Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Jardim ameaça e, às tantas, vem

por J.M. Coutinho Ribeiro, em 13.01.09

 

 

Alberto João Jardim continua a dar sinais de que tem vontade de atravessar o Atlântico e atirar-se à liderança do PSD, mesmo antes das legislativas. Não é esta a primeira vez que AJJ sugere. De todas as outras vezes foi mal sucedido, ou porque ninguém entendeu tal vontade, ou porque poucos tiveram vontade de que assim fosse.

Por essas alturas, o PSD acreditava sempre na sua capacidade de regeneração, de dar a volta por cima, de gerar um líder onde menos se esperava. E acreditava, sobretudo, que chegar ao poder era uma questão de meses.

Mas esse PSD - o partido onde as diferentes sensibilidades coabitavam, ora predominando umas, ora predominando outras - já não existe. Com uma sucessão de lideranças falhadas, estilhaçado até ao tutano, com feridas permanentes à vista, o PSD é, hoje, um partido em desespero.

Praticamente já todos perceberam que Manuela Ferreira Leite só em caso de terramoto ganhará as eleições. E são muitos no PSD - aqueles para quem o poder é uma forma de sobrevivência - que não estão dispostos a abdicar das próximas legislativas, para começarem a preparar uma liderança segura a prazo.

Em tal desespero, não me espantava que fosse desta vez que o embaraçante AJJ conseguisse os seus objectivos. Tem notoriedade nacional, tem carisma, tem obra feita e, por isso - calculam os desesperados do PSD - é um valor seguro para ganhar mais depressa.

Poderá contrapor-se, é claro, que o Continente não é a Madeira e que, aqui, AJJ estaria condenado ao fracasso. Mas não tenho tanta certeza disso. Oeiras, Felgueiras, Gondomar, Marco de Canaveses e tantos outros concelhos desmentem o contraponto.

E, além disso, não é só o PSD que está desesperado - o país começa a ficar também. AJJ tem muitos defeitos. Mas não é tolo nenhum - mesmo quando parece. E já terá percebido que o país pode estar pronto para "agarrar" um populista. O verdadeiro populista.

Valha-nos Deus, então.


17 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 00:33

Aceitemos o 'supônhamos'. Que importância teria? No voto nacional, aposto que muitos portugueses o têm entalado na garganta e aproveitariam as legislativas para lhe dar para trás forte e feio. Portanto, para o PSD e para o PS, não aquece nem arrefece.

Resta o próprio Alberto João Jardim. Que importância teria para ele? Toda. Ele precisa urgentemente de sair da Madeira antes de terminar o mandato, para designar um sucessor, visto que não existe o sucessor natural. E nada mehor do que sair para cumprir um 'desígnio nacional'. Dava-lhe um jeitaço, sim senhor. E só a ele.
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 13.01.2009 às 18:24

Será que lhe dariam para trás forte e feio? Aí é que está o ponto. Um povo desesperado é capaz de tudo.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 13.01.2009 às 01:20

Longe vá o agoiro!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 01:49

O agoiro e o Jardim, Teresa!
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 13.01.2009 às 18:25

Eu cá não agoiro nada :-)
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 13.01.2009 às 08:56

Houve gente que viu naquela entrevista uma forma de dizer; em Março estarei aí em Lisboa!
Se alguma vez isso acontecer a culpa é destes politicos de trazer por casa que não fazem o que devem que é governar e fazer oposição.
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 13.01.2009 às 18:26

Inteiramente de acordo.
Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 13.01.2009 às 12:03

1. AJJ é um homem inteligente, determinado, com obra feita e estratégia de futuro para a Madeira (consequentemente, contribuindo para o sucesso de Portugal)

2. AJJ está com MFL e com este PSD, a comprová-lo: "qualidades excepcionais" [da líder do PSD, Manuela Ferreira Leite] ... que acompanhará na corrida às legislativas se estiver "convicta de que vai ganhar as eleições"

3. No actual cenário português, a crise não é financeira. É uma crise de valores e crise na justiça. Não sei se para corrigir esta situação AJJ não fosse o melhor de todos os actuais políticos (pela coragem e determinação que tem)
Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 19:35

O genérico está certo, meu caro. Apenas lhe faltou acertar três pontos: o 1, o 2 e o 3...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.01.2009 às 16:41

quem já tem santana em lisboa, poderá muito bem ter jardim no país. o nível nem sobe nem desce.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 17:55

... antes pelo contrário!
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 13.01.2009 às 18:27

Se Jardim vier para Lisboa, ir viver para a Madeira pode ser uma boa solução.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 19:31

Isso já era (e é) bom, meu caro. Por duas razões: Lisboa também não anda a recomendar-se muito e Jardim não se mistura com a 'populaça' como gosta de fazer crer.
Eu sei que andam por aqui alguns madeirenses, mas não hão-de desmentir-me. Até porque sei bem do que estou a falar. Jardim cultiva o folclore, mas só quando o folclore é ele...
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 13.01.2009 às 20:44

Infelizmente, não conheço a Madeira...
Sem imagem de perfil

De Antonio Maria a 14.01.2009 às 22:15

O que eu não percebo bem é esses medos de ter Santana em Lisboa ou o Jardim em Lisboa. E o Socrates em S. Bento? A mim parece-me bem pior e mais grave. Até parece que temos um grande estadista à frente do país!
Sem imagem de perfil

De vitor nunes a 14.01.2009 às 00:08

Como lhe disse vinha por aqui para ler os seus comentários politicos ,ora aqui estou.Entre ter Sócrates e AJJ ,qual a diferença?
Valha-nos Deus ,então.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D