Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




À att. de D. José Saraiva Martins

por Cristina Ferreira de Almeida, em 18.02.09

Julgo que o facto de se achar que a homossexualidade "não é normal" não implica que se conclua que um homossexual não tem capacidade para "providenciar a formação das crianças".

Veja-se o caso dos padres: ninguém pode achar "normal" que um ser humano adulto e livre faça votos de celibato e abstinência. "Normal" não é de certezinha. E, no entanto, entregamos com gosto a educação dos nossos filhos a essas pessoas. Fazemos mal?

Autoria e outros dados (tags, etc)


19 comentários

Imagem de perfil

De salvoconduto a 18.02.2009 às 22:32

Seguindo o mesmo raciocínio de D. José acho que sim, anda por lá muito pedófilo...Será normal?
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 18.02.2009 às 22:42

Não é, de certeza. Eu própria hoje acordei com um ataque de anormalidade...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.02.2009 às 22:39

Olá, Cristina. Os cardeais deviam perder esta mania que têm agora de irem falar com a Fátima Campos Ferreira ao casino da Figueira da Foz. Quando lá vão, produzem declarações muito pouco ou nada «católicas».
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 18.02.2009 às 22:40

De facto, Pedro, não deixa de ser irónica a forma como todos tropeçam em Fátima...
Sem imagem de perfil

De João a 18.02.2009 às 22:54

Mas ainda há quem confie os filhos a essas pessoas??
Imagem de perfil

De João Carvalho a 18.02.2009 às 23:23

Claro que há, não é? Não tomemos a parte pelo todo. A Igreja ainda é a instituição que mais desenvolve acção social de indiscutível mérito nas mais diversas áreas, sobrepondo-se amplamente às próprias obrigações do Estado.
O resto, aquilo que é profundamente lamentável e condenável a todos os títulos e que nunca devia existir, não deixa de ser a parte menor, certo?
Sem imagem de perfil

De João a 19.02.2009 às 00:13

Mas eu nem falava por essa "parte menor" dos padres depravados, pedófilos e afins. Isso também se encontra nas escolas laicas, públicas ou privadas.
Falava por causa da mentalidade retrógrada que têm e dos "valores" que incutem nas crianças!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 19.02.2009 às 00:19

Certo, meu caro. Os valores, quando o são, nunca fizeram mal a ninguém. Já quanto a mentalidades, também não podemos fingir que não vemos tudo e ficar a olhar só para o que nos convém num dado momento. O Estado demite-se de muitas obrigações sociais e a Igreja substitui-o com mérito e indesmentível vantagem (e sem olhar a credos). Sem embargo do que diz e sem o contrariar, quis apenas lembrar que há mais árvores na floresta. Apenas isso.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 18.02.2009 às 23:30

Claro que sim. O ensino é barato e cheio de boas intenções. Em alguns casos é até bom. Não podemos desperdiçar isso.
Sem imagem de perfil

De Olho de Lince a 18.02.2009 às 23:15

Interessante reflexão. Se não se importar, vou "roubar-lhe" uma das ideias aqui expressas para o meu blog; isto com a devido link para aqui.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 18.02.2009 às 23:41

Os cardeais deviam abster-se de falar daquilo que (aparentemente) não sabem. Anormal, na posição da Igreja é, quanto a mim, este amor de perdição pela Figueira da Foz. Será que andam atrás de um jackpot, ou o facto de a Campos Ferreira lá estar ser uma óptima câmara de eco?
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 18.02.2009 às 23:52

Lá terão as suas razões. Não é certamente por acaso que a igreja católica conta com dois mil anos de existência. Quero eu dizer, andam cá há muito tempo...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 19.02.2009 às 00:11

Depois voltem a dizer que a Igreja não põe os pés na terra. Bem... na terra talvez não... mas em lugares de perdição tipo casinos... Andarão a tentar a sorte para recriar o Banco Ambrosiano? Com a banca mundana em crise, nunca se sabe.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2009 às 00:38

E as freiras? Ninguém fala das freiras?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 19.02.2009 às 00:47

Quais? Freira de Carcavelos? Freira da Ladra? A ASAE anda de olho nelas...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2009 às 00:52

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 19.02.2009 às 00:57

Tem toda a razão. E o Sapo tem estado com a navegação difícil. Não sei se será por isso.
Sem imagem de perfil

De Sónia Pessoa a 19.02.2009 às 14:23

Bela forma de expôr a questão... obrigada. Quando falo sobre este assunto fico com a sensação de que falo para cegos e surdos. Abraço
Sem imagem de perfil

De Luis Reis Figueira a 22.02.2009 às 00:55

Na verdade, penso que este vício das frequentes idas ao Casino, não se está a revelar lá muito bom.
E em vez de fazerem o desejado "pleno", estes senhores estão a arriscar-se cada vez mais a levar um tiro pela culatra da roleta, mas da "Roleta Russa", está claro...

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D