Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Este já não prende mais ninguém

por Pedro Correia, em 22.08.11

 

Muammar Kadhafi subiu ao poder há 42 anos. Quando Marcelo Caetano era o chefe do Governo português, Richard Nixon disputava a Casa Branca contra Hubert Humphrey e Neil Armstrong acabara de deixar a sua pegada impressa no solo lunar. A larga maioria dos líbios nunca conheceu outro dirigente supremo senão este coronel que nos últimos seis meses, acossado pela crescente revolta de massas contra o seu domínio tirânico, não hesitou em desencadear uma guerra civil contra o próprio povo.

Kadhafi, convém recordar, foi um dos ditadores a quem o Governo português estendeu a passadeira vermelha em Dezembro de 2007, por ocasião da  lamentável cimeira UE-África. Como na altura escrevi, o seu cadastro como governante era o menos recomendável possível: «Financiou o terrorismo internacional. Sob o seu mandato, pelo menos 250 presos políticos "desapareceram" misteriosamente. Os partidos são rigorosamente proibidos no país. A liberdade de expressão é uma miragem. A tortura generalizou-se como instrumento de combate ao "crime". Muitas mulheres suspeitas de adultério são remetidas a casas de "reabilitação". Na Líbia de hoje, uma crítica ao Governo pode ser punida com a prisão. Ou ainda pior: a tristemente célebre Lei 71 pune a "dissidência", em casos extremos, com a pena de morte.» O mais recente relatório anual do Observatório de Direitos Humanos não deixava lugar a dúvidas: «A repressão da sociedade civil, sob o controlo do Governo, continua a ser norma na Líbia.»

Kadhafi não está em condições de mandar prender e torturar mais ninguém: a resistência líbia já entrou em Trípoli e promete instaurar um regime democrático no país. O coronel não lidera nada, mas as televisões portuguesas continuam a chamar-lhe "líder líbio". Será assim tão incómodo pronunciar a palavra ditador?

Tags:


336 comentários

Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.08.2011 às 10:21

Como pôde tanta gente tratar este tarado com pinças? Agora muitos desses seus simpatizantes calam-se...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 12:51

Boa pergunta, Teresa. Já agora, faço outra: como pôde a Líbia presidir à Comissão de Direitos Humanos da ONU?
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 22.08.2011 às 14:55

E já agora, como pode a Coreia do Norte ser nomeada para presidir a conferência da ONU sobre desarmamento.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:08

Olha, outro?
Vê lá, também sabes bué para andares aqui a mandar "bocas" em relação às decisões das instâncias internacionais!
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 23.08.2011 às 22:38

O que é "bué"?
Sem imagem de perfil

De réplica a 21.12.2014 às 03:13

Bué linguagem praticada por seres que se encontram em estado meio selvagem.
Sem imagem de perfil

De Gira a 22.08.2011 às 17:25

E os Estados Unidos? O Bush e o Blair, presos e julgados por crimes contra a humanidade? Que tal? Ou será que a invasão do Iraque baseada na mentira não tem muita importância....É verdade, justifica-se porque é p0ara defender osdireitos humanos... de quem? Petróleo, deserto e seus ventos...Vivam os direitos humanos! ´Esquecia-me... eles são árabes , não são gente... só sofrem com os seus governantes, são resistentes às bombas que falam inglês....
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 18:43

Nem uma palavrinha de congratulação pela queda do ditador líbio? É assim tão difícil?
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 22.08.2011 às 23:45

Tem toda a razão. Temos que aprender a saborear os momentos que valem a pena antes de prosseguir para o próximo objectivo ou correremos o risco de nos tornarmos demasiado amargos. Síria agora?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:51

Claro, João. Síria já.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:11

Pedrinho!
Sempre a picar.
Gostaria de te ver, na frente... seu valente!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:05

Obrigado, montado.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:09

Vá, Pedro!
Faz as malas e arranca para a Síria, rapidamente e em força!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.08.2011 às 00:52

Quem vai derrubar o ditador de Damasco é o povo sírio.
Sem imagem de perfil

De Camila a 23.08.2011 às 10:57

Eh!, Diga lá. Até parece que é você que manda neste jogo de xadrez. Mas não se iluda. A Síria só será se lhes der jeito a eles. Você não manda nada.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:02

Sou contra todas as ditaduras. E acredito que é o povo quem mais ordena.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:14

Oh, Pedrinho!
Então, é o povo quem mais ordena?
Valha-nos Deus...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:05

Não é, montado? O Zeca Afonso dizia que sim.
Sem imagem de perfil

De gira a 30.08.2011 às 19:25

Ah! Ah!Ah!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.08.2011 às 20:17

Sempre fui muito influenciado pelo Zeca Afonso.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:10

