Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A entrevista de Manuela Ferreira Leite.

por Luís Menezes Leitão, em 13.09.12

 

Manuela Ferreira Leite, a meu ver, enterrou ontem definitivamente Vítor Gaspar, demonstrando em absoluto a sua total incompetência. O seu discurso foi o mais mortífero que alguma vez vi fazer para um  Ministro das Finanças, mas tudo o que disse constitui a verdade nua e crua. Efectivamente, um Ministro das Finanças não é um teórico que julgue que pode testar modelos abstractos, transformando o país em cobaia das suas experiências. É uma pessoa de bom senso que tem que conhecer profundamente a estrutura produtiva do país e o impacto que as suas medidas têm, ajustando as mesmas perante os efeitos que produzem nas pessoas. Afinal é para as pessoas que se governa. E nem na União Soviética se viu o Ministro das Finanças a gerir a tesouraria das empresas. Como ela bem disse, o Ministro das Finanças perante a contestação generalizada a uma medida, não pode julgar que é o único soldado com o passo certo no batalhão.

 

Passos Coelho julgava que tinha o partido na mão, convidando para o Governo Paulo Rangel (que não aceitou) e Aguiar-Branco, os seus opositores na última eleição. Deixou, porém, de fora Manuela Ferreira Leite, que teria tido um desempenho como Ministro das Finanças muito melhor do que Vítor Gaspar, como qualquer comparação demonstra, incluindo as duas entrevistas desta semana. Se Durão Barroso não tivesse decidido entregar o governo e o país a Santana Lopes nada do que se passou desde então teria ocorrido. Passos Coelho tem agora o rosto da oposição interna à sua frente a apelar aos deputados do partido para que não alinhem nesta aventura. 

 

É bom que os deputados do partido oiçam Manuela Ferreira Leite e terminem de vez com este disparate. Margaret Thatcher foi um dos melhores governantes que a Grã-Bretanha alguma vez já teve, mas o seu partido não hesitou em a derrubar quando ela teimou no disparate da "poll tax", que pôs o país a ferro e fogo e iria arrasar eleitoralmente o Partido Conservador. Efectivamente, um partido político tem que atender ao interesse nacional, não tendo que ir cegamente atrás dos governantes quando eles embarcam em aventuras disparatadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Hugo a 13.09.2012 às 08:36

Acho incrível como se ignora o passado desta senhora nos tempos do cavaquismo e do "cherne" Barroso.
Dizer que ela teria tido um desempenho muito melhor com base em entrevistas é ridículo
Sem imagem de perfil

De joao a 13.09.2012 às 18:37

O curriculum não parece mau. Nem haverá muitos iguais em Portugal. Evidentemente, quando comparado com o do Passos Coelho ou Relvas, não é nada.
Sem imagem de perfil

De Um Jeito Manso a 13.09.2012 às 09:07

Foi efectivamente uma extraordinária entrevista, muito bem conduzida pelo Paulo Magalhães e dificilmente depois das palavras fortes como balas de Manuela Ferreira Leite este Governo tem autoridade para se apresentar em público.

Um a um, os ministros vão ter que passar à clandestinidade sob risco de insuportáveis e humilhantes vaias.
Sem imagem de perfil

De M.C. a 13.09.2012 às 09:55

Mais uma vez concordo com o seu pensamento. Gostei da clareza e lucidez do seu post.
Manuela Ferreira Leite, relativamente a toda esta problemática, tem uma visão muito ajuizada e sábia. Lastimo que a sua voz não tenha sido ouvida e considerada em outras ocasiões, nomeadamente nas últimas legislativas.
Espero, na anunciada entrevista de logo mais, um elevado sentido de estado por parte de Pedro Passos Coelho.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.09.2012 às 09:56

Manuela Ferreira Leite [...] teria tido um desempenho como Ministro das Finanças muito melhor do que Vítor Gaspar

Acha? A MFL já foi ministra das Finanças e em nada se distinguiu a não ser por criar receitas extraordinárias e por empenhar algumas receitas fiscais à Goldman Sachs (salvo erro), o que, parece, acabou por fazer o Estado perder dinheiro a prazo. Não fez nada de jeito, que me lembre.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Desconhecido a 13.09.2012 às 11:27

