua dependência, uma Unidade Técnica de Apoio, uma Estrutura de Missão e um Gabinete de Estudos que se consideram indispensáveis para a concretização dos objectivos de coordenação que lhe foram confiados. Da mesma forma, considera-se da maior importância  a aquisição imediata de um dicionário de língua portuguesa. Ilustrado.

- Quer consignar em acta a ordem de trabalhos prevista para a próxima reunião, Sr. Presidente?

- Sim, pode ser, Sr. Secretário. Na próxima reunião o ponto único será a remodelação do governo.

- Remodelação ou remodulação, Sr. Presidente?

- Chiça, porra, Sr. Secretário. Não ponha nada. E diga aí ao senhor deputado Amorim que nem pense em abrir o bico. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


9 comentários

Sem imagem de perfil

De maria madeira a 22.09.2012 às 18:14

Estava para aqui preparada para ler muito mais texto, quando de repente me cortaram, não o bico, mas um momento de prazer.
Obrigada! Diverti-me com este pequeno momento.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 22.09.2012 às 18:46

Eu é que agradeço a leitura, Maria.
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 22.09.2012 às 22:49

Credo, nem sequer "consensualizaram" a agenda da próxima reunião.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 23.09.2012 às 16:56

Estes aspectos fundamentais provocam sempre grande polémica.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.09.2012 às 12:18

Começo por perguntar ao amigo o seguinte: é Capelo ou lá pelo. É que sem estar devidamente esclarecido fico com a sensação que perco o fio á meada. Em tempos de crise a confusão instala-se-me pelos neurónios.

Sim, porra, chiça, penico chapeu de palha. A gente vai ter que se modelar através de frequências moduladas stéreo (FM). Penso que do conselho de cu-ordenação virão short waves (SW). Tá visto que isto em AM (Abreu Amorim) não alcança nada.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 23.09.2012 às 16:58

Lapelo, sem dúvida.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 23.09.2012 às 12:48

Muito bom.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 23.09.2012 às 16:55

Obrigado, Ana.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.09.2012 às 17:18

Caríssimo, Rui, permita enviar através do seu post uma mensagem ao nosso Miguel Macedo.

Prezado Miguel Macedo,

Sob anonimato nunca se pode dizer tudo o que desejamos, por ser cobardia.
Contudo, desejo responder-lhe a estas afirmações http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/portugal-e-um-pais-com-muitas-ci_4901.html

desta forma:

Já que aqui estou
http://www.youtube.com/watch?hl=en&hl=en&v=Nk7RsQGICYs

para concluir, convidando-o a abrir caminhos connosco
http://www.youtube.com/watch?v=-i8W9hbvIKI&feature=related

Penso que as cigarras ainda não se deram conta que quem paga sente mesmo a crise. A saber:
1400 milhões de desempregados (sim, estes também são o rosto do alto custo do resgate. Estes pagam para que outros o tenham)
2600 milhões vivem abaixo do limiar da pobreza
Parte da classe média agora é pobre, uma outra parte para lá caminha. Mas, ainda desta, uma pequena parte, anda armada em pequeno-burguesa, à conta do faz de conta.
Por último, por um momento, cante verdadeiramente, fazendo de conta que quem paga as contas são os membros do governo. É que assim todos nos lembraremos do tão conhecido dito: Pobretes mas alegretes.
Por favor, aquele tipo de pedagogia não. É preferível cantar-nos a estorieta do lobo mau. Já agora, por favor, peça ao Vitinho para, na próxima reunião que tiver com o Schauble, levar uma escada e colocar à frente deste. Vai ver que, assim, o tipo não sobe para a lombada de ninguém.

Abraço

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D