Claro, Joãozinho!
Vamos para a Síria, já e em força!
Isto é tudo nosso...
Seu palerma, olhe um pouco para traz e veja como estão o Iraque (década de 90) e o Afeganistão (última década)!
Querem continuar com a desestabilização do Médio Oriente? Pois continuem...
Não há meio de aprenderem que da América, mal nascida, só vêm problemas...
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 23.08.2011 às 16:05

Desculpe lá, mas não chegou a dizer o que quer que lhe traga.
Ah! E aproveito para informar que já não dou consultas.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:12

Oh, Rapozeco!
Qual é a área em que dás consultas? Quiromania?
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 23.08.2011 às 22:40

Ainda não disse o que queria que lhe trouxesse.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.08.2011 às 23:32

Pode esperar sentado, caro João Raposo.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:04

Muito bem, Gira!
Até que enfim que há alguém, neste blog, que diz alguma coisa de verdadeiro!
Este pessoal todo, modernissimo, mas sem qualquer consciência da realidade, porque foram formatados pelo poder americano, tem um pensamento único - o da vassalagem à miragem que os americanos propagaram para o mundo, a partir de 1973, para continuarem a exploração e o negócio da alta-finança americana.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 19:02

Defender o fim da ditadura na Líbia é prestar "vassalagem" aos EUA. Extraordinário pensamento. E defender o fim da ditadura norte-coreana será prestar "vassalagem" a quem?
Sem imagem de perfil

De Pela verdade e transparencia a 22.08.2011 às 19:59

Para alguns que andam distraídos ou querem andar, neste país também há violação de direitos humanos pelo Estado e quase tudo é abafado pela comunicação social e pela Igreja como se vivêssemos ainda numa ditadura. Em relação a isto ninguém fala e pior abafam pois têm medo da verdade ou têm falta de respeito pelo ser humano. O que interessa é manter o povo na ignorância e no disparate como dizia um artigo sobre estratégias de manipulação que li. O que acontece no "fim do mundo" sabe-se cá, o que acontece cá não se sabe. Por incrível que pareça alguns conseguem ver um rato mas não um elefante! Queremos por ordem na casa dos outros mas o nossa é uma confusão, acusamos os outros de violarem direitos humanos mas nós também o fazemos, hipocrisia. Muitos não sabem o que são bases, que uma casa se constrói de baixo para cima e não veem problema nenhum em se começar a construir uma casa do meio para cima! E quantas instituições neste país têm pés de barro! Se a verdade se soubesse! Pobre país, estranho seria não estarmos em crise, a verdadeira crise é de falta de valores e de princípios.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:10

De que país está você a falar, anónimo? Da Líbia?
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 23.08.2011 às 10:15

Essa pergunta foi um tanto ignorante....enfim mais um ceguinho
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:03

Eu presumia que fosse sobre a Líbia. Obrigado pela confirmação, Ricardinho.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:16

Oh, Pedrinho!
Tanta amabilidade para o Ricardinho. Deves ser, mesmo, um gajinho porreiro!
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:12

Pedrinho, de Portugal!
Sempre atento!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:07

O anónimo eras tu, montado? Não te acanhes, faz de conta que esta casa é tua.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.08.2011 às 21:13

Bem lembrado. Uma vergonha!
Sem imagem de perfil

De Wanda Ayala a 22.08.2011 às 21:43

No infinito jogo de poder os pobres e desvalidos é que somam uma vez mais a maioria prejudicada.
As grandes potências é que como sempre, estão atrás dos bastidores comandando todas as cenas no desenrolar dessa tragédia humana dantesca.
Só deixo uma pergunta a quem me possa responder…
E tiveram que esperar 42 anos para interferir? Porquê?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:11

Detecto aí uma lágrima ao canto desse olho, «Wanda». O Kadhafi era um gajo porreiro, não era?
Sem imagem de perfil

De Camila a 23.08.2011 às 11:00

Fugiu à pergunta, Pedro. Não sabe a resposta?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:03

Vocé é «Wanda» às segundas e «Camila» às terças?
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:20

Não, palerma!
É outra pessoa...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 17:33

A «Wanda» é palerma? A «Camila» é outra pessoa?
Sem imagem de perfil

De Zé Povinho a 23.08.2011 às 12:25

SR Pedro Correia já vi que o sr é uma pessoa muito entendida e com muitos conhecimentos, diga-me lá quem apoiou os Talibans ? quem apoiou o Irão na guerra com o Iraque? então nós temos que andar aos ziguezagues conforme os interesses deles ? ou será que devemos sim ter caracter ! Dignidade ! Honra ! ! !
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:06

