Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mutatis mutandis...

por João Carvalho, em 05.10.10

... onde é que eu já vi isto?

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De artur mendes a 05.10.2010 às 12:41

Onde é que vimos isto...

(...) Quando ninguém precisa da cooperação da sua força chamam-lhe ZÉ POVINHO, figurando-o com uma albarda às costas e é o lobo manso de quem todos mofam. Quando aos filósofos em desinteligência convém açulá-lo, chamam-lhe o POVO SOBERANO, omnipotente e absuluto.
Por sua parte ele acha-se no seio da civilização que o explora como touro em tarde de corrida no meio do redondel. (...) Como o boi puro o povo não se desilude nunca, nunca se desengana na lide. Um dos seus lidadores, num desses comícios suburbanos a que o povo fielmente concorreu em quase todos os domingos de propraganda revolucionária(...) Pôs-lhe diante este argumento aritmético e demonstrativo da fome da nação originada do escândalo da lista civil no orçamento geral do Estado. O orador somou, parcela por parcela, o que recebiam o rei e demais pessoas da família real; dividiu o total em reis por 80, e demonstrou pelo quociente que cerca de quatrocentoas mil famílias receberiam de graça dois pães de pataco desde o dia imediato ao do advento da República, o que se distribuisse pelo povo o que devorava na monarquia. Outro retórico em outro comício, explicou, por meio de processo igualmente matemático, que o custeio de cada cavalo de luxo nas reais cavalariças importava em tanto como o sustento de quatro famílias.
Ora, sucede que, abolida a Monarquia, e achando-nos nós no mês 5 do ano I da República, nenhum pão de pataco dos oitocentos mil que engeria o rei, foi por enquanto distribuido ao povo, e que o mesmo povo, outra vez transferdo de "Povo Soberano" a Zé Povinho" (...)

Ramalho Ortigão
In Farpas Fevereiro 1911
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.10.2010 às 14:00

Fez bem em trazer aqui o Ramalho, que anda há anos inexplicavelmente arredado. Ainda por cima, é o mais 'queirosiano' dos 'queirosianos' sempre actuais.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D