Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contos ínfimos (8)

por Ana Vidal, em 29.02.12

THE END

 

Casaram e foram muito felizes.
Ele, a babar-se com as empregadinhas do shopping.
Ela, a fazer plásticas até parecer-se com uma empregadinha do shopping.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Nelson Mendes a 29.02.2012 às 10:35

Um final feliz portanto:)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:00

Claro, Nelson. Tudo está bem quando acaba bem, não é? :-)
Sem imagem de perfil

De am a 29.02.2012 às 10:57

Alguns meses depois....

A empregadinha era negra...

Saiu meia-de-leite!|
Sem imagem de perfil

De am a 29.02.2012 às 10:59

... Melhor dizendo:
Um garoto!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:02

Não me parece, am. Este é o tipo de galã que não passa de uns apalpões inofensivos, ou mesmo só de sonhar com eles.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.03.2012 às 17:07

Fiquei confundido. Galã ou galão?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 01.03.2012 às 23:41

Galarote, talvez, aspirante a galifão.
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 29.02.2012 às 11:23

Ora aqui está uma ultra-short short novel.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:04

Há que ter muito cuidado, Zé... qualquer palavrinha a mais pode desequilibrar este casal perfeito. :-)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 02.03.2012 às 00:03

:-) Thanks.
Sem imagem de perfil

De io a 29.02.2012 às 11:55

"Empregadinha de café" ..? è um conto breve...mas de muito mau gosto...!
Sem imagem de perfil

De am a 29.02.2012 às 12:25

Caro freguês...IO

..." mas de muito mau gosto".

Pudera... esqueceu-se de adoçar o café!

Confesse.. IO... nunca lhe apeteceu apalpar a bundinha da empregada (o)? ( conforme o seu sexo )



Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:18

Tenho uma dúvida, Io: a sua brigada é a do politicamente correcto ou a dos costumes?

Sem imagem de perfil

De io a 29.02.2012 às 22:26

É mesmo do socialmente correcto...se não percebe, não merece a pena explicar.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 23:46

Estranho raciocínio o seu. Quando alguém não percebe é que vale a pena explicar, acho eu. Mas talvez seja um desperdício perder tempo com alguém tão socialmente incorrecto como eu, não é? Paciência.

Sem imagem de perfil

De CNS a 29.02.2012 às 12:19

Muito bom, Ana :)
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:18

:-) Obrigada, Cristina.
Imagem de perfil

De José Maria Gui Pimentel a 29.02.2012 às 12:39

É pelo menos um casal com futuro!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:19

Sem dúvida, Zé Maria. Um casamento assim dura uma vida inteira. :-)
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 29.02.2012 às 14:15

Uma ínfima intimidade...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:24

Ou uma íntima insignificância...
Sem imagem de perfil

De Pois...Pois. a 29.02.2012 às 14:21

Mas, qual é o mal de apalpar o rabo à empregadinha de café ?
Desde que haja acordo entre as partes...
Escandalizam-se por qualquer coisinha...Baaahhh !
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 29.02.2012 às 20:10

Ó Pois Pois quando há acordo entre as partes estas não se ficam pelo apalpãozinho. Ou ficam? Hum! Hum!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 23:48

Nem mais, Helena! :-)
Sem imagem de perfil

De Pois...Pois. a 01.03.2012 às 05:36

A Helena, deve ser do tipo de pessoa que, quando compra um livro vai direitinha à ultima página .
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 01.03.2012 às 15:10

Caro Pois Pois
Se for um livro curto, de duas linhas, como este da Ana, decerto que sim!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:26

Vivemos na era do politicamente correcto, Pois. É uma ditadura como outra qualquer, abençoada pela maioria.
Sem imagem de perfil

De IMMC a 29.02.2012 às 19:32

Uma visão degradante do casamento! Para ter este desfecho é melhor não haver um "Era uma vez"...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 20:30

Uma correcção, IMMC: "deste" tipo de casamento. Não generalizo nada, muito menos relações humanas. Se não conhece nenhum casamento assim, ou é muito novo(a) ou muito ingénuo(a).
Sem imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 29.02.2012 às 22:47

Ou muito seguro.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 29.02.2012 às 23:50

Ou muito distraído.
Sem imagem de perfil

De IMMC a 01.03.2012 às 12:16

Sou seguramente um pouco de tudo isso... dependendo dos dias e dos termos de comparação, mas o que pode ter a certeza é que o descreveu não é um casamento é um mero contrato entre duas criaturas que não se respeitam nem respeitam o outro ... contrato esse que pode e deve ser resolvido a todo o tempo!

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 01.03.2012 às 23:44

Tem razão, mas... e se eles não quiserem resolvê-lo? Pois é, há gente para tudo, IMMC.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D