Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contos ínfimos (9)

por Ana Vidal, em 06.03.12

ARTIGO DEFINIDO


Percebeu que ele era culto, quando disse gostar dos Carmina Burana e não da Carmina Burana. Percebeu que era snob, quando acrescentou: "mas na versão de Clemencic, e não nessa reconstrução quase desinteressante de Carl Orff".


11 comentários

Imagem de perfil

De monge silésio a 06.03.2012 às 10:07

Ana, ...e quando é o destinatário da comunicação a impôr-se numa altiva negação, isto é, aquilo que na vulgaridade do quotidiano se ouve com um "estás a inventar"?

Acredite...que papagaio há muito; mas também há os invejosos de um património adquirido por décadas e que dizem "tás a inbentár", em vez de ter o ónus de descobrir se há ou não invenção.

Mas, o melhor...é dizer-lhes: Portugal teve sempre poucos inventores, poetas, filósofos, ... ...substância.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.03.2012 às 15:19

A ignorância às vezes é uma bênção, Monge... silésio ou benedictino?
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 06.03.2012 às 14:26

O que, pelo menos, sabia latim. Adoro estes ínfimos, Ana.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.03.2012 às 15:22

Era um snob com graça... e sabia latim. ;-)
Sem imagem de perfil

De Luís Serpa a 06.03.2012 às 15:35

Pelo menos tinha bom gosto, na minha modesta e nada snob opinião :-)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.03.2012 às 15:48

Pois tinha, Luís.
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 06.03.2012 às 18:45

Delicioso este teu ínfimo. Ainda bem que ele não a confundiu com a Carminho...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.03.2012 às 19:45

Eh eh eh. Nada que fosse impossível com algumas pessoas que há por aí, não é?
Sem imagem de perfil

De Gi a 06.03.2012 às 19:20

E, diga-me, quando percebeu, apaixonou-se?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 06.03.2012 às 20:01

Isso é uma coisa que vamos ter de perguntar à protagonista deste conto, Gi. Mas pelo menos o artigo ficou definido. :-)


Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D