Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Gaspar a postigar

por Rui Rocha, em 01.09.11

Vitor Gaspar começa a fazer-me lembrar o saudoso (livra) Hélder Postiga. Preparado tecnicamente, trabalhador, esforçado. O problema é a relação com a baliza. Que, nas contas do Estado, terá o seu equivalente no corte da despesa e nas reformas estruturais. Postiga precisava de não sei quantas oportunidades para marcar um golo quando o Jardel fazia anos. Gaspar já vai em três conferências de imprensa sem cortar nada que se veja. No futebol, driblar, passar, pressionar e desmarcar-se são sempre muito importantes. Mas, aquilo de que o povo gosta mesmo é de golos na baliza do adversário. No que diz respeito às contas do Estado é também assim. É bom que Gaspar tenha presente que Postiga, com todo o seu valor, acabou mal-amado no Sporting. E vendido praticamente a custo zero ao Saragoça. Precisamos todos muito que Gaspar tenha um futuro diferente. Para isso, é preciso que comece a marcar golos rapidamente. A paciência dos adeptos, que nestas coisas se chamam contribuintes, está já tão esfrangalhada como a dos sportinguistas. E, para já, Gaspar parece estar a ganhar um lugar na história apenas pelo número de oportunidades falhadas. E, claro, pelo aumento de impostos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


79 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.09.2011 às 13:18

Vitor Gaspar e tantos outros que são parte deste governo da senhora Merkel e do senhor Sarkozy, que por sua vez são comandados pelos senhores sem rosto dos ditos mercados (deve haver mesmo muitos mercados e mercantilistas), são o protótipo daquilo que não devemos ter como políticos. Estou convencido que qualquer deles será uma excelente "mulher-a-dias", resta saber se fazem o trabalho na casa que dizem servir ou na do vizinho. Fartinhos estamos de pessoas que só sabem cortar ou gastar cegamente, é necessário que apareça alguém que saiba fazer.
Andamos com receitas que só adiarão a morte, e presumo que não saibamos que as dívidas jamais serão pagas, porque não existem condições em parte alguma do mundo para que assim aconteça.
Por outro lado, neste país entendem-se como reformas os cortes levados a efeito, que no fundo só alimentam o cancro e não o debelam. As corporações, nacionais e internacionais, devem ser o objecto das verdadeiras reformas. O que assistimos é ao espalhar da miséria para consolidar suas posições.
PS de Sócrates/PSD/CDS, esta troika que diz ter negociado com a outra troika, não negociaram nada de nada, ofereceram os recursos estratégicos da nação e delapidaram a intervenção do estado sobre os mesmos (EDP, PT, GALP, REN, Águas de Portugal...) a custo zero.
Todos sabemos que existirão sempre sectores que serão deficitários, mas entregar empresas cujos lucros, juntamente com os impostos pagos pelos cidadãos, servirião para equilibrá-los é de uma falta de razoabilidade inimaginável.
Ser técnico é estar técnicamente preparado para estabelecer equílibrios, e isto tem-nos faltado há já alguns anos; e continua a faltar.
Portugal é uma nação com múltiplas sensibilidades e realidades.
Não estamos a ser ajudados em nada, estamos a pagar um empréstimo com custos muito elevados. Ou o executivo toma mão em definitivo desta situação ou poderão surgir muitas mãos desesperadas a querer inverter esta realidade, e estabelerce-se-á o caos.
Sem imagem de perfil

De "Mãos desesperadas" a 01.09.2011 às 14:52

Se eu soube- se escrever, escreveria um comentário exatamente como este, assim resta assinar por baixo cada palavra aqui escrita.
E dizer que na Islândia, as coisas tomaram outro rume, e tenho a impressão que há alguns políticos presos, mas as nossas prisões, não têm condições, para prender...
Sem imagem de perfil

De amendes a 01.09.2011 às 17:14

Era dum ministro das Finanças como este que o país precisava... pena ser "Anonimo" ... Aparece ´pá...dá as fussas... governa esta merda!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.09.2011 às 21:56

Amendes, palavras não te faltam para escreveres qq merda. Vê lá se te acalmas porque a campanha eleitoral já acabou. Toma um sedativo antes de aparecer em público.
Sem imagem de perfil

De cf a 01.09.2011 às 19:22

Sr. Antonio tem uma visão um pouco disfasada da realidade, o Sr Gaspar como dis assim que este novo governo, estão a fazer o que podem para tirar
este país do caos onde o TROCASTE e os seus amigos Socialista ajudados pelo grande «estadista»
o bochêxas o deixaran á apenas 60 dias,êstes responçaveis sim, deverião estar nas mãos da justiça
mas aquéla que conhecêmos e que fôi preparada por
eles de maneira a fugirem sempre as suas responsa-
bilidades. Vêjão só os diverssos processos que o Tro-
caste enfrentou assim que alguns Socialos, nunca
en nada.
Portugal é un pequêno país sem recourssos como o
Gas o petrólio etc, mas se êsses Socialos não tivessem dado cabo da agricultura o país hôje não
estaria tão mau como está, os Socialos, Comunistas
Trosquistas (berloco de esquerda) vivem noutro pla-
nêta não sabem gerir a sua propria casa como po-
dem esses caras de brigalho gerir um país que de-
pôis do 25 de Avril preparou leis das mais ridiculas
de forma que ninguém lhes possa tocar.
Au curço des anos todos depôis du 25 de Avril, os
Socialos fôram os que mais estivéram no poder, e o
que é que êles fizéram???
Fizéram leis para os politicos tôdos terem um tácho
em (ouro) e térem reformas au fin de 2 mandatos e
regalias que o Presidente Americano não tem.
O bochêxas Mario S.´fôi sem duvida um dos maiores PATIFES que apareceu aus comandos de Portugal depois do 25 de Avril, êste homem como o jácitado Trocaste e muitos outros autaras, deviam
pagar pêlo que fizeram au nosso país.
Por agora fico por aqui.
Sem imagem de perfil

De Martim a 01.09.2011 às 21:29

Sr. ou Sra. não sei quanto.CF?
Tantos erros que dá! E tanta coisa sem nexo que diz. Afinal o que lhe têm dado os laranjinhas?
Que pena tanta ignorancia!

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D