Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

A via grega.

Luís Menezes Leitão, 12.09.11

 

Ao aumentar os impostos de nove em nove dias, sem nada fazer para reduzir a despesa pública, o Governo está a seguir exactamente a mesma via que a Grécia segue a caminho do desastre. O imposto extraordinário de solidariedade que foi anunciado não passa de uma cópia descarada de iniciativa semelhante que a Grécia lançou em Junho deste ano. Faço uma aposta que só vai ter efeitos perversos e que por isso este delirante novo aumento de impostos que a Grécia agora também anunciou irá ter igualmente em breve a sua versão portuguesa. Tudo isto, no entanto, para nada, uma vez que quem sabe do assunto já anunciou que a Grécia terá um hard default o mais tardar em Dezembro.

 

Portugal deveria olhar para isto como um aviso sério e seguir um caminho radicalmente diferente, deixando os impostos quietos e apresentando imediatamente um programa agressivo de redução da despesa pública. A insistência do Ministro das Finanças em seguir a via grega cabe na definição perfeita do que é um comportamento irracional: adoptar sempre o mesmo procedimento, esperando que ele alguma vez conduza a um resultado diferente.

8 comentários

Comentar post