Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bernardo Sassetti

por Leonor Barros, em 11.05.12

 

1970 – 2012

 

Devia ser proibido morrer-se jovem.


36 comentários

Imagem de perfil

De André Couto a 11.05.2012 às 14:00

Ia agora mesmo fazer isso, Leonor! :(
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2012 às 14:32

Devia ser proibido morrer-se jovem.

Seria uma frase apropriada se a morte tivesse sido por doença, ou atropelamento, etc.
Mas a morte foi por acidente devido a uma prática arriscada da parte dele mesmo.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 14:36

Poupe-me a esses seus comentários absolutamente desajustados num momento destes, Luis Lavoura. Se uma pessoa morre porque o Luis Lavoura acha que teve um comportamento de risco deixamos de lamentar a sua morte, é isso? É tão fácil ser-se moralista.
Sem imagem de perfil

De Luís Serpa a 11.05.2012 às 14:42

O senhor tem realmente jeito, Leonor.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 14:46

Quando acho que nada mais me surpreende, aparecem comentários destes, Luis.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2012 às 14:46

Eu lamento a morte, Leonor. Só acho desadequado o comentário que você fez, de que deveria ser proibido morrer jovem.
Eu próprio quando era jovem fiz bastantes disparates, alguns dos quais me poderiam ter custado a vida.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 14:49

E se se tivesse ido num desses disparates que diz ter feito a sua hipotética morte não seria de lamentar. Uma coisa lhe digo, que a vida nunca o brinde com uma morte jovem bem perto de si mesmo resultando de um comportamento de risco.
Sem imagem de perfil

De Maria Helena a 11.05.2012 às 14:48

Tem razão Leonor, há gente insensível, todos, alguma vez temos atitudes de risco...
Bernardo Sasseti, possivelmente, fotografava com a mesma paixão com que tocava...
A vida só vale a pena quando há paixão.
Lamento imenso e dou as minhas condolências à Família.
Com esta morte, Portugal fica muito mais pobre, não era um só um artista, era um nobre cidadão.
Estou atordoada...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 14:52

A ausência para a família, uma vida desperdiçada tão cedo e um talento que se calou para sempre são dramáticos, Maria Helena. O resto é conversa disparatada.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 15:01

O que lhe garante que tenha sido um comportamento de risco?
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2012 às 15:05

Na notícia diz que caiu de uma falésia. Quando isso acontece, e se não se foi empurrado (que não foi o caso!), é porque se teve um comportamento de risco, aproximando-se demasiado da borda da falésia.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 15:07

Já lhe respondi algures aí em baixo. Que nunca saiba o que é uma morte jovem.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2012 às 15:09

Sim. Mas, já agora, também espero que nunca nenhum jovem me mate a mim. Já esteve prestes a acontecer. Os jovens fazem cada asneira e imprudência.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 15:12

Ah pois fazem! São jovens, certo? Que moralismo!
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 11.05.2012 às 16:10

Pois claro, que os não jovens não fazem asneiras e imprudências...
Sem imagem de perfil

De anónimo a 11.05.2012 às 15:23

Se não lamenta a morte... pelo menos, lamente o "comportamento de risco"...


RIP.

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.05.2012 às 14:54

Acabei de saber e ainda não acredito. Há mortes tão incompreensíveis! Se é que o não são todas, mas algumas parecem-nos particularmente estúpidas.

(Luís Lavoura, não acha que anda a abusar dessas tentativas desesperadas de protagonismo?)
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 11.05.2012 às 15:02

Mais do que proibido, devia ser impossível.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2012 às 15:08

Se fosse impossível um jovem morrer, os jovens fariam ainda mais asneiras e besteiras do que aquelas que já fazem, nas quais colocam em risco, por vezes, não apenas a sua vida mas também a de outros.

Refiro-me, por exemplo, aos desastres rodoviários.

Felizmente os jovens podem morrer, isso garante aos outros um mínimo de limitação às besteiras que eles fazem.

