Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Outro profeta da nossa terra.

por Luís Menezes Leitão, em 01.05.14

«Nós, na próxima semana, iremos comunicar essas medidas. Não são medidas que incidam em matéria de impostos, salários ou pensões. Creio que já esclareci bem essa matéria e não creio, sinceramente, que devemos estar todos os dias a criar uma notícia em volta dessa matéria».

Pedro Passos Coelho, 12 de Abril de 2014

Leituras

por Pedro Correia, em 01.05.14

 

«Logo que rebenta a guerra [I Guerra Mundial], os políticos portugueses aproveitam imediatamente a situação para ensaiarem uma aproximação à Inglaterra, entrando no conflito. A ideia dos republicanos é desviar as atenções das suas falhas de governação, garantindo a sua permanência no poder. Mas os britânicos, monárquicos convictos, olham com desconfiança para a jovem república, imposta por meio de um regicídio, e ignoram as iniciativas diplomáticas lusitanas para a entrada na guerra. (...) O Governo de Bernardino Machado decreta, a 18 de Agosto de 1914, o envio de dois destacamentos para as grandes colónias africanas de modo a garantir a sua segurança. (...) Assim, a 11 de Setembro, saem de Portugal as duas forças expedicionárias, uma para Moçambique e outra para Angola, esta última comandada por um veterano da guerra colonial de Angola, o tenente-coronel Alves Roçadas.»

Rui Natário, As Grandes Batalhas da História de Portugal (1914), pp. 370-71

Ed. Marcador, 2013

estudar

por Patrícia Reis, em 01.05.14

É o nono ano. A gramática? Não é nada parecida com o que estudei e os nomes? É para esquecer. Mais vale dizer que "bacia" também pode ser "anca" e "penico" e depois o miúdo lá entende que é uma qualquer coisa acabada em "minia" ou assim.

Não há nada mais frustrante do que ter de empinar a gramática sem a entender verdadeiramente e depois ver como faz bilharetes na interpretação, na composição, na riqueza de vocabulário. No fim, diz

 

Bom, pode ser que me safe se for sobre os Lusíadas ou sobre o Alto da Barca do Inferno.

 

E depois acrescenta

 

Ainda bem que o Vasco Graça Moura escreveu o livro a explicar os Lusíadas. É pena que já tenha morrido, se fizesse um livro sobre a gramática podia ser que fosse mais fácil.

 

De resto? O costume. O professor que manda para a rua, a professora que considera um determinado comentário insolente. E eu a desvalorizar, a dizer que os professores têm os seus dias e tal, sempre a defender, e o mundo não é justo e as pessoas não são máquinas, blá, blá, blá. Seja. Remate final

 

O pior é quando nos perguntam se queremos ser expulsos.

 

Como? Sem comentários.

Lembrando Ayrton Senna

por Pedro Correia, em 01.05.14

 

Vinte anos depois da tragédia de Imola.

(lembrando também o João Carvalho e o Jorge Assunção, que aqui escreveram sobre o malogrado piloto brasileiro)

Mais 10 jornalistas de Abril (1)

por Pedro Correia, em 01.05.14

 

Adelino Gomes


* Pedro, não resisti à tentação de adaptar o teu excelente título.

Sugestão: um livro por dia

por Pedro Correia, em 01.05.14

 

Uma Voz na Revolução, de Francisco de Sousa Tavares

Selecção de textos e introdução de Miguel Sousa Tavares

Prefácios de António Barreto e Mário Soares

Reflexões políticas

(edição Clube do Autor, 2014)

"A presente edição não segue as regras do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990"

Tags:

As canções do século (1582)

por Pedro Correia, em 01.05.14

Pág. 15/15



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D