Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ou???

por João Carvalho, em 12.07.12

«Cadeiras produzidas em Paredes para personalidades como Cristiano Ronaldo, José Mourinho, Mariza, Maria Bethânia, Manoel de Oliveira, Souto Moura ou (ou?) Mia Couto». Ou? Se fosse para todos eles, seria notícia. Mas se a produção é só para um deles, para este ou para aquele, não tem qualquer interesse. Ainda por cima, o jornalista nem sequer conseguiu saber para qual deles eram as tais cadeiras.

Cheira-me que é um problema de bom português ou de bom jornalismo. O que vos parece?

Autoria e outros dados (tags, etc)


25 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 12.07.2012 às 12:00

Que eu saiba, a palavra "ou" pode ser exclusiva ou não. Isto é, quando se diz
"Pedro ou Daniel"
tanto pode querer dizer um dos dois mas não ambos (ou exclusivo) como pode querer dizer um dos dois e possivelmente ambos (ou inclusivo).
Em lógica matemática o "ou" é por definição inclusivo. Se se quer dizer "ou" exclusivo, tem que se pôr um símbolo diferente. Porém, na linguagem comum, o "ou" pode ter ambos os sentidos.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 12:08

Acha que sim? É o resultado de comprar o novíssimo acordo ortográfico.
Imagem de perfil

De Mário Pereira a 12.07.2012 às 12:34

O acordo ortográfico tem as costas largas. Que eu saiba, ainda não chegámos à bandalheira total. "Ou" tem um significado e "e" tem outro. O resto é conversa da treta. Jornalismo fraquinho, sem dúvida, o que não surpreende, uma vez que é o resultado da aplicação da lógica tradicional da maioria das empresas portuguesas, agora escandalosamente copiada pelo governo. Ou seja: pagar o mínimo possível aos trabalhadores. O resultado é este...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 12:44

A referência ao chamado AO foi uma </i>private joke</i> ao comentador acima. No resto, concordo consigo, excepto no que estaria a ser «copiada pelo governo». Já lá vão muitos governos, porque a falta de conhecimento e os tratos de polé de que sofre a nossa língua vêm de longe sempre a acentuar-se.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 12.07.2012 às 12:46

Como eu disse, em lógica matemática o símbolo V designa "ou" e aceita também o significado de "e", Ou seja, se se escreve
a V b
isso quer dizer que pode ser uma de três situações: a é verdadeiro e b é falso, b é verdadeiro e a é falso, ou a e b são ambos verdadeiros.

Portanto, em lógica matemática o "ou" é, por definição, inclusivo.

Na linguagem corrente o "ou" é utilizado umas vezes de forma exclusiva, outras de forma inclusiva. Neste último caso às vezes as pessoas até escrevem "e/ou".

Portanto, eu diria que o texto acima reproduzido não está incorreto.

É como a palavra "se", que às vezes é utilizada com o sentido de "quando". (Aliás, em alemão até são uma e a mesma palavra: wenn significa "se/quando".)
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 14:02

Como eu disse, é o resultado de comprar o novíssimo acordo ortográfico.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 12.07.2012 às 18:07

"Ou seja: pagar o mínimo possível aos trabalhadores. "

Pois é por causa disso que o jornalista não sabe quando usar e ou ou..
Suponho que em 1974 ainda eram mais burros nem sabiam escrever mais que uma frase, então em na China nem sei como conseguem escrever e produzir alguma coisa...
Sem imagem de perfil

De mm a 12.07.2012 às 12:27

O Lavoura é parvo ou burro. Embora neste caso possa dar de barato a teoria do (inclusivo).
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 12:45

Deixe lá. Acho que ele confundiu Matemática com Português, como se infere do segundo parágrafo do comentário.
Sem imagem de perfil

De antonio diogo a 12.07.2012 às 12:52

ou foi colega de curso do Miguel Relvas
Imagem de perfil

De Mário Pereira a 12.07.2012 às 17:16

Ah! Ah! Ah!
Cinco pontos!
Sem imagem de perfil

De sampy a 12.07.2012 às 12:51

Trata-se de um caso de mau jornalismo. Porque o que a notícia devia referir é que as cadeiras são uma valente porcaria. Ou uma valente bosta.
Quando se vê nas televisões uma senhora temerosa de se sentar numa das ditas cujas, e nem se atrevendo a nela se reclinar...
Sem imagem de perfil

De João G Veloso a 12.07.2012 às 15:51

Ao princípio não percebi a situação, desconhecedor mas curioso, lá fui 'googlar' e dei com isto:
http://www.infopedia.pt/lingua-portuguesa-aao/ou
Fiquei então com mais dúvidas quanto ao sentido pretendido para a frase que de facto não é muito clara enquanto expressão escrita descontextualizada, mas enfim, há coisas piores.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 16:21

Claro: o "ou" indica alternativa, o que não é o caso. Por isso, a frase na notícia devia ser "(...) Souto Moura e Mia Couto".
Sem imagem de perfil

De Paulo Abreu e Lima a 12.07.2012 às 16:18

Está bem escrito. É uma exemplificação.
Mas é mau jornalismo: cadeiras produzidas em paredes é um número de equilibrismo ou/e ilusionismo.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 16:31

Está mal escrito: o "ou" indica alternativa e não exemplo. Quando se trata de exemplificar, acrescenta-se "etc.", "entre outros" e outras expressões idênticas.
Quanto ao seu segundo parágrafo, nunca tinha pensado nisso. Realmente, a coisa é estranha...
Sem imagem de perfil

De Paulo Abreu e Lima a 12.07.2012 às 16:36

Pessoas como eu ou, mesmo, como o João são muito temosas...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 16:53

A frase certa: pessoas como eu e como o Paulo são muito teimosas.
Sem imagem de perfil

De Paulo Abreu e Lima a 12.07.2012 às 17:06

http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=31003

(Percebo que na linguagem jurídica faça toda a diferença, mas não estamos a falar de Direito nem de Matemática)

Tenho de bazar ou não cumpro o prazo
Sem imagem de perfil

De Maria de Fátima Vila Real Coelho a 12.07.2012 às 16:32

A generalidade do jornalismo é de baixa qualidade.... mal escrito e mal falado...
A mim, não me choca o "ou"..... tanto faz, já li e ouvi vários "haviam "x" pessoas" e demais pontapés na pátria Língua..... o que me causou umas tantas borbulhas foi a matéria jornalística em si: cadeiras assim ou assado, para X ou Y..... e reportagem de "primeira dama" a experimentar a peça..... enfim.... se calhar merecemos...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 16:54

Exactamente. E não é o jornalismo: a generalidade das pessoas escreve mal e fala mal.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 12.07.2012 às 16:47

Aconselho-te a ir a Paredes comprar uma dessas cadeiras... para esperar sentado que os jornalistas voltem a escrever em bom português.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 12.07.2012 às 16:55

Tens razão.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D