Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nome emprestado e a prazo

por Ana Lima, em 15.02.12

Depois das estações de metro, os teatros. É certo que as obras de manutenção de um edifício como o Teatro Tivoli, dados os custos envolvidos, provavelmente, só desta forma poderiam acontecer. O pai adoptivo UAU e o padrinho BBVA estão, com certeza, muito satisfeitos. Mas acrescentar um apelido destes soa tão estranho… E ainda bem que optaram pela sigla. Teatro Tivoli Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, embora certamente mais imponente, seria ridículo. Eu não dei pela cerimónia de aspersão mas deve ter sido muito discreta.


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 15.02.2012 às 11:49

É um fenómeno já comum no desporto, e ninguém se queixa.
Por exemplo, temos o estádio de futebol de Braga, nomeado Estádio AXA (da companhia de seguros).
E temos diversas equipas de ciclismo que têm o nome de empresas patrocinadoras.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 16.02.2012 às 00:27

É um fenómeno comum no desporto, sim. Mas eu queixo-me. :)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 15.02.2012 às 15:43

Estive a ler a notícia. Para não variar, parece que a coisa esteve "em cima da mesa". A limitação do léxico jornalístico começa a ser aflitiva.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 16.02.2012 às 00:50

É rebaptizá-los, Ana...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 16.02.2012 às 01:00

E o que é que lhes chamaríamos, "mudança de paradigma"? :-)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.02.2012 às 01:22

Ou a famigerada 'janela de oportunidade', sempre escancarada?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 16.02.2012 às 01:36

É que já não se aguenta... fico com vontade de os "despoletar" a todos!
Sem imagem de perfil

De Monti a 15.02.2012 às 18:14

Tempo, demos tempo ao tempo.
Um dia, poderá passar a Teatro Tivoli 北京.
Tivoli Pequim.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 16.02.2012 às 00:52

Pois, isto de rebaptizar edifícios, basta começar...
Sem imagem de perfil

De Rómulo a 15.02.2012 às 22:31

...fazer casa de penhores, o que foi viveiro de amores, é ideia que não cabe cá nas minhas...
Imagem de perfil

De Ana Lima a 16.02.2012 às 00:58

É melhor começarmos a conviver com estas ideias porque estes não serão casos isolados.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.02.2012 às 01:25

Percebo-te, mas é muito preferível este mecenato de bancos e empresas do que ver degradar, apodrecer e cair espaços culturais em Lisboa. Como o antigo cinema Paris, hoje pasto de ratazanas, na Domingos Sequeira, o antigo cineteatro Odeon, ali nas Portas de Santo Antão, a ameaçar derrocada a todo o momento, o ex-cinema Europa, em Campo de Ourique, que acaba de ser vítima do camartelo, ou os teatros do Parque Mayer, para não falar no Vasco Santana, que estava na Feira Popular, e tantos tantos tantos outros nesta cidade que aos poucos vai perdendo a memória.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 16.02.2012 às 01:41

Esses exemplos são muito tristes. Ainda no fim-de-semana passei em Campo de Ourique e fiquei a olhar o sítio do Europa. Fica tão estranho...
Eu concordo em absoluto com o mecenato. Mas penso que poderiam colocar uma placa durante as obras e outra após a explicar o contributo do mecenas, bem como outro tipo de campanhas que desse visibilidade à operação. Não vejo que seja necessária a alteração do nome. Parece-me que, em Itália, na obra do Coliseu de Roma, financiada pela Tod´s, e que levantou tanta polémica, não se atreveram a tanto...

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D