Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quem se vê na TV (14)

por João Carvalho, em 27.04.09

Os falantes-em-teu-nome

São muito interessantes, à frente de uma câmara de televisão e de um microfone. Os falantes-em-teu-nome nunca respondem às perguntas do interlocutor, mas explicam ao interlocutor o que o interlocutor seria se o interlocutor fosse como eles.
É difícil entender o que lhes vai na mente: tanto pode ser modéstia, como pode ser imodéstia. Modéstia por não falarem deles ou imodéstia por assumirem uma atitude mais professoral, visto que se escusam a responder, mas manifestam grande preocupação por ensinar aos entrevistadores o que eles perderam por ser entrevistadores e não ser o que eles são.
Este grupo é, na sua esmagadora maioria, constituído por artistas. Podem ser actores, pintores, cantores, etc., mas artistas quase sempre, autores incluídos. Intelectuais, enfim. Os falantes-em-teu-nome tratam frequentemente os interlocutores por 'tu' e são conhecidos pelo modo desenvolto como se colocam no lugar destes. Pode ser assim:
Entrevistador – Ao fim de tantos anos de teatro, o que é que sente quando pisa o palco?
O falante-em-teu-nome – É difícil explicar. Ficas sempre como se fosse a tua  primeira vez, sentes aquele formigueiro pelo teu corpo acima. De repente, estás noutro lugar, não és tu, começas a encarnar o teu personagem, percebes?
Também pode ser assim:
Entrevistador – O que é que quiseste mostrar nesta tua segunda exposição?
O falante-em-teu-nome – Bem, tu sabias que tinhas de alargar os teus horizontes, que tinhas de apresentar uma pintura que estendesse o olhar das pessoas até onde querias ir, percebes? Como se tivesses sido conduzido por um impulso repentino que te fez ir mais além do que tu próprio julgavas que ias.
Ou então:
Entrevistador – O título mais recente é já um novo sucesso. Como é que começa um livro?
O falante-em-teu-nome – Nunca sabes quando vai acontecer, percebes? Um dia acordas como se tivesses sonhado com a história que tens dentro de ti, começas a escrever e sentes que é uma coisa imparável.
São muito interessantes, os falantes-em-teu-nome. Dá vontade de apanhar um e perguntar-lhe: «Como tem sido a tua vida de casado?» A resposta adivinha-se:
– Ah... Chegas a casa e ela está lá à tua espera, percebes?...

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Once a 27.04.2009 às 10:24

arghhhh quase tão irritante como o discurso de certas auxiliares de acção médica ;)

Bem apanhado, João. o tema claro .. ;)

Boa semana
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:37

Obrigado, Once. Boa semana para si também.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 27.04.2009 às 12:33

LOL. Bem apanhado, João. Também acho estes falantes-em-teu-nome irritantíssimos, com esta mania de viverem a vida dos outros.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:38

Não há pachorra para eles!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.04.2009 às 12:46

E há também os jogadores de futebol, que falam de si mesmos na terceira pessoa. Género: "O Mantorras 'tá muito satisfeito por jogar 11 minutos de três em três meses no Benfica" (Pedro Mantorras, 'lui même'). Ou: "O Jardel chuta sempre com o pé que tem mais à mão." (Mário Jardel, 'lui même')
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:39

Esse grupo merece tratamento diferenciado, compadre! Hehehe...
Sem imagem de perfil

De mdsol a 27.04.2009 às 13:26

O Pedro Correia já assinalou o que me parece ser a extrema manifestação da característica assinalada neste grupo.
Quanto aos falantes-em-teu-nome em geral parece-me que mostram uma crença quase ingénua de que a sua interpretação do mundo é mesmo uma originalidade e resultado de uma maturação aturada. Aquele tu parece-me muito mais uma necessidade de partilha do seu processo criativo do que arrogância. No fim de contas admitem que o interlocutor poderá acompanhar o processo se for alertado para os seus pressupostos. Bem intencionados em exagero ficam paternalistas sem saberem ... e são, de certeza, "filhos de Rousseau"!

Os assinalados pelo Pedro Correia também serão filhos de Rousseau mas.... faltaram à Escola!

:))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:40

... E não lhes mandam as faltas para casa!
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 27.04.2009 às 16:37

Tive uma estagiária que falava assim e nunca tinha ouvido. Achei estranho, da primeira vez, porque pensei que estava a tratar-me por tu e eu não gostei :-)
Sem imagem de perfil

De mdsol a 27.04.2009 às 17:07

Então ontem não comentou o post da pasta Medicinal (ou Dentífrica) COUTo?

:)))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:43

É um mal-agradecido, o Coutinho Ribeiro...
Sem imagem de perfil

De mdsol a 27.04.2009 às 18:15

Vai ver que se falar de águas o comentário sai!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 19:11

Aquilo só se for tintol...
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 27.04.2009 às 19:20

Não tinha visto a provocação lá na pasta medicinal Couto. E, além disso, eu sou um couto dos pequeninos :-)
Sem imagem de perfil

De mdsol a 27.04.2009 às 21:15

Também foi só uma provocaçãozinha!

:)))

Provocação mesmo é passarem-no de Ribeiro a Rio... Digo eu! Associaram-no a Tinto. Ora, pelo menos eu, não conheço nenhum Ribeiro Tinto, só conheço Rio Tinto... Pode parecer uma promoção mas...

:)))))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.04.2009 às 17:42

Concordo. té já escrevi a propósito
www.o-carocha-eh-um-classico-muito-popular.com

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D