Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

«Não é o Homem, são os homens que habitam este planeta. A pluralidade é a lei da Terra.»

Hannah Arendt (1906-1975)

 

ADENDA: esta é uma série regular, que deverá publicar-se a um ritmo diário, e que está naturalmente aberta a sugestões de todos os leitores.


38 comentários

Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 06.08.2012 às 14:15

Excelente escolha, caríssimo Pedro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.08.2012 às 14:47

Obrigado, caro Samuel. Espero que vá gostando deste desfile diário de notáveis esquecidos pelos académicos suecos (mas não pelos leitores). O primeiro lugar, como mandam as boas regras, estava reservado a uma Senhora.
Imagem de perfil

De Samuel de Paiva Pires a 06.08.2012 às 14:51

Tenho a certeza que sim. Aprecio diariamente as séries que o Pedro nos traz. Fez muito bem, que as boas regras são para manter
Imagem de perfil

De Carlos Faria a 06.08.2012 às 15:19

Lá irei seguindo diariamente, embora confesse que talvez sejam mais do que 100.
Não sendo galardoado não é sinónimo de que não sejam um expoente máximo na literaratura mundial, tal como um prémio nem sempre é garantia da justa entrega.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.08.2012 às 15:36

São seguramente mais de cem, Carlos. Mas eu gosto de número redondos e há aqui uma vontade de selecção, não apenas de acumulação. Uma espécie de lista de Nobeis alternativos aos 108 até hoje atribuídos.

Imagem de perfil

De Tiago Cabral a 06.08.2012 às 16:25

Um começo em grande!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.08.2012 às 17:21

Hannah Arendt merece, Tiago. Um abraço.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 06.08.2012 às 16:43

Pedro começaste logo com uma das mais difíceis e mais surpreendentes pensadoras que conheço.
Vou pensar em sugestões, mas em férias penso pouco...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.08.2012 às 17:18

Desfruta, Helena. Bem mereces, bem mereces...
Beijinho.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 06.08.2012 às 18:31

Ó Pedro eu que não sou especialista "amando-te" a Agustina que tem tanta gente que gosta dela, como tem que não gosta. Eu gosto. Mas já sei que vai chover o Lobo Antunes.
O Pessoa, claro.
Nos estrangeiros eu gosto dos mal amados. Vocação minha, de certo...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.08.2012 às 18:40

Bem lembrado, Helena. Mas eu só vou fazer menção a escritores que já morreram. Agustina e Lobo Antunes ainda podem receber o Nobel.
Sem imagem de perfil

De Manuel Gonçalves a 06.08.2012 às 18:42

«Não é o Homem, são os homens que habitam este planeta. A pluralidade é a lei da Terra.»

Pois é, uns dizem que Deus é que é bom, outros dizem que é a ciência, depois vem outros dizer que a Bíblia é que orienta o destino da Humanidade, outros dizem que não, que é o Alcorão ao que outros contrapõem, dizem terroristas... Vem outros dizer não à poluição mas guardam em suas caves, bombas suficientes para 'limpar' toda a vida sobre o planeta. Outros, desenvolvem o vírus para o qual vendem a cura.
E muito preocupados, constroem carros eléctricos, para depois ligarem-nos nas suas centrais alimentadas por carvão, petróleo ou plutónio. Outros muito indignados com isto tudo, separam lixo para que outros não cortem as árvores que, no Verão servem de comburente, ora por aquecimento global ora por interesses particulares. Depois há aqueles matam um ser humano a fugir, mas não matam uma galinha para comer, outros há, que não semeiam mas comem e bebem porcarias desenvolvidas em laboratórios, depois aparecem aqueles que cospem na cara dos pedintes, mas organizam campanhas contra a fome, outros...são tantos... e depois, falam, falam, falam, tretas, tretas, e mais tretas. Corrompidos de tal forma que já cegos, não se lembram que são todos iguais aos olhos do nosso Deus. Qual Deus!?, uns afirmam, outros duvidam, outros negam. Será que estão todos loucos, ou "comeram merda ", como dizia meu avô. Então, se o adoram, se ele tudo pode e tudo alcança, se a ele erguem catedrais, se por ele até o mais simples dos homens devoto, como que numa romaria sagrada, vai dois dias por semana fazer o "obrigatório" donativo, na esperança de um autentico milagre e, não sabem quem é ele!
Milagre seria se abrissem esses olhos.
O conjunto dos países europeus que aderiram ao Euromilhões, o valor das apostas atingiu na sexta-feira, 3 agosto 2012, um total de 96.115.508,00 euros, com 15.525.068,00 euros em Portugal.
Vejam só, afinal até o conhecem bem.
O maior loucura do DEPOIS é que, quando este "Deus" nos abandona, apontam-se palavras, depois dedos e depois... usam-se as bombas que guardamos nas caves.
Como se, cada um por si, se veja como único , puro, cheio de boa moral detentor da verdadeira razão.. bla bla bla, somos todos iguais.
Dizia o escritor " ...este mundo é uma feira de vaidades." ao que acrescento, um mercado de atrocidades.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 00:32