Na mouche ! Estamos a assistir a um fenómeno parecido com o que acontece no futebol, qualquer ex-treinador, mesmo os que nunca fizeram nada de jeito nos clubes, quando comenta um jogo tem todas as soluções para por uma equipa a jogar na perfeição, mas quando tem oportunidade para o fazer na prática, não sai nada.
Sem imagem de perfil

De Marco a 13.09.2012 às 10:25

MFL interferiu directamente na tesouraria das empresas quando criou o pagamento especial por conta. Criticar outro por fazer o mesmo, mas em sentido contrário, é de uma falta de vergonha na cara atroz.
Sem imagem de perfil

De fgh a 13.09.2012 às 18:41

MFL nada fez do que disse. É um mero pagamento antecipado d- e já em 2009 MFL pediu a sua abolição - de um imposto.
Sem imagem de perfil

De Marco a 13.09.2012 às 21:01

Tem razão, sim senhor. O decreto-lei do PEC foi publicado em 98.

De qualquer forma, como outros já disseram, MFL foi uma MdF, na melhor das hipóteses, sofrível.
Sem imagem de perfil

De Maria Joao Matos a 13.09.2012 às 10:26

Sou uma leitora assiduo do blog, como tal resolvi partir o seguinte email:

Porque Voto em Évora, ontem resolvi mandar os emails abaixo para os deputados que estão na Assembleia da Republica que foram eleitos pelo Circulo de Évora.

Apelo aos cidadãos, caso não concordem com as Medidas do Orçamento de Estado para 2013, que mandem um email para os Deputados do Circulo Onde Vota, Porque Eles Podem Dizer NÃO.

http:/ www.parlamento.pt DeputadoGP /Paginas/DeputadosLista.aspx<


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: <noreply@ar.parlamento.pt>
Data: 12 de setembro de 2012 23:33
Assunto: Correio do Cidadão: Orçamento de estado de 2013 - Não concordo
Para: mjoaommatos@gmail.com


Para: Carlos Zorrinho

Mensagem:
Exmo. sr. deputado, venho por este meio informar que não consigo concordar com as medidas que irão constar no orçamento de estado de 2013. Certa que o sr. deputado, consciente que representa o povo do país, irá votar de forma a defender quem o elegeu, despeço-me com os melhores cumprimentos,

Maria Joao Matos

P.S. Eleitora em Évora




---------- Mensagem encaminhada ----------
De: <noreply@ar.parlamento.pt>
Data: 12 de setembro de 2012 23:37
Assunto: Correio do Cidadão: orçamento de estado 2013 - Não concordo
Para: mjoaommatos@gmail.com


Para: João Oliveira

Mensagem:
Exmo. sr. deputado, venho por este meio informar que não consigo concordar com as medidas que irão constar no orçamento de estado de 2013. Certa que o sr. deputado, consciente que representa o povo do país, irá votar de forma a defender quem o elegeu, despeço-me com os melhores cumprimentos,

Maria Joao Matos

P.S. Eleitora em Évora




---------- Mensagem encaminhada ----------
De: <noreply@ar.parlamento.pt>
Data: 12 de setembro de 2012 23:38
Assunto: Correio do Cidadão: Orçamento de estado 2013 - Não concordo
Para: mjoaommatos@gmail.com


Para: Pedro Lynce

Mensagem:
Exmo. sr. deputado, venho por este meio informar que não consigo concordar com as medidas que irão constar no orçamento de estado de 2013. Certa que o sr. deputado, consciente que representa o povo do país, irá votar de forma a defender quem o elegeu, despeço-me com os melhores cumprimentos,

Maria Joao Matos

P.S. Eleitora em Évora

Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 13.09.2012 às 17:26

Sra Maria João Matos, se os seus rendimentos provêm do OE, tome cuidado porque além de ficar sem os 13º e 14º meses, pode tambem ficar sem o 8º, o 9º o 10º etc.
Faz muito bem em solicitar aos deputados do nosso circulo, (eu tambem voto em Évora) que votem contra o OE, mas depois não se admire das consequencias.
PS. Se é leitora do Publico, recomendo-lhe a leitura da entrevista que o representante do FMI na troika dá ao jornal. Mas não ligue ao que vem na 1ª página, porque não tem nada a ver com o que o sr disse!
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De lamina a 13.09.2012 às 10:43

