Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A minha vizinha terá um cão?

por Pedro Correia, em 18.03.09

 

Por uns dias, impus a mim próprio uma cura de jornais e de televisão: nada de actualidade informativa, com o seu cortejo de aberrações e desgraças de todo o tipo. Mas numa viagem do Algarve a Lisboa chega-me por acaso às mãos uma revista, igual a tantas outras que se publicam por aí. Chama-se Saber Viver, é mensal, já vai no número 103. Em foco na capa, uma fita métrica. “A dieta mais simples – Perca, num mês, os quilos que ganhou no Natal, seguindo a nossa ajuda”, garante a manchete desta Saber Viver, propondo ainda esta ‘oferta’: “Workshops de gestão de peso” (seja lá o que isto for) e “avaliação de composição corporal e metabolismo”.

Tudo isto só na capa. Folheio então a revista. Publicidade e mais publicidade: quem disse que há crise no sector? “Enfrenta a idade com beleza”: “um creme reestruturante” com “proteínas de soja”. “Não há tempo a perder na renovação da sua pele”: um “programa de emergência para pele sem vitalidade”. “Uma revolução luminosa no tratamento anti-rugas”: “efeito alisante visível num mês, eficaz em 100% dos casos”; “Pele mais jovem em apenas quatro semanas”: “seis milhões de mulheres já experimentaram”; “Tecnologia anti-idade”: um “hidratante redutor de linhas e rugas”.
 
Um actor, chamado Pêpê Rapazote (raio de nome), dá conselhos de cosmética: “Aplico diariamente um creme do contorno de olhos, devido aos papos e olheiras que se têm vindo a acentuar com a idade. Vou alternando entre os anti-olheiras…” (e despeja o nome das marcas).
Um “biomédico” com cara de adolescente, membro da “World Society of Anti-Aging Medicine”, escreve sobre “intolerâncias alimentares”: “Hipócrates e Lucrécio realizaram os primeiros estudos sobre sensibilidade alimentar há 2400 anos, quando observaram as reacções das pessoas ao comerem queijo. Geralmente, os sintomas mais comuns de sensibilidade aos alimentos são gases, cólicas intestinais, diarreia e obstipação.” Adverte: “Manter uma reposição prebiótica fará toda a diferença!”
Recomenda-se a leitura de outra revista, chamada Ultimate, que tem este título garrafal: “Jovem para sempre? Os segredos da medicina anti-envelhecimento”.
Na secção dos livros, sugerem-se as seguintes obras: 222 perguntas e respostas para emagrecer e manter o peso de uma forma equilibrada; O poder infinito da sua mente e Nem as mulheres são tão complicadas nem os homens são tão simples.
No editorial, a directora, uma rapariga morena, muito bonita, ensina-nos que “existem pontos de viragem em que percebemos que temos de ‘alimentar’ a vida”.
 
Seguem-se oito páginas com dicas para perder peso. Anotei algumas: “Faça as suas compras de supermercado por ordem alfabética”; “faça seis a sete refeições diárias”(!); e “ofereça-se para passear o cão da sua vizinha durante o fim de semana.”
Fechei esta edição da Saber Viver reconfortado, com vontade de “alimentar a vida”. Vou encomendar já um creme de contorno de olhos para “retardar o envelhecimento”. E comprar O poder infinito da sua mente. E pôr de lado o queijo. E perguntar à minha vizinha se não tem um cão que eu possa levar a passear.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Once a 18.03.2009 às 13:23

(já me ri) :) e se o cão for dos da figura prepara-te que são teimosos até ..!

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 17:11

Eu sei, Once. Têm um ar irresistível mas são tão casmurros...
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 18.03.2009 às 13:31

Há uns anos escrevi um grande dossier numa revista de consumo, sobre produtos de emagrecimento, onde salientava a leviandade com que as revistas femininas publicitavam as curas de emagrecimento.
Felizmente, o código de publicidade viria, algum tempo mais tarde, a impor alguma disciplina nesta matéria, mas lembro-me de uma revista Maria que me ficou na memória para sempre.
A responsável pelo "consultório" esclarecia uma leitora ( ai meu Deus, que eu vou ser expulso deste blog!) que engolir o esperma do homem, além de nutritivo, ajudava a emagrecer! JURO que é verdade!
Bem, no "dossier" que escrevi - e que apesar destas citações me valeu um prémio de jornalismo- também se falava de enzimas glutonas e outras dieta à La Carte que- se os meus companheiros de blog não virem nisso inconveniente- um dia destes começarei a trazer a este delituoso espaço.
Agora saio de fininho e com as orelhas a arder...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 18.03.2009 às 14:07

