Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hoje também cito Marx

por Pedro Correia, em 26.02.09

 

"A aplicação prática do direito do homem à liberdade é o direito do homem à propriedade privada."

Karl Marx, A Questão Judaica (1843)

 

A propósito de Marx voltar a estar na moda, ou talvez não, vale a pena lembrar este texto de Osvaldo Manuel Silvestre, compreensivelmente espantado com a falta de fé dos responsáveis da Editorial Avante! nas potencialidades deste mercado: o tomo I das Obras Escolhidas de Marx e Engels teve uma recente edição de... 750 exemplares.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 26.02.2009 às 13:30

Já não sei se acredito na citação...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.02.2009 às 13:33

Ligações feitas à fonte, para leitores bilingues, João.
Abraço
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 26.02.2009 às 14:04

Nunca fiando, Pedro, nunca fiando! Há fontes e fontes...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.02.2009 às 14:55

Pois, Carlos. Há por aí fontes muito inquinadas...
Abraço
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 26.02.2009 às 15:49

Hum... 750 exemplares... Seria edição de autor ?
Sem imagem de perfil

De Paulo Quintela a 26.02.2009 às 15:56

Marx foi um filósofo senhores, não fez a revolução soviética nem foi pai de Josef Stalin, morre em 1883 em Londres e não em Moscovo. O marxismo revivalista funda-se, nestes dias, na profunda crise que este sistema vive. É um filósofo datado, a 'ciência' económica evoluiu bastante desde os meados do sec. 19, evoluiu como evoluíram as sociedades. Para esta evolução contribuíram vários factores, incluindo a visão marxista das sociedades, sem esta visão, e por contraditório que possa parecer, o proletariado não teria 'evoluído' para o que é hoje a classe média, o 'verdadeiro' proletariado do sec 21. Quanto ao resto, o revivalismo marxista não passa de folclore, o mundo é já outro e os desmandos da praxis inviabilizam qualquer valor a este revivalismo. Fez uma época, desempenhou o seu papel e extinguiu-se quer como modelo quer como inspiração. Nada disto invalida o papel que os marxistas tiveram nas sociedades ocidentais, por contraditório que pareça, no desenvolvimento das liberdades individuais e no desabrochar das classes médias.
Discutimos muito os personagens, ele é Marx, ele é Sócrates, Mla Ferr Leite ou Obama, continuamos Sebastianistas, pouco ligados às ideias e aos mecanismos mas sempre prontos a fulanizar as questões.
Sem imagem de perfil

De joão Carreira a 26.02.2009 às 16:05

Caso me convenci que estava a ouvir o Tio Francisco van Zeller...

Com estima e admiração,


João
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.02.2009 às 02:05

Obrigado, João. Um abraço ai para a Serra.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D