Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nós merecemos melhor

por Pedro Correia, em 29.05.10

"A eleição de Cavaco Silva não foi uma batalha de valores", disse esta noite um comentador alinhado com o Presidente da República num programa de televisão, procurando justificar o injustificável. Sem perceber, este comentador só dá razão a quantos criticam a leitura minimalista dos poderes presidenciais que tem sido feita por Cavaco desde que chegou a Belém: vale a pena eleger um Presidente da República por sufrágio universal se esse escrutínio não resultar de "uma batalha de valores"? A resposta é obviamente negativa. Mas é escusado levar a novidade à tribo de incondicionais do actual inquilino de Belém. Diga ele o que disser, cale o que calar, omita o que omitir, conceda o que conceder, obtém sempre o aplauso caloroso dos membros desta tribo. Merecem o Presidente que têm. Mas nós, que somos mais, merecemos melhor.


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Barbosa Pinto a 29.05.2010 às 09:22

Eu diria mais, merecemos MUITO MELHOR!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.05.2010 às 21:52

Penso o mesmo. Basta de mal menor.
Sem imagem de perfil

De Pedro Barbosa Pinto a 31.05.2010 às 09:55

Gostava de acreditar que o que se passa é a escolha de um mal menor, caro Pedro.

Porque implicitamente estaria a admitir que ainda temos capacidade para pensar (como povo), e assim, a esperança de um dia poder ouvir o "Grito do Ipiranga" não teria morrido em mim.

Infelizmente parece-me que já chegamos a um estado de bovinidade tal que já nem sequer optamos por um mal menor. Apenas nos deixamos estar, ruminando, com mais ou menos asia, a forragem que nos vão servindo (em louça da Vista Alegre).

Um abraço
Sem imagem de perfil

De 100anos a 29.05.2010 às 17:28

Concordo com o comentador pró-presidente: de facto, tudo visto, conclu-se que "A eleição de Cavaco Silva não foi uma batalha de valores", embora o comentador tropece um bocadinho na língua pátria (a eleição nunca pode ser uma batalha, o debate que a antecede é que pode ser).
Mas o problema está exactamente aí: porque qualquer eleição democrática deve ser a resultante de um debate aprofundado sobre valores.
Além de que, queira-se ou não, Cavaco Silva apresentava-se como o homem capaz de respeitar e fazer respeitar valores como a honradez, o trabalho honesto, a seriedade na política, a preocupação de bem fazer, a elevação de espírito - tudo valores que se podem encontrar nas suas intervenções.
Em qualquer caso há muito que sabemos que Cavaco é parte do problema, não é parte da solução.
Medina Carreira é parte da solução.
Bagão Félix idem.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.05.2010 às 21:56

Como é óbvio, estou de acordo consigo: "qualquer eleição democrática deve ser a resultante de um debate aprofundado sobre valores."
Sem imagem de perfil

De Gi a 30.05.2010 às 20:11

Ainda haverá uma "tribo de incondicionais" de Cavaco Silva, para além da família e amigos pessoais?
Suspeito que ele continua a ser o candidato do PSD não porque gostem dele mas porque apostam na tradição dos portugueses votarem "em quem já conhecem" (aliás já escrevi sobre isto no meu blog).
Mas querer que ele vença por ser da área, quando tem sido um PR completamente irrelevante, parece-me coisa de tontos.
Nada de novo, afinal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.05.2010 às 21:56

Hei-de voltar a escrever sobre este assunto.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D