Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A revelação mística

por Ana Vidal, em 23.05.10

 

Eu sei que chegámos todos ao limite, nervos em franja e bolsos desertos, pela frente um futuro negro a que só Sócrates - esse filósofo da vida cor-de-rosa - parece estar imune.

 

Eu sei que um inverno anormalmente longo, frio e molhado acabou de estoirar-nos as defesas mal habituadas, povo do Sul que somos no mais profundo de uma alma enganada até pela meteorologia, com vulcões explodindo em cinzas, marés de petróleo, tempestades e sismos sortidos. Que se lixe a Europa, de onde só nos vem o peso das responsabilidades, a humilhação das comparações e o bafio de uma História eivada de sangue e musgo, por contraste com o alegre apelo do mar que nos leva para baixo, sempre para baixo, em direcção ao sol e ao mistério dos berços ancestrais que nos embalaram.

 

Eu sei que todo o povo precisa de um ópio qualquer, seja lá ele qual for, para poder aguentar tudo isto e muito mais que nos espera ainda. E que a religião já não basta, nesta era atormentada por todas as dúvidas e todos os escândalos, consciências em ebulição e caminhos que se bifurcam infindavelmente em múltiplos sentidos, como diria o Borges. Não, a religião perdeu a liderança no ranking dos ópios de estimação. Hoje há o futebol, que abraçamos avidamente para nos mantermos entretidos, despertos, vibrantes. Vivos. O que pensaria disto Karl Marx?

 

Mas em tempos de crise profunda todos os ópios são poucos e em Portugal, país de prodígios inesperados, deu-se o milagre da fusão: surgiu um vitorioso Jesus, que parece ter descido directamente dos céus aos relvados. Se não, como se explica um insistente teaser a abrir telejornais, anunciando "O verdadeiro Jesus como você nunca o viu"? Fico curiosa com o que terá a dizer-nos este novo messias nacional, mas logo me dou conta do estado alarmante a que chegou a alienação geral. A principal promessa da "reportagem alargada" não me deixa dúvidas: "Jesus revelará à SIC, em primeira mão, quantas pastilhas elásticas mastiga em cada jogo". Valha-nos Deus.


11 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 23.05.2010 às 14:39

Não te entendo. Tu própria demonstras ter percebido a essência da coisa, quando referes os «caminhos que se bifurcam infindavelmente em múltiplos sentidos», como diria o David Borges...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 24.05.2010 às 01:26

LOL. O David Borges é mais bolos... perdão, golos.
Sem imagem de perfil

De Rogerio Pereira a 23.05.2010 às 19:55

Ana Vidal
Olá, sou o tal
O do mau-feitio e invejoso, lembra-se?

A propósito de ter dito "Hoje há o futebol, que abraçamos avidamente para nos mantermos entretidos, despertos, vibrantes. Vivos. O que pensaria disto Karl Marx"

Quero-lhe dizer que Karl Marx ficaria contrariado e feliz :

- Contrariado pelo facto de o povo português ter alargado a sua toxicodependência , passando de uma a três drogas (os já nossos conhecidos 3Fs ) e nem o facto de a Marisa abrir o RinR em tom roqueiro, retira a importância crescente ao nosso fado;
- Felíz por constactar que continuamos a ser um povo marchista, desfilaremos pela Av da Liberdade com as cores, os arquinhos e balões e as cantigas que nos enchem de alegria a todos nós mouros, mouros mouros e mourinhos...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 24.05.2010 às 01:48

Mau-feitio e invejoso? Desculpe, Rogério, não me lembro disso. Mas se a essas características pouco recomendáveis acrescenta qualidades mediúnicas que lhe permitem falar com Marx e saber o que ele pensa, fico curiosa. Lembre-me lá dessa conversa, ok?

E sabe que mais? Não tenho a certeza de ser assim tão garantido que Marx não gostasse de fado. Já de rock, tenho sérias dúvidas...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 23.05.2010 às 21:45

Excelente, Ana. Andamos muito místicos.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 24.05.2010 às 01:50

Muito, Leonor. E hoje tivemos outra revelação do nosso messias: anunciou que não sabe fazer um ovo estrelado. E eu que pensava que as estrelas eram a especialidade dele...
Sem imagem de perfil

De mike a 24.05.2010 às 01:21

Tdos os povos precisam de um ópio. Não tem é que ser um qualquer, caramba!
(Só as tostas deixaram de ser místicas).
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 24.05.2010 às 02:05

Hummm... se o ópio fosse esverdeado ficavas mais contente, aposto. Mas tens azar... esqueceste que o ópio é feito de papoilas? Saltitantes, no caso.
;-)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2010 às 01:22

Se Deus já foi ministro e Espírito Santo banqueiro, bem fica haver um Jesus treinador. Mas não haverá ninguém que lhe diga que a pastilha não se deve mascar com a boca escancarada, tipo caverna do Ali Babá?
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 26.05.2010 às 12:13

Tens razão, não há quem lhe faça essa caridade cristã. Mas também, quem se atreveria a dar lições a Jesus?
E estás a esquecer-te de que até tivemos um Judas autarca, para completar o elenco bíblico.
:-)

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D