O que não invalida que esta frase de Hannah Arendt seja excelente.
Sem imagem de perfil

De portuguesacoriano a 07.08.2012 às 01:15

Claro que não. A frase permanece intacta, é eterna.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 18:03

Sem dúvida. Hannah Arendt tinha merecido o Nobel.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 06.08.2012 às 19:33

Grande ideia, Pedro! Põe aí na tua agenda, se é que já não está lá, o Joseph Conrad, um dos maiores cá para mim, já adulto, o Joyce, o Scott Fitzgerald, o Erich Maria Remarque, decisivo na minha adolescência, o Mark Twain, meu ídolo ainda mocinho. Põe ainda o Tolstói e o Machado de Assis, se é que já não os tens na tua lista. E ainda o Virgílio Ferreira, claro. Estes para já. Cá te vou acompanhando, podes estar certo. Abraço
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 00:34

Obrigado pelas dicas, Fernando. Grande parte dos nomes que mencionas já constavam da minha pré-selecção.
Vai ficando atento. Um abraço.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 06.08.2012 às 20:17

Gabriel G: Marquez, Virgínia Woolf, W. Faulkner, J.L. Borges, S. Beckett, T.S.Elliot, Pablo Neruda, Rilke, Proust, K. Popper, Salinger e claro a Yourcenar.
Julgo que está tudo morto...
Imagem de perfil

De Tiago Cabral a 06.08.2012 às 20:36

Não me cause um susto cara Helena! O Gabriel Garcia Marquez está vivo.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 07.08.2012 às 16:28

Tem toda a razão. O que morreu foi o Borges.
Isto de antecipar mortes ainda me garante uma funerária!
Sem imagem de perfil

De Liberato a 06.08.2012 às 20:39

Quem deixa obra nunca morre.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 00:35

Quem deixa obra nunca morre: é um facto que merece sempre ser assinalado.
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 06.08.2012 às 20:50

O Aquilino Ribeiro não cabe nessa lista? Para mim, que sei pouco, AR foi o maior escritor portugues do sec XX, e vai concerteza fazer parte da lista do Pedro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 00:39

Fica a sugestão, Alexandre. A lista não está fechada. Nem teria piada nenhuma se já estivesse fechada mal a série começa.
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 06.08.2012 às 23:49

Marquez está tão quase como Agustina...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 00:38

García Márquez, de qualquer modo, já foi contemplado. Há injustiças gritantes em relação aos latino-americanos (começando, claro está, pelos brasileiros). Mas GGM recebeu o Nobel ainda relativamente jovem e no auge da sua fama, em 1982. Poucos escritores podem gabar-se disso.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 07.08.2012 às 16:31

Escritores não, de facto. Mas Obama recebeu o da Paz ainda antes de ter feito alguma coisa...
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 07.08.2012 às 16:29

Eu sabia que virias em minha defesa. Gosto tanto de ambos e logo os matei...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 18:06

A intenção não podia ser melhor, Helena. Aliás nenhum deles se deixa matar: continuarão a ser lidos daqui a muitas gerações.
Sem imagem de perfil

De Joao Andre a 07.08.2012 às 08:02

Obviamente que, apesar de ainda vivo, e' de estranhar Jose' Antonio Saraiva ainda o nao ter recebido. Pelo menos duas vezes.

(Nao tenho acentos neste teclado, peco desculpas).
Sem imagem de perfil

De Joao Andre a 07.08.2012 às 08:14

E para meter a colher na sopa do Joao Campos, porque nao ir 'a ficcao cientifica? J. Verne, H.G. Wells, Arthur C. Clarke, Stanislaw Lem, Asimov e talvez um par de outros.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.08.2012 às 18:05

A ficção científica não será esquecida aqui, caro João. Ao contrário do que sucede ano após ano em Estocolmo. Agradeço os contributos.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D