Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Afinal sempre era possível

por José Navarro de Andrade, em 06.08.12

Abomino ping pong. Estão para ali uns matulões fechados numa saleta, de volta de uma mesa de jantar a atirar uma bolinha minúscula ping para lá ping para cá. Isto para dizer que ontem estive pregado ao televisor 3 horas a ver o épico Portugal Coreia do Sul. E a culpa foi do comentador Virgilio Nascimento. Ele guinchava de exaltação patriótica? Pelo contrário, chegou a pedir desculpas aos espectadores por se emocionar. Naquelas 3 horas fiquei com a impressão que aprendi tudo o que havia para saber acerca deste famigerado desporto, descobri que no ténis de mesa (nunca mais lhe chamarei ping pong) há táctica, perspicácia, requintes técnicos.

O mesmo já se tinha passado com actividades desportivas tão exóticas com os saltos para água, um nome tão ridículo que só os comentários de César Peixoto poderiam dignificar; o tiro com arco (como levar a sério um desporto que se pratica de chapéu?) pela voz de Pedro Vaz ou o halterofilismo, uma coisa de brutamontes transformado por António Caeiro numa arte de equilíbrio balético.

Há mais, muito mais, destes fa-bu-lo-sos comentadores desportivos, disseminados entre a RTP e a Eurosport, capazes de nos contagiarem (pior: convencerem) com a sua sapiência, com a sua capacidade de nos esclarecerem sobre os detalhes do que estamos a ver utilizando uma linguagem leiga, subsumindo a opinião sob o rigor descritivo, com uma sabedoria segura, paciente e entusiástica. Na verdade, eles trabalharam, estudaram e empenharam toda uma vida naqueles desportos que só vêm a a luz pública de 4 em 4 anos, para virem até nós mostrar que vale a pena.

Fica-se mesmo com a impressão que foi de propósito: todos os histéricos, os línguas de pau, os incapazes tecnicamente, os opinativos insensatos, foram desaguar no comentário futebolístico. E, no entanto, seria tão fácil: bastava escolher gente deste calibre...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 06.08.2012 às 12:37

"subsumindo"?! Que raio de palavra é essa?
(Creio que vi uma vez algures uma lista de propósitos em que este blogue se declarava defensor da boa língua portuguesa.)
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 06.08.2012 às 12:40

Para além de gabar os comentadores - todos eles, creio, atuais ou ex-praticantes das modalidades que comentam - cumpre gabar a RTP 2, não só pela escolha desses comentadores, mas pela própria profusão de transmissão dos Jogos, incluindo em modalidades que em Portugal rarissimamente podem ser televisionadas. Com esta decisão a RTP 2 está a dar um enorme apoio a múltiplos atletas portugueses, que assim vêem as modalidades desportivas que praticam ser publicamente reconhecidas como tal.
Sem imagem de perfil

De Menezes a 06.08.2012 às 15:25

Sem pretender denegrir muito, há "alguns" reparos.
Os da natação e atletismo falam demais sem dizer coisa alguma. Então o da natação adora criar cenários e conversas imaginadas, só para não se calar um pouco.
A do volei de praia é especialmente irritante. Deixei de ver a modalidade porque não atino nem com a voz dela nem com a sua monocordia.
O da canoagem é "perfeitamente" sexista: as provas femininas são para cumprir calendário; e derrotista para as equipas portuguesas: "não têm grandes hipóteses, o último lugar já é uma honra".
Talvez hajam mais!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 06.08.2012 às 16:57

Trata-se, como eu disse, de atuais ou ex-praticantes das modalidades que comentam. É natural que nem todos tenham boa voz, uma conversa desenvolta e interessante, etc.
Quanto ao derrotismo, é possível que o comentador em questão seja alguem que, nestes Jogos ou no passado, se viu preterido na seleção da equipa olímpica portuguesa, e esteja despeitado e a desejar a derrota dos eleitos... não me admiraria nada!
Quanto a as provas femininas serem para cumprir calendário, essa era, até há não muitos anos, a ideia genérica dos organizadores dos Jogos Olímpicos. Só recentemente é que as provas femininas começaram a ter quase tantos assistentes e adeptos quanto as masculinas, e muitos dos organizadores ainda as encaram como financeiramente pouco atraentes.
Sem imagem de perfil

De Rui Santos a 06.08.2012 às 22:54

Não sei se estaremos a falar do mesmo comentador de atletismo - Luís Lopes, na RTP 2. Trata-se apenas do melhor comentador desportivo nacional, com anos de experiência, e que revela em pormenor a carreira de cada atleta participante. Pode falar muito, mas sabe do que fala e demonstra-o numa linguagem acessível, sempre com pormenores interessantes, ao contrário dos comentadeiros do pontapé na bola.
Sem imagem de perfil

