Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A liberdade depois de Sócrates.

por Luís M. Jorge, em 09.02.12

O leitor julgava que o serviço público de rádio e televisão servia para formar uma opinião pública mais crítica, com mais consciência do que ocorre no mundo? Nada disso. A Antena 1 e a RTP servem para nos aproximar das ditaduras que dão jeito ao GovernoNão se discute a liberdade de imprensa,acrescenta ele. Pois claro que não.


7 comentários

Sem imagem de perfil

De loiuy a 09.02.2012 às 15:36

Aproveitar a tarde livre.
Ora vejamos, uma coisa é a liberdade de opinião e de imprensa, outra é o tom que uma estação de televisão ou telefonia oficiais - ou oficiosas - devem usar quando se referem a outros países com os quais Portugal mantém fortes laços diplomáticos.
Há formas a serem respeitadas e assim como não se permite que no Parlamento se use linguagem de taberna, também não se espera que uma estação oficiosa chame "palhaços ricos" a dignitários de um país aliado.
Mero bom senso. É assim em qualquer lugar do mundo.
Imagem de perfil

De Luís M. Jorge a 09.02.2012 às 16:39

Meu caro, no Parlamento nunca se expulsaram deputados por usarem linguagem de taverna. E quanto às subtilezas do tom, folgo muito em saber que para si corporizam um caso certamente raro de suspensão daquela coisa em que você acredita — a liberdade de imprensa — sem que lhê dê qualquer conteúdo. Porque se nem o "tom" se pode infringir, o que é que sobra?
Sem imagem de perfil

De loiuy a 09.02.2012 às 17:43

O que sobra? A BBC. O know-how, o saber dizer.

Nota - Confunde coisas distintas: uma é a necessidade de adequação da linguagem que se verifica em todas as actividades, desde a medicina à diplomacia, seja em nome do interesse dos destinatários dela, seja em nome do estatuto dos seus emissores; outra, as possíveis consequências das infracções a esses usos.
No caso, nem sequer está estabelecida e provada essa relação de causa-efeito, o que, não querendo dizer que não exista, nos inibe todavia de a discutir como algo mais de que uma conjectura. Em tese lhe direi que não é admissível aquele tom - ouvi a crónica - numa emissora pública. Por isso mesmo sou contra as emissoras e televisões públicas.


Imagem de perfil

De Luís M. Jorge a 09.02.2012 às 20:44

Creio que você é que confunde a exigência de uma correcção que imagina ser a da BBC com a necessidade de proteger opiniões diferentes numa estação de srviço público.
Sem imagem de perfil

De loiuy a 09.02.2012 às 21:39

Não se trata de imaginar: foi o que a BBC fez durante anos.
Quanto à necessidade de proteger correntes de opiniões diferentes - mesmo para quem ache que isso justifica um serviço público - não colide tal com a observância de elementares regras de civilidade.
Imagem de perfil

De Luís M. Jorge a 09.02.2012 às 22:25

Mas colide com a censura.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 11.02.2012 às 16:08

Sempre foi assim. Só agora é que descobriu?

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D