Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Jornalismo travestido?"

por Cristina Ferreira de Almeida, em 21.04.09

Estou um pouco lenta, só agora percebi. Vou já cancelar tudo o que marquei para sexta à noite, comprar umas pipocas, fazer um xi-xi e sentar-me no sofá. Não me telefonem nem incomodem a partir das 20:00. Fica já marcado, encontramo-nos aqui por volta das 21:30. Sexta-feira.

Autoria e outros dados (tags, etc)


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 21.04.2009 às 23:25

Faz bem, Cristina, porque depois das eleições parece-me que Sócrates vai ilegalizar os travestis. E a seguir, os jornalistas. Por isso, é aproveitar, minha gente!
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 21.04.2009 às 23:47

Acho que, se pudesse, ilegalizava já os jornalistas. Alguns, pelo menos.
Sem imagem de perfil

De Pedro Tomás a 21.04.2009 às 23:33

Deve andar mesmo "lenta" para nunca ter percebido a palhaçada que é a informação da TVI ás sextas-feiras!
Aquilo não é jornalismo, é lama atirada em prime time e enoja quem tem da informação uma imagem bem diferente.
Sem imagem de perfil

De tric a 21.04.2009 às 23:35

"Estou um pouco lenta, só agora percebi."

eu ainda mais, porque só ao lê-la, é que apanhei a ideia...

tambem não vou perder o jornal de sexta-feira!
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 22.04.2009 às 00:02

O Público on line noticia que Manuel Moura Guedes vai processar José Sócrates. E ainda só vamos na quarta-feira...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.04.2009 às 00:07

Nada a fazer. O primeiro-ministro goza de imunidade, no exercício destas funções, emita as opiniões que emitir.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 22.04.2009 às 00:15

Lá se vai o argumento do direito à indignação que lhe assiste. E aos outros, não assiste? Não me parece isto muito defensável.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 22.04.2009 às 00:15

Confesso que me fartei de rir com o argumento de Manuela Moura Guedes, indignada por Sócrates ter caluniado o jornal mais visto da televisão portuguesa. Desde quando é que isso é sinónimo de qualidade? A TVI também é o canal com mais audiências, mas a programação é do mais baixo nível.
Convenhamos que aquilo não é mesmo jornalismo. Ou melhor... jornalismo poderá ser. Mas de qualidade?
Curioso, o renovar de ameaças a Sócrates, na sequência das que já tinham sido feitas pelo marido. Elucidativo quanto aos propósitos jornalísticos da TVI.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 22.04.2009 às 00:19

Discordo de ti, Carlos. Achas que, perante os factos, os jornalistas da TVI deveriam ter dito: "desculpe, senhor investigador britânico, mas não lhe admito esse dvd, que põe me causa o nosso primeiro-ministro"? Fizeram a única coisa que os jornalistas devem fazer, a meu ver: investigar e divulgar o resultado das suas investigações.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 22.04.2009 às 00:28

E se um dia destes viermos a saber em que circunstâncias foi feito esse DVD, Cristina? Talvez muita gente fique surpreendida...
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 22.04.2009 às 00:33

Carlos, eu acho que nunca perdemos nada em saber mais. E - honestamente - gostava de saber que o primeiro-ministro do meu país não recebeu dinheiro para licenciar um shoping.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 22.04.2009 às 00:51

Como já escrevi aqui no Delito, a última coisa que desejo é ter o PM do meu país sob suspeiata de ser corrupto, durante meses ou anos.
Claro que nunca perdemos nada em saber mais e por isso mesmo é que recupero as palavras do Manuel Pina na NM de domingo:
"ao fim de 40 anos de jornais, sabendo como se fazem e quem os faz, é difícil não ser céptico em relação a jornais."...
Eu também estou quase a fazer 40 anos de jornais e não foi por acaso que escolhi ser "free lancer".
Sem imagem de perfil

De Caty Waves a 22.04.2009 às 01:46

Tem piada, faz-me lembrar os meus tempos de escolinha em que de vez em quando íamos ao circo ver os palhaços e as palhaçadas.
Agora o circo mudou-se, é na sexta-a-noite na "sua tvi" .
Imagem de perfil

De ariel a 22.04.2009 às 10:13

Para mim que sou uma vulgar telespectadora o jornal das sextas-feiras da tvi não passa de uma caricatura tendenciosa e obsessiva com propósitos "justiceiros" segundo as convicções intimas da criatura que o apresenta. e não é de agora a propósito do caso friport , é desde que aquele formato foi criado com a criatura a opinar cheia de interjeições com um ar grotesco que o mínimo bom gosto e o bom senso aconselhariam a retirar do écran. Eu, que não perco uma crónica ou um livro do VPV , tentei ver aquilo de novo por consideração a ele. Tive de desistir para poder continuar a lê-lo.
Sem imagem de perfil

De dina a 22.04.2009 às 10:08

O que tu tens andado a perder, cristina! Eu já sou fã há muito tempo. As coisas que se passam naquele jornal, não se passam em mais nenhum. E não estou a falar das peças. Vê e depois dá a tuas opinião. Voltarei aqui na sexta-feira, às 21h30.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 22.04.2009 às 11:28

Combinado, Cristina.

E quem é que se importa com a qualidade do «Jornal Nacional» da TVI ou a falta dela? Não temos todos cabecinha para pensar e discernimento para optar?
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 22.04.2009 às 12:15

Atendendo ás audiências, não faltam telespectadores/as!
Sou uma delas. É a novela mais interessante de todas!
Vou vendo e ouvindo a sucessão de notícias como quem vê um programa de humor!
Uma vezes temos humor de gargalhada e, outras vezes, humor bem negro!
É o "jornalismo" na sua forma mais agressiva e sem fronteiras entre o sério e o especulativo!
Sem imagem de perfil

De Jaime Sá a 22.04.2009 às 15:09

Cristina, a sua observação e consequente marcação para sexta-feira às 20;00 parece-me uma ideia extremamente pertinente. Caminhamos, aparentemente, para a Socrateslândia, em que alguém que se oponha ao brilhantismo do primeiro-ministro é imediatamente processado por difamação. Caso discorde, ouve repetidamente aquela frase de que já todos estamos fartos: “como diz uma juiz norte-americano, a liberdade para dar um murro acaba no nariz…” (By Eng.º Pinto de Sousa). Vivemos num pais em que a inércia política exalta qualquer comum mortal. Não é normal que nos resignemos ao que nos é impingido por alguns agentes da comunicação social (que querem agradar esse grande homem que dá pelo nome de José Sócrates). Tenhamos noção! Mais, percebam que a nossa apatia perante esta ‘grande porca’ é um ‘yes sir’ aos indivíduos que governam o país de forma desgovernada. Tudo isto tem uma irremediável consequência: aos olhos da Europa parecemos uns incompetentes ‘sem vontades’, que digerimos tudo o que nos é impingido. Até certo ponto, concordo que a TVI não constitui uma ferramenta de valor acrescido, mas, por outro lado, é visivelmente independente, objectiva. O filme é verdade, não foi a TVI que recrutou o Charles Smith como protagonista de uma mini novela cujo objecto é o Anti-Sócratismo. Mais grave é o facto, independentemente de os relatos do filme serem verdade ou não, de haver um cidadão qualquer de outro país europeu, que diz vezes sem conta que o primeiro-ministro português é corrupto. Cristina, parabéns pela sugestão mas tenha cuidado, pode eventualmente ser processada por sugerir programas difamatórios… Claro está, que esta é a minha modesta opinião; não querendo não querendo ferir susceptibilidades.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D