Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Crise ortográfica

por João Carvalho, em 15.02.12

 

Alguém sabe se "Ob-La-Di, Ob-La-Da" ainda se escreve com tracinhos?


16 comentários

Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 15.02.2012 às 12:53

Depende se o La é considerado uma palavra ou elemento de ligação. Cor de rosa deixa de ter hifens sexta-feira não....
Imagem de perfil

De João Carvalho a 15.02.2012 às 15:33

hum... Lalalalalala... ou la-la-la-la-la-la?...
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 15.02.2012 às 16:31

Com ou sem tracinhos, foi daquelas músicas a metro que o quarteto de Merseyside teve a triste ideia de fazer, como o " Maxwell's silver hammer " e tal ...nem sempre haveria inspiração para um Let it be ou the long and winding road ...
Sem imagem de perfil

De Teresa a 15.02.2012 às 13:14

O que posso garantir é que nós escreveremos sempre com tracinhos. :)))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 15.02.2012 às 15:35

Eis uma decisão que me agrada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.02.2012 às 14:15

Essa faz-me lembrar outra.
Será que vamos passar a ter só traço continuo na estrada?
De qualquer modo, ao preço a que a gasolina está, qualquer manobra de ultrapassagem sai cada vez mais dispendiosa.
Até na estrada temos de começar a viver mediante as nossas possibilidades, bem como adaptar comportamentos similares a outras circunstancias. Andar encarneirado, como em tudo o resto.
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 15.02.2012 às 14:23

Sem tracinhos João. Hífens foram quase todos à vida. Deles, claro!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 15.02.2012 às 15:34

Não fico convencido!
Sem imagem de perfil

De cr a 15.02.2012 às 17:32

O que é tracinhos?

(pergunta de alguém no próximo século)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.02.2012 às 07:25

Tudo isto dá uma bela fição
Sem imagem de perfil

De C. a 16.02.2012 às 12:30

A sorte do «acordo» joga-se nestes dias. A actividade censória e a sabotagem de discussões por parte dos partidários do acordo tem sido intensa.
Conviria não darmos uma imagem da nossa menoridade mental, num assunto que em França levou, entre outras manifestações, a um protesto solene de todos os laureados com o Prémio Nobel.
Será que é vocação nossa não percebermos que o que está em jogo nos transcende? Estaremos condenados à piadola afadistada? Será que não nos sobra nada de um sentido, mesmo ténue, de dignidade?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 16.02.2012 às 14:57

Berm observado. Apenas uma dúvida: o que haverá em jogo num pretenso acordo ortográfico sobre a nossa Língua que possa transcender-nos???

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D