Devia ser com as 5 linhas de tgv para Espanha ( conforme defendido e negociado por M.F. leite ) que o bom senso prevaleceria. Porque é que nem M.F. Leite nem outro qualquer ministro das Finanças e 1ºs ministros fizeram o que tinham de fazer enquanto ocuparam o poder nos últimos 15 anos ? Agora é que têm a solução ? Ou será que pela 1ª vez alguém está a tentar equilibrar o excesso de despesa gerada pelos compadrios politicos. Ou não será que essa cambada está toda rica? É pena é o povo ter que pagar por isso também. Não sejam naives . Se os "mamões" estão todos contra é porque lhe estão a mexer no bolso .
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 13.09.2012 às 11:13

Só os distraidos não repararam que a entrevista de Manuela Ferreira Leite foi um ajuste de contas. Como sabemos, em politica a vingança serve-se fria, e MFL não esqueceu as sacanices que Passos Coelho lhe fez.
Quando MFL era lider do PSD e afirmava todos os dias que caminhàvamos a passos largos para o desastre, muitos dos que hoje gabam a entrevista que ela deu à TVI24, nesses tempos tratavam-na de "velha", "bruxa", e outras coisas parecidas, e era alvo da chacota geral.
Se os portugueses a tivessem ouvido com mais atenção no lugar de terem ido atrás das pantominices do Socrates, provavelmente não teriamos cá a troika, e hoje estavamos a discutir outras coisas.
Eu sempre a apoiei, quer nos tempos do governo Barroso, quer quando liderou o PSD, e ontem vi uma mulher ressabiada, a ajustar contas pessoais em publico, mostrando uma faceta que eu desconhecia nela; foi muito triste.
No entanto, e sabendo-se que a solução AD nunca foi a preferida do Presidente da Republica, que preferiu sempre um governo de salvação nacional formado por PSD/PS/CDS, e chefiado por um(a) cavaquista, para ser ele a "cortar o toucinho", ontem estava a ver a cara de MFL no ecran, mas estava a ouvir o Cavaco a falar. Posso até estar enganado, mas com o caminho que as coisas levam, acredito que no principio do próximo ano tenhamos o tal governo tripartido, com uma liderança que nos fará entender melhor a entrevista de ontem à noite.
PS O Mario Soares anda a "miar" pelos cantos defendendo a defenestração do Passos Coelho, porque hoje vai ficar sem os milhões que lhe sustentam a fundação com o nome dele. Afinal, nem tudo é mau!

Sem imagem de perfil

De Marão a 13.09.2012 às 11:33

QUANDO AS HIENAS CANTAM
Não deixa de ser curioso, que de todos os quadrantes vai chegando gente felpuda, em promíscua aliança com o dedo espetado no gatilho. Velhos e camuflados predadores furtivos como Soares, Manuelas , e toda a canzoada que se atrela nesta benemérita cruzada. Com as mãos ainda a cheirar a sangue pela devastação em que estiveram mergulhados, talvez queiram apenas expiar os próprios e pesados pecados. Deixaram a carga de ferro velho para Passos que não soube sacudir a canga a preceito nas trombas destas hienas que agora investem em manada. O 1º ministro não soube dizer adeus com a decisão do TC , não mostrou engenho para conflituar e se libertar com um safanão dos sugadores do Estado, como não teve coragem para deixar cair Relvas. Há favores que se pagam caro, acabará por merecer cair com ele. Quando voltarmos ao escudo a vida vai-nos sair bem mais cara. Se a Dra. Manuela acha que 2 xaropes são demais, bem pode dispensar-nos dos seus gastos e batidos.
Imagem de perfil

De Tiago Cabral a 13.09.2012 às 11:45

Por não se tratar de uma vingança Manuel Ferreira Leite nem deixou arrefecer nada para entrar. Foi por um lado um claro recado de Cavaco Silva ao ppc. Por outro MFL demonstrou, se houvesse disso dúvidas, que pelas várias tendências existentes dentro do PSD, neste momento ppc está sem partido. MFL vulgarizou politicamente Passos Coelho, tratou Gaspar como um mero aprendiz académico. Vamos aguardar hoje pela resposta de Passos na rtp.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D