Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Quem se vê na TV (7)

João Carvalho, 03.04.09

Os saltitantes-das-traseiras

São sempre jovens, mas alguns já rapazolas com idade para fazer tudo o que não devem. Os saltitantes-das-traseiras costumam morar nas proximidades do local em que aparece um repórter e uma câmara de televisão. Não querem saber de microfones, mas as câmaras são definitivamente irresistíveis.
Por vezes, os saltitantes-das-traseiras nem moram nas redondezas. São como os automobilistas que circulam na faixa oposta a um acidente e se põem a observar a cena até conseguir que a intensidade do trânsito interrompido por eles seja igual ao pandemónio que se formou do outro lado. Os saltitantes-das-traseiras podem ser, portanto, simples passantes que param, ficam a cheirar tudo e não desinfectam enquanto a câmara de televisão não se evaporar.
Aquilo que os caracteriza é estar sempre atentos e a postos para tomar posição atrás de qualquer pessoa para a qual a câmara se vire. O papel dos saltitantes-das-traseiras é ficar a saltitar atrás de cada entrevistado de rua. Os mais jovens e mais baixos saltam com mais vigor, para ter a certeza de que serão vistos na televisão pelos amigos. Ou, pelo menos, tentam ser vistos-e-não-vistos, vistos-e-não-vistos, vistos-e-não-vistos na cadência dos saltos!
Característica curiosa do grupo é essa ginástica ser sempre acompanhada por acenos de mão, enquanto se empurram uns aos outros na conquista pelos melhores lugares. Mas não devem ser levados a sério: põem-se a dizer adeus, como quem se despede e vai seguir caminho, mas jamais descolam antes de ver a câmara ir-se embora.
No fundo, este grupo está para o dos «meteorologistas inquietos» (v. Quem se vê na TV n.º 1) como os rapazes em geral estão para os futebolistas: todos querem ser, mas raros lá chegam. É que não lhes basta ter uma boa técnica para aparecer atrás dos entrevistados na melhor posição: os saltitantes-das-traseiras precisam de se inscrever numa juventude partidária e de treinar muitos esquemas até que o futuro lhes permita andar encostados aos políticos e aparecer atrás de um ombro sem precisar de dar saltinhos...

10 comentários

Comentar post