Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A fina flor do comentário político

por Pedro Correia, em 25.01.11

Clara Ferreira Alves: «Mário Soares teria sido um óptimo Presidente.»

Daniel Oliveira: «Manuel Alegre fez uma boa campanha eleitoral.»

Clara Ferreira Alves: «Fernando Nobre para o Haiti, já!»

Daniel Oliveira: «Defensor Moura fez uma excelente campanha.»

 

Eixo do Mal, SIC Notícias, entre as 2 e as 3 da manhã de 24 de Janeiro

Tags:


24 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.01.2011 às 01:25

Ainda bem que não foste exaustivo. Era um nunca-mais-acabar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.01.2011 às 02:15

Gostei muito de alguns pensamentos profundos expressos nesta emissão, do género: Lopes, com 7%, teve um bom resultado; Nobre, com o dobro disso, foi medíocre, uma desilusão.
La crème de la crème, vraiment...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.01.2011 às 02:30

Será que ainda lhes pagam por cima?
Sem imagem de perfil

De Isabel a 25.01.2011 às 10:53

é sempre a minha dúvida escandalizada.
Sem imagem de perfil

De helena marques a 25.01.2011 às 05:43

Está a ser acusado de delito de opinião.
Imagem de perfil

De Perplexo a 25.01.2011 às 01:56

Se não gostam, porque é que vêem?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.01.2011 às 02:12

A pergunta é boa, mas de muito fácil resposta no meu caso. Há pelo menos dois intervenientes neste programa que eu costumo gostar de ouvir.
Sem imagem de perfil

De espumante a 25.01.2011 às 15:25

Eu tenho o mesmo problema, meu caro Pedro. Também tenho dois participantes que gosto de ouvir. Só me enerva quando acho que eles deveriam dizer qualquer coisa em «momentos» como este e ficam calados. Embora sorriam complacentemente :)))

NR
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.01.2011 às 02:30

Fico perplexo. Se não vir, como posso ter opinião?
Sem imagem de perfil

De helena marques a 25.01.2011 às 05:41

Este vosso leitor é mais um dos que só gosta de ouvir os que estão de acordo com ele.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.01.2011 às 17:56

Se calhar é.
Sem imagem de perfil

De a.marques a 25.01.2011 às 08:58

Ninguém compra sapatos sem experimentar primeiro.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.01.2011 às 17:57

Também me parece.
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 25.01.2011 às 08:07

A altas horas da madrugada o que é que se pode esperar Pedro??
Sem imagem de perfil

De Desconhecido Alfacinha a 25.01.2011 às 08:42

Meu caro,

Excelente titulo, excelente e oportuno Post.

Forte abraço do lado de lá da Avenida,
Sem imagem de perfil

De a.marques a 25.01.2011 às 08:54

Nota máxima para Clara Ferreira Alves. Deve perguntar-se á Senhora se costuma utilizar tal tabuada para contas eleitorais, ou se anda á experiência e vai mesmo aplicar retroactivos. Lamenta-se aquela manipulação fanaticamente grosseira que converte a percentagem de Cavaco em rebuscados 24%. Cadê os outros? A grande abstenção calhou a todos e em 1º lugar aos 5 atribulados mosqueteiros. Arrastam-se e chiam em sinfonia de falta de sabão macaco e lanterna sem pitroil . Lamenta-se que boa parte dos capinadores cá da praça tenham assistido deleitadamente cúmplices a encarniçado e indecoroso esbracejar, e queiram agora subir aos píncaros da decência apontando o dedo acusador ao discurso incomodativo do eleito. Se quer engrossar o desfile da moda então o EIXO que faça agulha.
Sem imagem de perfil

De Carlos Faria a 25.01.2011 às 09:31

Parte dessas declarações compreende-se... devem-se ao adiantado da hora! :) nunca fruto daquelas mentes brilhantes ;)
Sem imagem de perfil

De Pedro Ulrich a 25.01.2011 às 12:00

Mais espantado fiquei com algumas das atordoadas da Clara Ferreira Alves. Raramente concordo com ela mas costumo apreciar os seus ângulos de abordagem aos assuntos.
Agora, pergunto-me, como é que uma pessoa pode ser tão intelectualmente desonesta para fazer as ariteméticas eleitorais que a senhora fez, e culminar dizendo que 75% dos portugueses não queriam Cavaco na Presidência?
Estes "pensadores" não percebem que é, também por causa desta sobranceria intelectualizante de esquerda, personalizada em Alegre, que os resultados foram o que foram?
No meio de tanta análise que foi feita, quase que parece irrelevante um dado muito simples: dos que foram votar, 52,9% escolheram Cavaco. E ignorar, como tem acontecido, este facto, o mais importante numa eleição, é uma tremenda falta de respeito, quer pelos eleitores que se deslocaram às urnas, quer por quem, na realidade, votou nele. Ou a Democracia só é "o pior dos sistemas, com excepção de todos os outros" quando convém aos "pensadores" da Democracia?
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 25.01.2011 às 15:36

Esse espectaculo grotesco que dá pelo nome de "Eixo do Mal" que passa na SICn, é apenas a maior densidade de imbecis por metro quadrado em Portugal.
Sem imagem de perfil

De Textículos a 25.01.2011 às 17:14

Estão a levar a sério um programa que é de brincar, aquilo é o equivalente aos "Malucos do riso" em formato de comentário político.
Sem imagem de perfil

De Sammy, o paquete a 25.01.2011 às 17:49

Pode-se mudar de cor de cabelo “n” vezes. Há quem diga que ajuda o ego quotidiano. Clara Ferreira Alves segue à risca o conselho. Alguém devia dizer-lhe que, mais importante que o cabelo, é a cabeça.
Talvez a (dês)propósito:

“Nunca foi tão visível o empobrecimento intelectual do jornalismo e da política. O jornalismo tem de fazer as perguntas que ninguém faz e obter as respostas a que o público tem direito. Chegaram à profissão carregamentos de jovens sem preparação, mão de obra barata que exerce a profissão com a leviandade e a ignorância dos maus alunos. Existem colunistas e comentadores de cueiros, ligados a partidos e presumindo de independentes, existem estagiários a cobrir acontecimentos históricos, existem editores que não editam, existem prioridades invertidas.”

Clara Ferreira Alves, “Pluma Caprichosa”, 15 de Janeiro
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.01.2011 às 19:12

Essa edição do 'Expresso' ficará para a história do jornalismo português por motivos que já aqui referi.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D