A Maria? Também me lembro dela e da dieta recomendada. Mas não era uma revista...
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 18.03.2009 às 17:35

Mas isto foi mesmo na revista Maria, João!
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 18.03.2009 às 14:06

O que nenhuma revista diz é onde fica a "Fonte da Juventude"!
Vamos passeando o cão...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 22:30

O tal Pepê Rapazote deve ter umas olheiras deste tamanho, Virgínia, para sentir necessidade de pôr aqueles cremes todos. Fiquei preocupado com o rapaz.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 18.03.2009 às 14:10

Não há pachorra para tanta saúde e bem-estar. Foi o tema da minha crónica semanal no PNETMulher.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 17:12

Não há mesmo pachorra para tantas soluções 'milagrosas' que nos prometem a eterna juventude, Leonor. E abundam as publicações que fazem disto negócio. Nem eu fazia ideia disto.
Sem imagem de perfil

De Carlos Dias Ferreira a 18.03.2009 às 14:46

Caro Pedro:

Vou ser malandreco amigo, vais querer passear o cão ou a vizinha?
É que experimentando as duas pelo menos ficas a saber com qual emagreces mais, topas?
É uma brincadeira não leves a mal porque como isto está se não tivermos algum humor nada feito e devemos aproveitar não vá o engº e os seus "iluminados" criarem um imposto para quem tenha sentido de humor.
Um forte abraço e segue á risca a sugestão da revista.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 22:28

A vizinha é uma velhota, Carlos. Viúva e sem cheta.
Sem imagem de perfil

De João André a 18.03.2009 às 16:20

Pedro, o ideal é combinar isso. Ir fazer as compras por ordem alfabética com o cão da vizinha enquanto se fazem seis ou sete refeições diárias comendo os produtos anti-envelhecimento uns atrás dos outros.

Garanto que isto provoca perda de peso e pára o envelhecimento...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 22:29

Essa de fazer compras por odem alfabética ainda não entendi bem, meu caro. Vou ter de meter explicador(a). Ou então esperar pela próxima edição da revista a ver se explicam um bocadinho melhor.
Sem imagem de perfil

De João André a 19.03.2009 às 07:44

Acho que o que eles querem dizer é que se se for fazer compras por odem alfabética em vez de seguir a ordem do super/hipermercado, então anda-se muito mais para a frente e para trás (em busca das prateleiras que se desejam) e acabam-se por se gastar mais calorias nas compras.

Eu prefiro o desporto ou, no mínimo, uma boa caminhada, mas cada um sabe de si...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.03.2009 às 11:09

Pois, João André, essa de fazer 'footing' num hipermercado cheira-me antes é a um aumento de calorias... de consumo.
Sem imagem de perfil

De João André a 19.03.2009 às 12:21

Pedro, mas por isso mesmo é que eu proponho a combinação de todas as actividades. Especialmente a de comer os produtos anti-envelhecimento. Garanto que depois disso não se ganha muito peso...
Sem imagem de perfil

De Blondewithaphd a 18.03.2009 às 16:49

É para que vejam ao que uma tipa se tem de sujeitar para ser moderna!!!! E é para que vejam a qualidade superior das revistas dirigidas principalmente a um público feminino (eu cá não só uso o raio do creme contorno dos olhos como um sérum alisante, um creme efeito lifting e mais uma parafernália - tão estúpida como eu - de cremes para nem sei bem o quê, ah, e tenho um cão que não se deixa passear!). É triste!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 22:22

Dê a revista a ler ao cão, talvez depois disso ele se convença a passear.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 18.03.2009 às 18:06

Se a vizinha te emprestar o cão não te esqueças Pedro dos sacos para os cocós. Ess parte, quanto a mim, é a mais difícil do programa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 22:20

Já falei com a vizinha - e ela não tem cão. Só um periquito. E agora o que hei-de fazer?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 18.03.2009 às 22:56

Grelhar o periquito e comê-lo, dividido em sete refeições. Garanto-lhe que não engorda, Pedro! :-)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.03.2009 às 23:00

Acho que a vizinha não iria gostar muito disso, Ana. A solução mesmo é passear o periquito. Espero que a gaiola não pese muito.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D