Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Picuinhices

Ana Margarida Craveiro, 22.09.10

Que o primeiro-ministro não me é propriamente simpático, já toda a gente sabe. Mas confesso que a nossa relação piora quando o oiço dirigir-se a jornalistas. No jornal da hora de almoço de hoje, na SIC, Bernardo Ferrão não lhe fez a vida fácil: as perguntas complicadas sucederam-se, como se espera de um jornalismo que vigia o poder. Em resposta, José Sócrates soltou um dos seus habituais "você queria era isto, você veio com a perguntinha, mas você queria era perguntar", etc. Foi toda uma sucessão de você para aqui, você para ali, numa sucessão de más-criações em ritmo acelerado. Sempre fui ensinada de que não se tratam as pessoas por você, muito menos quem não tem qualquer intimidade connosco. O senhor, a senhora, com o devido respeito. Claro que José Sócrates não está propriamente sozinho neste (des)tratamento; o que é triste é que parece ser uma tendência em crescimento.

Nada disto é muito importante, mas é também por aqui que nos perdemos. Nos vocês cuspidos sobre quem nos interpela.

27 comentários

Comentar post