(Ainda no outro dia eu próprio ia sendo atropelado por um jovem a sair disparado de uma garagem, sem olhar se alguém não estaria a passar no passeio.)
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 15:14

Presumo, portanto, que as mortes jovens sejam profiláticas. Não há paciência. Devia haver limite aos disparates que alguns adultos debitam. O seu teria sido ultrapassado hoje em larga escala, Luis Lavoura.
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 11.05.2012 às 15:17

Luís Lavoura, já pensou em pedir ajuda especializada?
Sem imagem de perfil

De Ju Xavier a 11.05.2012 às 15:54

Os jovens fazem asneiras e algumas pessoas menos jovens dizem barbaridades!!!
Sem imagem de perfil

De cr a 11.05.2012 às 16:10

Que bom ser jovem.
Viva os jovens.

Luis Lavoura, desculpe que idade tem? não podemos ser ressabiados por já não sermos tão novos, se você também teve comportamentos menos próprios na sua juventude, deixe lá os jovens também ter.

Isto sem ter nada que ver com a perda do BS, na verdade, fica uma enorme tristeza para a família, nomeadamente a Beatriz B e para as duas crianças que ficam sem pai.
Tem razão Leonor, concordo com a sua ideia de proibição e ainda acrescentaria outras que não vem para o caso.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 23:24

Cr, eu ia escrever que devia ser proibido morrer e pronto, mas às vezes somos traídos pelo corpo e não vale a pena viver como um vegetal. Assim, não. Beijinho
Sem imagem de perfil

De Ana L. a 11.05.2012 às 15:25

Dramática perda, em todos os sentidos!

(Leonor - não tenho nada com isso, mas acha mesmo necessário responder/argumentar com o L Lavoura?!)
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 16:06

É mesmo, Ana.

(Já passou, mas às vezes é de mais)
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 11.05.2012 às 15:29

Algún día me iré... pero aquí quedaré,
quedaré porque soy de aquí,
recordaré cada momento de este lugar,
de este puerto.
Recordaré cada silencio
de este mi mar, mar eterno.
No olvidaré las calles,
tampoco olvidaré el cielo...
no olvidaré la brisa
que le dio paz a mi alma,
que le dio un sentido a mis hechos.
Me iré mañana tal vez,
me iré con tu recuerdo,
con un amor escondido
que solo conoce el silencio,
el silencio que dejaré
cuando pase el tiempo,
el silencio que llevaré
cuando pase febrero,
me iré mañana tal vez,
o tal vez... mañana me quedo

(Teresa A.Uribe )

só isto
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 16:08

E é muito, Fernando.
Sem imagem de perfil

De Carlos Dias Ferreira a 11.05.2012 às 15:31


Leonor:

Eu concordo em absoluto com aquilo que escreve e direi que infelizmente 2012 está a ser um ano "negro" e ainda só passaram 5 meses.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 16:07

Está mesmo, Carlos.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 11.05.2012 às 16:27

Toda a perda é lamentável. Quem não passa pela vida em vão, quem deixa obra depois da vida, lamenta-se mais ainda. Portugal está a ficar mais triste e mais pobre este ano.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 19:24

Claro que sim, João.
Sem imagem de perfil

De singularis alentejanus a 11.05.2012 às 16:37

A nossa actual e difícil situação obriga-nos, mesmo sem querermos, a falarmos sempre em termos económicos e financeiros, até na morte.
Desaparecem para sempre indivíduos deste calibre, que nos legaram "á borla", permitam-me a expressão, uma riqueza incomensurável, e bandidos como os nossos políticos e pessoas ligadas á politica, que nos teêm roubado até ao tutano, nem sequer adoecem. E ainda dizem que há deus (com d pequeno de propósito).
Á sua família as minhas sentidas condolências, extensivas a essas grande famílias da Música, em particular para a do Jazz.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 19:24

É muito triste. A morte é sempre triste.
Sem imagem de perfil

De Sara Soares a 11.05.2012 às 23:13

Eu digo mais, devia ser proibido morrer enquanto quiséssemos estar vivos...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 11.05.2012 às 23:25

Verdade, Sara. Beijinhos grandes :)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D