Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Passado presente (XLIX)

por João Carvalho, em 29.03.09

 

Citroën D-Special

(França, 1974)

Autoria e outros dados (tags, etc)


31 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 04:00

Gosta-se ou não se gosta, mas ninguém lhe fica indiferente. Para lá do extraordinário conforto e de ser relativamente acessível (ao alcance das classes média/média alta, na terminologia actual), este carro esconde uma tecnologia avançadíssima sob uma roupagem personalizada e arrojada que ainda hoje surpreende.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.03.2009 às 09:32

Era o chamado Boca-de-Sapo, o terror os mecânicos.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 11:26

Aquela suspensão e direcção hidráulicas eram mesmo o terror dos mecânicos. E dos proprietários, pois sempre requereram mãos especificamente especializadas. A verdade, no entanto, é que o mesmo sistema hidráulico basicamente se mantém até aos modelos actuais da marca (o topo de gama C6 incluído), embora com alguma evolução.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.03.2009 às 11:57

Nada bonitos, estes carros. Mas sempre gostei deles, não sei porquê. E davam nas vistas - em qualquer rua, em qualquer estrada.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 12:30

Nunca achei o 'Boca-de-sapo' bonito ou feio. Tinha o mais importante: arrojado e diferente, muito personalizado. E impunha respeito, por qualquer razão.
Sem imagem de perfil

De mike a 29.03.2009 às 12:23

Fantásico!... há tantos anos atrás, com direcção assistida progressiva, suspensão pneumática, faróis direccionais... um primor, o DS. Boa escolha, João.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 12:27

Fantástico mesmo. Sucessor directo da velha 'Arrastadeira' da mesma marca: ambos inovadores no seu respectivo tempo.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 13:40

Em 1982 conduzi um Citroen Cx... que carro... que conforto... que suavidade!
O que eu mais admirava era quando, hidaulicamente, subia o chassi para conduzir em terrenos mais acidentados! Eu chamava-lhe "arregaçar as calças"!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 18:26

E veja que já bem antes o 'Boca-de-sapo' fazia o mesmo.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 22:50

Obrigada João. Não sabia, este foi o primeiro Citroen que conduzi.
Anteriormente, só tinha andado, não conduzido, um Citroen 2CV!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 22:55

Como sabe, o 2CV também já passou pelo «Passado presente» (XXIV). Idêntico ao que tinha o seu padrinho!
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 23:00

Exactamente.
Por isso eu frisei que tinha andado num 2CV, mas não conduzido. Ainda era pequenita!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 23:12

Cheguei a conduzir um 2CV (salvo erro, era de fabrico belga) que tinha um pormenor curioso: usava-se a embraiagem para engatar as velocidades, mas o comportamento era o de um carro de caixa automática. Isto é: com o carro parado, embraiava-se para meter a primeira e depois tirava-se o pé da embraiagem e o carro continuava parado; arracava quando se começava a acelerar.

O sistema (que nunca teve grande sucesso, não sei por quê) tinha o nome de embraiagem centrífuga. Era cómodo e invulgar.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 23:24

Estou sempre a aprender. Não conheci esse sistema.
Pelo que descreve, é realmente parecido com a caixa de velocidade automática. Há cerca de oito anos conduzi um Mercedes belga, com caixa automática. Foi muito estranho, o pé fugia-me para a embraiagem que não existia!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 23:17

Já agora, a talhe de foice, houve também umas séries do VW 'Carocha' que tinham o que se chamava caixa semi-automática: não tinha embraiagem, tal como os de caixa automática, mas tinha a alavanca de velocidades normal, com as quatro velocidades, ponto-morto e marcha-atrás, que tinham de ser metidas manualmente como nos carros comuns.

Também era um sistema cómodo e também não teve sucesso. E também não sei por quê.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 23:29

Ora aí está um pormenor que não consigo entender... como é que se metiam as velocidades, sem embraiagem e sem a caixa ser automática?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 23:36

Para os pés, o acelerador e um pedal de travão grande, como nos carros automáticos. Quanto à alavanca de velocidades, era só ir metendo as velocidades normalmente, por estranho que pareça. Chama-se caixa semi-automática.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 29.03.2009 às 23:39

Obrigada João.
Tenha uma boa noite e uma boa semana.
Entretanto vamos "blogando".
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 23:43

Claro que vamos. Depois de um intervalo forçado: por razões de trabalho estou em vésperas de mais uma mudança (sempre tive vida de caracol). Espero voltar ao blogue em breve, assim que tiver a nova ligação.
Boa noite, boa semana e até breve.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.03.2009 às 15:02

O Socas precisava de ter um carro destes para não chegar atrasado à ópera.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 18:27

Que eu saiba, ele tem (ou tinha) um clássico: um Mercedes das séries 'Pagoda'.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.03.2009 às 17:28

Bca de sapo... muita personalidade!
:))
Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.03.2009 às 20:09


[Por causa desta "rubrica" hoje coloquei lá uma relíquia rsrss. Não atribuí só a si a autoria da "rubrica" porque tenho ideia que há posts de outros colegas seus do blog! Se não fui muito exacta peço desculpa, embora de boas intenções esteja o inferno cheio...
:)))]
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 20:46

A rubrica é de todos por cá, Maria do Sol, mas posso dizer-lhe que foi o Pedro que a concebeu e iniciou.

Fui ver a sua relíquia e gostei. "Ruby Tuesday" é um tema que me transporta ao passado e a Melanie era quase um mito.

O tema foi recriado e cantado, muitos anos depois, pelo Rod Stewart (um CD de êxitos dele que comprei talvez pelos anos 90).

Já agora, o que pouca gente sabe é que o Rod Stewart (Roderick David Stewart) começou por ser, nos anos 60, o cantor dos «Small Faces», banda (ou conjunto, como então dizíamos) com algum sucesso nessa altura, mas que desapareceu rapidamente.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.03.2009 às 21:37

Eh! Tanta informação adicional ao meu suspiro rsrs!
E tudo começou ... com os The Rolling Stones. Mas eu gostava muito da interpretação da Melanie...

"Who could hang a name on you?/When you change with every new day/Still I'm gonna miss you."

:))

Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 22:34

Confesso que nunca fui grande fã de The Rolling Stones. Para mim, 'Ruby Tuesday' (que eles tinham lançado em 1967) só passou a ter interesse com aquela voz tão especial da Melanie Safka (em 1970).
Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.03.2009 às 23:03

E porque o assunto vai longo... remato, pela minha parte, dizendo que subscrevo completamente o seu último comentário!

:))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.03.2009 às 23:21

Sem dúvida. Ainda no ano passado estive tentado a comprar um a um coleccionador, devidamente homologado pelo Clube Português de Automóveis Antigos. Mas acabei por desistir, porque estes carros requerem mão-de-obra conhecedora e tive medo de me meter em trabalhos. Mas ainda não desisti de vez...

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D