O Zé Povinho líbio é anti-Kadhafi. Carácter, dignidade, honra: três palavras que definem bem o que foi esta resistência popular de seis meses aos fuzis do ditador.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:17

Oh, Pedrinho!
Você, meu querido, é mesmo perspicaz!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:07

És gay, montado?
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 22.08.2011 às 23:51

Talvez porque as "revoluções" não se fazem de fora mas por dentro. Talvez porque só agora os que se levantaram para a luta fossem em número e vontade suficientes para não serem todos massacrados.
Talvez um pouquito de história desse jeito.
Sem imagem de perfil

De Camila a 23.08.2011 às 11:02

Às vezes dá jeito ser ingénuo, não dá, João?
Sem imagem de perfil

De João Raposo a 23.08.2011 às 16:10

Claro que é sempre bom ser ingénuo. Então não é deles o reino dos céus?
Mas na minha ingenuidade acredito sempre na esperteza dos espertos que a todos salvará.
Sem imagem de perfil

De jr a 23.08.2011 às 12:30

essa é boa tanto tempo. Eu reclamo. Porque tanta espera?. Ajudaram-no, quem?. Talvez os amigos do que treinaram o bin.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:07

Você anda a escrever de mais no Twitter. Aqui pode escrever acima dos 140 caracteres. A ver se a gente percebe o que pretende dizer. Eu não percebi.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:07

A Wanda é boa?
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:06

Essa, também é boa!
Percebes alguma coisa disto tudo, para andares aí a mandar "bitaites"... Oh, palerma!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 23:58

Já actualizaste o blogue que está há três anos sem posta, montado? Andas muito indolente. Pouco paleio e toca a bulir. Ide.
Sem imagem de perfil

De rio a 22.08.2011 às 15:39

o q/ fez n/ obdeceu aos norte americanos
Imagem de perfil

De editou a 22.08.2011 às 20:14

rio mesmo amigo... TANTO CRIMINOSO NESTE MUNDO A COMEÇAR NOS GOVERNANTES AMERICANOS
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:12

O Kadhafi - o Pinochet da Líbia - não lhe merece uma palavrinha de crítica? Nem uma só?
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:27

Oh, D. Pedro!
Você sabe lá o que foi o Pinochet?
A Líbia era um país ordenado, em que o Turismo era franco, com tudo bem arranjado e até as pessoas não tinham falta de trabalho e não havia carenciados, como há centenas de milhar em Portugal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:08

Sei quem era o Pinochet, montado. Era o Kadhafi chileno.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:21

Tu és, mas é palerma!
Tu sabes lá o que o pinochet fez no Chile? Estares a comparar o pinochet com o Kadhafi, só denota a tua sacrossanta ignorância...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.08.2011 às 00:00

Já toda a gente percebeu que eras fã do Kadhadi, montado. Mas esse já era. Agora tens de começar a adular outro ditador. Pode ser o Kinzinho lá de Pyongyang. Que tal?
Sem imagem de perfil

De csm a 22.08.2011 às 16:52

eu adorava conhecer um pais arabe democratco.
alguem conhece um?
Sem imagem de perfil

De Carlos Veloso a 22.08.2011 às 22:43

O Pedro Correia deve conhecer!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.08.2011 às 22:53

libano
Sem imagem de perfil

De Silva a 22.08.2011 às 18:55

Voltem a dar-lhe guarida no forte em Carcavelos....
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:53

No forte, talvez. No de Carcavelos (são julião da barra) com certeza que não.
Sem imagem de perfil

De João a 22.08.2011 às 19:15

O seu comentário é desprovido de qualquer fundamento. É tendencioso e demostra a mesquinhez que algumas pessoas têm e maneira como se deixam influenciar pelas tendências da comunicação social.

Homens ditadores como ele são necessários para controlar a sevajaria de alguns povos.

Os exemplos estão em todos os outros países desde o Afeganistão ao Iraque onde os tansos dos américos foram cheirar. Com as saídas dos seus líderes pseudo ditadores os países tornaram-se uma selva sem controlo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:53

Você está mesmo a pedir uma canga no pescoço e uma mordaça nessa boca.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 15:33

Pedro!
Perdestes as estribeiras?
Então já não és "democrata"?
Andas a querer pôr canga e mordaça nas pessoas que expõe as suas opiniões?
Então não há liberdade de opinião?
Só há Delito de Opinião?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 16:10

A conversa não era contigo, montado. «Perdestes» as boas maneiras?
Sem imagem de perfil

De João Rodrigues a 22.08.2011 às 22:25

Caros,

Alguém se importa de me esclarecer:

O que está em causa? É a queda de um ditador assassino que durante 40 anos martirizou o seu povo, ou o petróleo que a Líbia possui e que já começou a ser negociado/repartido pelos países da Nato?

