Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Queria um cheque em branco...

por Paulo Gorjão, em 06.03.10

Jorge Lacão tenta vincular o PSD ao Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) e, para o efeito, utiliza como armadilha retórica o facto de o PSD se ter abstido na votação do Orçamento do Estado. Ou seja, uma vez que o PSD se absteve, a partir de agora, pelos vistos, o PSD está comprometido com tudo até ao próximo Orçamento do Estado, como se cada caso e cada decisão não fosse um caso e uma decisão específica.

Note-se bem: tanto quanto se sabe, o Governo elaborou unilateralmente o PEC, não procurou alargar a sua base de sustentação através de negociações e agora tem a suprema lata de querer vincular o PSD a um documento que este desconhece na íntegra. Isto, por acaso, é para levar a sério?


7 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.03.2010 às 21:14

Tão a sério como a condução do PS desde há cinco anos.
Sem imagem de perfil

De R.L. a 06.03.2010 às 22:37

Paulo Gorjão da IPRIS Digest?
Sem imagem de perfil

De R.L. a 07.03.2010 às 03:14

Do IPRIS, sim. Utilizei no feminino por considerar publicação. Recebo todos os dias por e-mail.

Raquel Lacerda
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 07.03.2010 às 03:54

Nem tinha reparado nisso. Referi-me ao IPRIS porque é a instituição e não ao Digest porque é apenas uma das diversas publicações. Nada mais. Mas, claro, aqui não escrevo nessa qualidade. Já agora, em breve lançaremos mais uma ou duas publicações novas... :-)
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 07.03.2010 às 03:58

Já agora, faz parte das mais de 11 mil pessoas que nos têm acompanhado e que recebem as nossas publicações. Por sinal, a esmagadora maioria -- mais de 85% a 90% -- são estrangeiros. Algo que me deixa cheio de orgulho e um sinal -- caso fosse necessário mais um -- que por cá se fazem coisas tão boas ou melhores como lá fora nas mais diversas áreas. Assim haja vontade e recursos.
Sem imagem de perfil

De R.L. a 07.03.2010 às 12:56

Tenho um arquivo no e-mail só com as vossas publicações, sendo que achei muito boa os novos «Boletins da Lusofonia», e ainda melhor se me diz que a maioria dos subscritores são estrangeiros. Os novos view points também me parecem bons. Não tenho tempo para ler tudo, como é óbvio, mar guardo e por vezes procuro por determinado tema. O que me dá muito jeito, não só por estar a terminar o Mestrado, mas também porque comecei a dar aulas na faculdade. Sugestão (e porque me dava imenso jeito): uma recolha do que tem sido escrito acerca do ressurgimento da extrema-direita e possíveis consequências para a democracia.

Um único aspecto menos bom é que por vezes as ligações aos locais originários dos artigos, nem sempre funcionam :(

Parabéns e continuação de um óptimo trabalho.

Raquel Lacerda

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D