Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O cinema e a vida

por Pedro Correia, em 03.02.09

 

Tem-se falado bastante em Penélope Cruz e Scarlett Johansson pela actuação de ambas no filme Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen. Mas o melhor desempenho feminino no filme, de que gostei muito, cabe a Rebecca Hall - a actriz menos cotada. Acontece tantas vezes, no cinema como na vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Margarida Pereira a 03.02.2009 às 12:15

"no cinema como na vida"...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 12:22

Pois, Margarida. No cinema como na vida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.02.2009 às 12:26

Eu acho que o melhor desempenho feminino no filme é mesmo Barcelona.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 03.02.2009 às 12:56

Que saudades dos filmes inconfundíveis de Woody Allen... este ainda não vi, e confesso que não tenho pressa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 13:11

Aposto que gosta deste, Ana.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 03.02.2009 às 13:51

Tenho uma certa preguiça mas hei-de vê-lo, Pedro. Confio nos seus critérios...
Imagem de perfil

De André Couto a 03.02.2009 às 12:59

Rebecca Hall que tem igualmente um desempenho muito simpático em Frost/Nixon, discreto mas com um toque muito peculiar. Sem ser uma mulher bonita consegue dar um toque muito engraçado às personagens que encarna. A acompanhar em desempenhos futuros.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 13:02

De facto, André, Rebecca Hall ilumina alguns momentos do filme 'Frost/Nixon', parecendo-me o único membro do elenco que foi bem escolhido. De resto achei a película decepcionante, com um insuportável 'overacting' do Frank Langella.
Sem imagem de perfil

De jcd a 03.02.2009 às 18:05

Concordo plenamente, Pedro. Aliás até acho que de uma forma pouco explícita mas indesmentível, o filme desenrola-se em função dela e funciona em torno dela.
Joana
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 20:06

É verdade, Joana. Devia admirar-me pelo facto de a crítica ainda não ter sublinhado isso. Ou talvez não deva admirar-me. A 'crítica' nunca foi tão fraquinha como agora. E parece existir praticamente só para dissuadir os espectadores de irem ao cinema.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 03.02.2009 às 18:29

Também gostei muito do filme, mais do que dos dois últimos Allen's, embora a minha projecção tivesse alguns desfoques (espero que fosse da projecção), mas não posso deixar de vir defender aquela que me parece ser a verdadeira estrela do filme, a Scarlett Johanssen. A Rebecca é bonita, naquele género bcbg, e vai bem, mas sinceramente é a dupla Barden-SJ que faz o filme! Nem admito discutir este assunto, por favor!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 20:09

Cristina, julgo que depois do genial 'Match Point', as aparições da Scarlett em filmes do Woody Allen só podem ter menos brilho. Foi o que me pareceu neste. E mesmo nas cenas com a Penélope ela sai a perder. Mas é capaz de ser a minha predilecção por morenas que fala mais alto...
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 03.02.2009 às 18:33

Quanto à Penelope, faz o clássico papel de espanhola à moda de Hollywood mas confesso que não amei.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 20:12

A Penélope desempenha um papel de... espanhola vista por um americano. Estereotipada até à medula. Mas isto até faz sentido no contexto do filme, que tem a ver com a incompreensão congénita entre americanos e europeus. Em tudo, inclusive no amor.
Imagem de perfil

De Cristina Ferreira de Almeida a 03.02.2009 às 22:41

Não gostei assim tanto da Penelope, uma espécie de Frida Khalo sem bigode e demasiado histriónica para meu gosto. Parecia a Sónia Braga. A SJ, por seu lado, torna quase natural aquela loira americana que prefere procurar a encontrar mas não se importa de, pelo caminho, tropeçar em algumas situações menos ortodoxas. Não concordo nada que a Penélope lhe tenha roubado cenas, pelo contrário...
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 03.02.2009 às 18:51

Já o pior desempenho do filme é do Woody Allen...
Sem imagem de perfil

De Pedro Soares Lourenço a 03.02.2009 às 21:00

...sem duvida, também falo disso lá no Arcádia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.02.2009 às 21:09

Pedro, já tentei várias vezes deixar comentários no Arcádia e não consigo. Nem como anónimo (devidamente assinado no fim). Vocês deviam abrir mais a malha, e deixar entrar anónimos. Quem não está no blogspot tem mais dificuldade em comentar. Mas isto só para reiterar que também acho que só a Rebecca (e o Bardem) levantam voo neste filme. Barcelona sabe a pouco. A Scarlett também.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 04.02.2009 às 00:30

E o Woody Allen, quase que aposto, sabe a nada...
(sou uma chata, eu sei, mas desde que ele faz filmes iguais aos dos outros meninos, para mim perdeu toda a graça. A originalidade do WA estava no seu universo: ele próprio, num sofá de psicanalista em NY.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.02.2009 às 00:55

Este filme tem pouco do Woody Allen clássico mas revela uma frescura notável para um realizador de 73 anos e quatro décadas de obras no currículo (completam-se este ano). Tomara muito jovem cineasta ter esta frescura (nos dois sentidos do termo).

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D