Que raio de moral é a nossa?
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caros, <BR><BR>Alguém se importa de me esclarecer: <BR><BR>O que está em causa? É a queda de um ditador assassino que durante 40 anos martirizou o seu povo, ou o petróleo que a Líbia possui e que já começou a ser negociado/repartido pelos países da Nato? <BR><BR>Que raio de moral é a nossa? <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>JR</A>
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.08.2011 às 23:56

Por essa mesma lógica o 25 de Abril nunca devia ter acontecido para os «países da Nato» não se apoderarem do petróleo e dos diamantes de Angola. Percebeu agora o ridículo desse raciocínio?
Sem imagem de perfil

De João Rodrigues a 23.08.2011 às 01:31

Caro Senhor,

Apesar de achar Kadafi e o seu regime hediondo, apesar de estar contra as atrocidades que cometeu nos últimos 40 anos, não posso ignorar que, segundo a comunicação social, 1/3 do pretóleo líbio vai ser enviado para França (TOTAL) para pagar as bombas que este país "gastou" na "libertação" da nação líbia.

Não aceito e rejeito os seus comentàrios e a sua opinião que me merece o rótulo mediocre/sectária.

João Rodrigues


Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 01:41

Informo Vossa Excelência que me congratulo com a sua rejeição dos meus comentários. E mais informo que muito me ofenderia caso não os rejeitasse.
Sem imagem de perfil

De josé cardoso a 23.08.2011 às 05:23

Sr. Correia, falta de chá e de estaleca para ser o pivot do debate.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:08

Cedo-lhe de bom grado a função de pivô.
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:37

Olha, mais outra!
Com uma resposta destas só demonstras a tua falta de classe.
Não percebo mesmo como te deixam fazer parte de um blog.
Não produzes, absolutamente, nada de jeito... ou, então, andas "stressado".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.08.2011 às 00:02

Já escreveste mais nesta caixa de comentários do que nos últimos três anos e meio no teu blogue, montado. A última posta é de 24 de Março de 2008. Não tens vergonha de não dares uma pr'à caixa lá na chafarica?
Imagem de perfil

De corridadomontado a 23.08.2011 às 22:30

Oh, Pedro Correia!
Eh, pá! Só, agora, é que fui ver que tu és um dos autores deste blog.
Estás a queimá-lo!
Não tens vida para ser "bloger", com estas respostas que dás aos teus interlocutores.
"Onde é que estavas no 25 de Abril?"... não é determinante! Mas, para te pronunciares sobre as coisas tens de ter algum conhecimento...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.08.2011 às 00:03

Fantástico, montado. Percebeste agora que eu sou um dos autores deste blogue. Isso é de génio, pá. Qual será a tua próxima descoberta? O Lindbergh atravessou o Atlântico?
Sem imagem de perfil

De jr a 23.08.2011 às 12:41

O q/ todos sabemos e que por momentos até esquecemos é. Quem impõe estas medidas fora de casa, não o faz em casa própria. Porquê.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:08

Fala de quem e de quê?
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 23.08.2011 às 10:59

E não haverá para ai tantos Kadhafi? E onde estão a ser julgados? Ou só derrubaram este por motivos de dinheiro? Sim a Líbia é um país rico, pois se fosse um país sem nada para dar, ninguém quereria saber da sua desgraça, veja-se o caso do Tibete, escorraçados pelos chineses e quem no mundo levanta a voz contra o poderio da suprema China? País que de direitos humanos nada tem...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.08.2011 às 13:10

Já por aqui se escreveu bastante, várias vezes, sobre a China e vários outros países onde os direitos humanos são violados. A queda de um ditador não significa a resolução de todos os problemas. Significa apenas que neste país concreto - a Líbia - o pesadelo será menor e a esperança volta a ser possível.
Sem imagem de perfil

De Cruz a 26.08.2011 às 20:03

A queda de Kadafi é uma perda para toda a África. Se alguns povos africanos são livres hoje (por ex os sul-africanos, moçambicanos e angolanos) devem-no, em parte, a Kadafi. Esteve sempre do lado dos oprimidos. Restituiu-lhes a dignidade como pessoas que lhes era negada pelo colonialismo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.08.2011 às 23:09

Que história da carochinha essa... Se Kadhafi fosse como diz, por que motivo o povo líbio terá querido ver-se livre dele e da sua família, sugadora de boa parte das receitas do petróleo?

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D