De Menezes a 07.08.2012 às 08:53

Caro Rui
Não sei o nome do comentador. Tenho a impressão que é sempre o mesmo. A minha crítica é "ligeira".
Acho apenas que devia falar menos, não só porque me cansa mas também para que as informações importantes se destaquem.
É apenas uma opinião não muito importante.
Um abraço
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 06.08.2012 às 12:43

Subscrevo na íntegra, José.
Sem imagem de perfil

De Rita Vasconcellos a 06.08.2012 às 12:59

Passei a tarde colada ao grande ecran. Era a 2, o 12 e no meu remoto o 130. Canais que eu 'zapava' à medida do evento.
Nunca gostei tanto de ver Ping-Pong como ontem. Eu também torci e gritei, o que me fez lindamente. De vez em quando apetecia-me diminuir o volume dos comentários mas perdia o ping e o pong que gosto de ouvir.
Mas aquela coisa, caro Zé, dentro de água sincronizada com as meninas sempre a mostrarem os dentes é que não. Foi mais forte. Desliguei tudo!
:-D
bjs
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 06.08.2012 às 14:39

Mas até esses desportos "difíceis" pela voz de quem as comenta assim parecem cativantes. XXOO
Sem imagem de perfil

De Maria de Fátima Vila Real Coelho a 06.08.2012 às 14:01

Senti exactamente o mesmo, José...
Sem imagem de perfil

De am a 06.08.2012 às 14:11

Numa das provas de equitação (trote):

"- Notem, no alinhamento em paralelo perfeito das orelhas da égua"...

As coisas que aprendemos nos jogos Olímpicos!
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 06.08.2012 às 14:29

Infelizmente não consigo recuperar o nome, mas o melhor comentador de sempre é, para mim, um senhor, creio que coronel de cavalaria, que nos jogos de Barcelona 92, dissertava arrebatado, sobre os cavalos, as famílias dos cavalos, o palmarés dos cavalos, referindo en passant o nome dos cavaleiros. Frases do género: "ahh, lembro-me muito bem desta égua quando a vi no Estoril há dois anos, muito bem disposta, muito elegante..." O entusiasmo dele, a sabedoria e a clareza eram quase comoventes.
Sem imagem de perfil

De jsp a 06.08.2012 às 15:06

Justíssimo - e a qualidade dos comentadores está reproduzida no seu comentário.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 06.08.2012 às 15:16

Concordando na generalidade..... há algumas nódoas a manchar a alvura do pano :)

O comentador dos saltos para a água, que tecnicamente me parecia competente (não percebo nada da coisa) não conseguia disfarçar uma clara preferência pelas atletas chinesas :) Ainda as senhoras não tinham saído da prancha e já o senhor enaltecia as qualidades dos saltos :)

Os comentadores da natação quase tinham orgasmos em directo, à conta do percurso aquático dos americanos :)

E, a cereja no topo do bolo..... o comentador da final masculina de ténis que sai com esta pérola:
"murray é natural de dumblin na escócia." Sim, Dublin passou a Dumblin e realocou-se na Escócia :)
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 06.08.2012 às 22:16

Jonas, não terá ouvido bem. Murray é efectivamente escocês, nascido em Dunblane. Daí talvez a confusão fonética.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 06.08.2012 às 23:32

Será que entre o sotaque pobre do comentador e o meu ouvido (eventualmente duro :), Dunblane virou Dumblin?

É muito possível. Vou ver se recupero Aquela parte do comentário :)
Sem imagem de perfil

De mb a 06.08.2012 às 15:37

Grande trabalho do comentador e do canal2 sem duvida mas uma grande desilusão do serviço da RTP na internet a RTPPlay com stream próprio para os jogos olimpicos.
Assistia eu ao jogo por equipas no suposto stream para os Jogos aquando da reviravolta portuguesa e empate a 2 quando a emissão é interrompida sem qualquer explicação e começa a dar o estado de graça programa de humor num stream dedicado aos Jogos Olímpicos !!! Mas que falta de respeito para os telespectadores , desportistas e comentador. Obviamente por vários motivos nem toda a gente tinha acesso ao canal 2 aonde a emissão seguiu, como eu, e assim viu se privado de acompanhar até ao fim. Fiquei desolado e revoltado gosto do desporto e raramente tenho oportunidade de ver ténis de mesa ao mais alto nível e ainda para mais a selecção nacional. Serviço publico da treta.
Lamentavél.
Sem imagem de perfil

De Jose Manuel a 06.08.2012 às 15:42

Concordo em absoluto.
Já o comentador do tenis de mesa feminino, está a léguas de distância, colocando o nacionalismo. acima do comentario tecnico

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D