Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vidas

por João Carvalho, em 08.01.10

Portugal é o sexto país europeu e o oitavo do mundo a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Não me lembro de termos sido tão lestos desde a abolição da pena de morte.

O fim da pena de morte salvou a vida a grandes criminosos. Espera-se que o casamento homossexual possa salvar alguém de qualquer coisa, já que o resto do país continua sem ilusões de vida.


42 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 08.01.2010 às 17:57

Sócrates disse há pouco às televisões que este era um momento "muito histórico" na nossa democracia. Sem conseguir perceber muito bem onde esteja essa tão grande 'dimensão histórica' que o nosso PM vê na aprovação desta lei pela AR, não deixo contudo de ver que tem havido à volta deste assunto 'muitas histórias' e algumas delas até, bastante mal contadas. Sem estar já a querer falar sobre a oportunidade do agendamento e da grande urgência da aprovação desta lei que, ridículamente, o PM fez questão de apresentar pessoalmente na AR, (quando tem deixado de o fazer em relação a matérias bem mais importantes para o país e para o bem estar dos portugueses), não deixarei, contudo, de aqui expressar a minha total discordância em relação a alguns aspectos desta polémica matéria, nomeadamente e desde logo pela adopção do termo "casamento" em relação a algo que é substancialmente diferente. E tão diferente é que, mesmo sem querermos estar a ser discriminatórios, vemo-nos obrigados usar a expressão 'casamento homossexual' ou 'casamento gay' para o distinguir daquele que até agora e sem recurso a mais explicações ou adereços conhecíamos como 'casamento' puro e simples e que todos sabíamos a que correspondia exactamente. Quem realmente pensar que a sociedade, as mentalidades e a discriminação se mudam por decreto, está por certo muitíssimo enganado, como já alguém - e muito bem - comentou hoje num post anterior em relação a esta mesma matéria.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 08.01.2010 às 18:10

Claro. Dessem-lhe outra designação e não seria preciso dizer «casamento homossexual», que é, já por si, discriminatório. E jamais deixará de o ser, pela necessidade de distinguir duas coisas que serão sempre diferentes.
Talvez por isso é que Sócrates tenha precisado de dizer que se trata de um momento «muito histórico», não vá a História esquecê-lo. Afinal, os acontecimentos são históricos ou não são; não há acontecimentos pouco ou muito históricos. Excepto aqueles que substituem uma discriminação por outra...

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D