Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Idosa, excluída e morta

por Fernando Sousa, em 16.01.11

"Uma mulher idosa "bastante debilitada" entrou no Centro de Acolhimento de Xabregas numa sexta-feira à tarde para lá ficar o fim-de-semana. Dormiu e, no dia seguinte, não entregou a chave do cadeado do armário como obriga o regulamento. Nessa noite, não foi autorizada a entrar e "dormiu à porta". "Foi encontrada morta. O INEM já nada pôde fazer." (Diário de Notícias)

 

Um Presidente dito de todos os portugueses e com ambições a continuar no cargo devia perguntar ao Governo, já hoje, o que aconteceu no Centro de Acolhimento de Xabregas, questão que deveria interessar igualmente qualquer dos concorrentes às eleições do dia 23. Um Governo dito socialista e partidário da inclusão social não devia esperar sequer que alguém lhe perguntasse para explicar o que se passou. Uma Justiça à altura das suas obrigações não deveria esperar nem por um nem por outro.


11 comentários

Imagem de perfil

De Leonor Barros a 16.01.2011 às 17:44

Subscrevo inteiramente, Fernando.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 16.01.2011 às 18:00

Sei que sim, Leonor. Tenho-te lido. Esta história atinge-me - atinge-nos a todos.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 16.01.2011 às 19:47

E quantas mais não haverá assim, Fernando. Angustiante.
Sem imagem de perfil

De a.marques a 16.01.2011 às 18:15

Ou quando de uma chave esquecida, nunca se sabendo se no bolso de um funcionário, é feita veículo cego para uma condenação á morte.
Sem imagem de perfil

De Ana Cleto a 16.01.2011 às 18:41

Acho que o alegre pretendente a vetador-mór de tudo quanto belisque o seu "Estado social" deveria ser o primeiro a fazer essa pergunta ao Governo. Ou não?
Sem imagem de perfil

De macarvalho a 16.01.2011 às 19:07

Não deveria esperar nem um segundo, sequer.
Chegamos a um estado indescritível, sinto vergonha do local onde vivo, que é capaz de nomear comissões para estudar casos e não sabe nunca agir na hora.
Sem imagem de perfil

De Javali a 16.01.2011 às 20:22

Que vergonha.

Imagem de perfil

De João Carvalho a 16.01.2011 às 21:53

Assino por baixo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.01.2011 às 23:49

Excelente apontamento, Fernando. Em poucas linhas disseste tudo.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 17.01.2011 às 00:51

Obrigado, Pedro. Passou-se debaixo do meu nariz. Vamos a ver se isto não passa despercebido no meio da histeria presidencial.
Sem imagem de perfil

De als a 17.01.2011 às 01:29

Provavelmente Cavaco Silva, à semelhança do que fez com aquela desgraçada que dele se abeirou a dar conta da sua desdita e que recebeu como conselho ir pedir esmola a uma dessas organizações de caridade privadas, terá aconselhado os familiares a dirigirem-se a um cangalheiro.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D