Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Convidado: NUNO POMBO

Pedro Correia, 22.02.11

 

Lipoaspiração parlamentar

 

Custa-me admitir mas concordo com o ministro Lacão. Temos de reduzir o número de deputados. Mas essa redução, ainda que recomendada por razões orçamentais, impõe-se sobretudo pela necessidade de cultivarmos a higiene parlamentar e a boa forma da nossa intervenção política. É que a nossa democracia é uma obesa balzaquiana. Não há dietas que resistam. É preciso também esforço físico. Ginásio. E, ainda assim, há sempre umas teimosas gordurinhas que teimam em barricar-se onde menos falta fazem. Percebo, por isso, que o entusiasmo do PS pela ideia seja nenhum. Porque estas adiposidades estão justamente alojadas no centrão. Não estão nem na cabeça (CDS) nem nos pés (BE). Estão na zona abdominal (PSD) e no rabo (PS). Por isso, para atalhar, o melhor é mesmo fazer uso do bisturi. E a reforma da lei eleitoral poderia justamente promover essa muito recomendável lipoaspiração parlamentar. Enquanto isso não sucede, lá temos de ler no jornal oficial que os deputados da Assembleia da República, no dia 21 de Janeiro, se entretiveram a recomendar ao governo que regulasse o exercício da profissão de podologista. Ao menos esses podologistas nos dessem uns pés de jeito. Estes, infelizmente, não servem para nada!

 

Nuno Pombo

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    José Moura pereira 22.02.2011

    Peço desculpa, sem falsa ingenuidade, a palavra acima era mesmo para ser "medrosos"? Não há troca alguma de letrinha? Ou cada um leia como lhe aprouver?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.