Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




31 de Janeiro (2)

por João Carvalho, em 10.02.10

Ainda há poucos dias aqui esteve. É o Porto, carago! A Rua de 31 de Janeiro, agora vista de cima para baixo, em Janeiro de 1914.

Tags:


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Sara a 10.02.2010 às 19:59

Está praticamente igual. Que saudades!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 20:05

É verdade, Sara. Tem resistido. Uma resistência heroica, sabendo nós o estrago que se faz neste País.
Sem imagem de perfil

De Sara a 10.02.2010 às 20:20

Ao mesmo tempo há tantas casas abandonadas e degradadas que precisavam de ser mexidas... Parece que só mexem onde não devem.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 20:44

É outra verdade, sim. Entre os casos mais flagrantes e sem me afastar das coordenadas, estou a lembrar-me da ribeira de Gaia: era um caos e, de repente, sofreu duas transformações completas em poucos anos (fico sempre desconfiado com estes excessos fáceis de realizar com muito dinheiro). Chega a parecer que Gaia está um brinquinho e que só há que inventar intervenções. E Gaia, afinal, continua a ser o que sempre foi: um caos num concelho caótico.
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 10.02.2010 às 20:11

É verdade, tal como diz a Sara, está praticamente igual, só que com já com muitas lojas fechadas, de que é exemplo a bela ourivesaria Reis & Filhos (em 1º plano) com a sua imponente entrada. O "Hilmann de '56" é que está mesmo lá ao fundo da rua, não é?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 20:45

Claro que sim, Luís. Como sabes, o Hillman de 1956 teve muito sucesso porque já estava a ser anunciado desde 1914. Pelo menos. Hehe...
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 10.02.2010 às 22:42

Exactamente. Isto é o que se chama marketing de qualidade, fazer publicidade com 42 anos de antecedência! Se o Paulo Rangel tivesse adoptado esta estratégia, já se teria candidatado a presidente do PSD logo à nascença e a coisa seria outra. Depois queixam-se que não acertam com o líder... Pudera, não fazem as campanhas com a devida antecedência!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 22:52

É evidente. Até Sócrates, se tivesse ensaiado o controlo dos jornalistas logo no berço, já hoje estaria longe e ao abrigo das línguas afiadas. O que seria um descanso para ele. E, sobretudo, para nós.
Sem imagem de perfil

De d.a.i. a 10.02.2010 às 21:42

Olá Luís, praticamente igual... mais ou menos - digo eu, é que para além das lojas fechadas, o pior mesmo é que porta sim, porta não é uma loja de chineses! Um horror, na minha humilde opinião, que não suporto ver a cidade a encher-se de "chinesices" em todo o lado: centro histórico, zonas nobres, etc, etc.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 22:17

Não haverá chineses nobres? Se calhar tens razão...
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 10.02.2010 às 22:56

Não sei se há chineses nobres, mas "históricos" há alguns, pelo menos.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 23:01

Conheci dois. Um chamava-se Imperador e o outro era o Mandarim.
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 10.02.2010 às 22:53

Olá Dai, gosto em ver-te por aqui! Quanto às lojas de "chinocas" acho que tens razão, mas a verdade é que, ainda assim, acho-as preferíveis a lojas fechadas, abandonadas e votadas ao maior desprezo e, por vezes até, à ruína. Esta invasão de 'amarelos' é uma consequência inevitável da globalização que não está confinada apenas à R. 31 de Janeiro. Eles já estão por toda a parte, até na China, vê lá tu!
Um beijo.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 23:03

Amarelos? «Consequência inevitável da globalização»? E eu a pensar que era da vesícula, ou figadeira...
Sem imagem de perfil

De Gabriel Silva a 10.02.2010 às 21:01

que excelente foto,
vou "roubar" para o meu Porto Antigo http://portoantigo.blogspot.com/
Imagem de perfil

De João Carvalho a 10.02.2010 às 22:20

Bem-vindo. Belo blogue o seu, Gabriel.
Sem imagem de perfil

De A. Correia a 26.04.2010 às 11:48

Olá,
Só agora comento este post, pois só hoje tomei conhecimento da existência de tão interessante blogue. Que saudades desta zona. Quando em meados da década de 60 e durante a de 70, ia para a discoteca (loja) Sto. António - onde existiam umas cabines - ouvir discos que selecionava ao balcão, para no final decidir se comprava ou não algum deles. Belos tempos aqueles...
O Porto era e é do carago...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 26.04.2010 às 11:55

É muito bom ouvir essas coisas, carago!
Obrigado e vá aparecendo sempre, caríssimo.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D