Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As luminárias vão a banhos

por Pedro Correia, em 31.07.11

Em sucessivos canais televisivos de notícias, os participantes de programas consagrados ao "debate político" têm anunciado aos portugueses que irão de férias durante todo o mês de Agosto, regressando apenas em Setembro. Num país em crise, com um governo recém-empossado, numa altura em que a política necessita mais que nunca do escrutínio público e quando o próprio Parlamento resume a duas semanas o seu período de férias, os referidos programas não abdicam de um longo descanso estival e os seus comentadores encartados já se encontram a banhos, como se este fosse um Verão igual a qualquer outro. Já imagino até alguns deles a resmungar, em artigos de jornal, como é saturante passar um mês inteiro nas longas filas de trânsito e de veraneantes nas rotas algarvias.

É bom anotar este facto para responder aos próximos moralistas de serviço asssim que vier a propósito. Sobretudo aos que se preparam para regressar às pantalhas só em Setembro, devidamente bronzeados, como se tivessem descoberto a pólvora nas falésias de Albufeira e na marina de Vilamoura. Só me interrogo como conseguiremos viver cinco intermináveis semanas sem o juízo implacável destas fulgurantes luminárias.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Elias a 31.07.2011 às 23:34

Claro que há também que distinguir entre aqueles que vão de férias e aqueles que fazem pela vidinha.
Sem imagem de perfil

De Carlos II a 31.07.2011 às 23:51

É verdade! Eu vou sentir muitas saudades dessa gente. Com a posse do actual governo, perguntei a mim mesmo se para evitar esses ases da palavra não seria melhor ver o canal Panda. Assim tenho feito. Bom, abro uma excepção para ouvir o J. Pereira Coutinho.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 01.08.2011 às 00:30

Com efeito, é bom que vão a banhos, porque já cheira mal só de aturar as mesmas luminárias o ano inteiro.
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 01.08.2011 às 09:16

Com franqueza, começo a ficar sem paciência para um montão de "alfaiates" que andam para aí a "papiá baboseira" (o patuá é mesmo o melhor nesta circunstância).
Fazem os todo o tipo de fatinhos à medida do cliente de ocasião.
E são muito bem pagos por isso.
Entre juristas (?) e jornalistas (?), há para aí uma classe de "alfaiates" que não passa de moda.
Porque se esforça em acompanhar ciosamente quem melhor paga.
Acredito que precisem de férias que isto de vender a alma ao diabo deve ser um trabalho muito cansativo.
Um abraço
Sem imagem de perfil

De Francisco Castelo Branco a 01.08.2011 às 10:55

era uma oportunidade para este luminários ficarem em casa de vez e dar espaço a pessoas mais novas, competentes e com visões mais abertas

a blogosfera tem muitas pessoas competentes e já cansa ver sempre as mesmas caras

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D