Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Soares, o perdigueiro político

por Rui Rocha, em 09.05.12

Afirmar que Mário Soares é um animal político pressupõe uma definição incompleta do pai presumido da nossa democracia. Soares não é um animal qualquer. O que o caracteriza, antes de tudo o mais, é o faro apurado. Esse faro que lhe permitiu, em tantas ocasiões, suprir as suas evidentes limitações. Soares é um perdigueiro. Espetou as narinas na realidade destes dias que nos consomem. To Zé Seguro olha para Hollande e vê uma tábua de salvação. O olfacto de Soares diz-lhe que Hollande passou a representar uma urgência. Louçã carrega mais nos erres com o resultado do Syriza na Grécia. A Soares cheira-lhe a esturro. Enquanto outros se encantam com a transformação da França em Lalallande e da Grécia numa Nãopagamoscracia, Soares já viu o filme todo. A oportunidade para empunhar a bandeira do manguito à Troika tem prazo de validade limitado. Dura exactamente até ao momento em que Hollande começar a rasgar promessas e em que a Grécia embater com a realidade. É, portanto, coisa de dias. Soares não é homem de deixar para amanhã o que pode dizer hoje. Sobretudo quando sabe que os factos de amanhã apoiarão menos a tese que lhe dá jeito defender. Não se trata, é claro, da tese que tem fundamento no interesse do país. Mas isso não é novo. Ontem, como hoje, Soares privilegia a vaidade pessoal e esta alia-se, por estes dias, à ânsia de fazer a  prova periódica de vida política. A defesa da quebra do compromisso com a Troika, já e em força, deve ler-se à luz da circunstância de ilusões que não tardarão a esboroar-se e do homem que, se não tivesse encarnado na pele do perdigueiro, ostentaria as penas do pavão.


18 comentários

Sem imagem de perfil

De ana cristina leonardo a 09.05.2012 às 10:21

rui, não é para publicares. corrige o "priviligia", sff.
(eu acho graça aos soares, ao velho soares acho mesmo imensa graça - e acho que te está a falhar a big picture do homem por muito "mafioso" que ele seja)
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 09.05.2012 às 10:28

E perdia lá a oportunidade de ter um comentário teu, não? Para lá de outros defeitos evidentes, tenho dificuldade com os privilégios e com as eminência imininentes. E como também tenho a mania de não usar o corrector, dá no que dá. Quanto ao S, admito que a minha objectiva possa ter alguma subjectividade, mas lá que a imagem me aparece tremida, lá isso...
Sem imagem de perfil

De José Mexia a 09.05.2012 às 10:23

Excelente.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 09.05.2012 às 10:29

Obrigado, José.
Imagem de perfil

De José António Abreu a 09.05.2012 às 10:42

Vou desistir. Venho descobrindo que, neste mesmo blogue, há outras pessoas a escrever os meus posts. Cá está mais um exemplo.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.05.2012 às 11:12

Ora bem. Soares não perde uma oportunidade de dar nas vistas, já sabemos. Acabei de dizer mais ou menos o que dizes lá mais atrás, na caixa de comentários de outro post, mas não desta forma brilhante .
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.05.2012 às 14:23

Isso é timidez majestática? :-)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.05.2012 às 15:18

Nah, essa não é plural...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 09.05.2012 às 15:25

Lembra-te de que estamos a falar de Mário Soares...
Sem imagem de perfil

De am a 09.05.2012 às 11:27

Mário Sores é.... inimputável...

Felizmente que já ninguém o leva a sério... o povo já o atura com condescendência...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 09.05.2012 às 14:15

Num certo sentido, o povo até lhe atura a descendência.
Imagem de perfil

De Eduardo Louro a 09.05.2012 às 17:03

Mas ele pagou a multa ou não? Se pagou tem direito a dizer o que quiser. Mas se não pagou...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 09.05.2012 às 17:27

O corpo é que paga!
Imagem de perfil

De José Maria Gui Pimentel a 10.05.2012 às 04:34

Ele mantém o faro. E passou a pesar menos os contras. Sabe bem que quem achar exagerado assacará culpas à sua velhice, por isso mais vale ter também o proveito.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 10.05.2012 às 08:31

Bem visto, José Maria.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D