Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Confiança

por Pedro Correia, em 02.02.09

Face às últimas notícias (e o mais que está para vir...) sobre os esconsos negócios e as equívocas ligações financeiras de José Sócrates, o Presidente da República mantém a confiança pessoal e política no seu primeiro-ministro (que tão precipitadamente avalizou em público)?
Para além das amizades e das fidelidades pessoais, há a dignidade das instituições...

 

Não, não julguem que deixei de acreditar no princípio da presunção da inocência. Limitei-me a transcrever quase ipsis verbis um postal de Vital Moreira na Causa Nossa, datado de 6 de Dezembro de 2008, com duas ligeiras alterações: onde se lia Dias Loureiro, escrevi José Sócrates; onde se lia conselheiro institucional, escrevi primeiro-ministro. O resto ficou tal e qual.

Saído da mesma pena que nos últimos dias, a propósito do caso Freeport, tem escrito isto e isto e isto...

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2009 às 13:29

Por acaso, é das coisas que bastante me irritam a incoerência que campeia na análise dos casos «da moda» e também dos que dela passaram (embora não resolvidos, como sempre acontece nesta terra).

Assiste-se a uma «clubite» absolutamente confrangedora.

E os que nela não alinham militantemente vêm propor «reflexões» sobre a justiça que temos, como o poeta. A propor «reflexões» não há como ele, carago!
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 02.02.2009 às 14:14

Na bola quando o presidente dá voto de confiança no dia seguinte vai para a rua.Mas como é isso que Sócrates quer, Cavaco, qual velha raposa, não vai na cantiga.Tens de ir até ao fim!
Sem imagem de perfil

De anonimo a 02.02.2009 às 14:35


Num caso há um arguido preso e um banco salvo da falência com dinheiros públicos.

No outro, passados quatro, há bocas que ninguém confirma.





Sem imagem de perfil

De Amêijoa Fresca a 02.02.2009 às 14:36

A lavandaria do poder,
em tons de rosa pintada,
faz o negro parecer
uma cor esbranquiçada!

A imaginação é fértil
nessas lavandarias higienizadas,
tornando a sujidade mais pueril
em práticas legitimadas!

Negra é a campanha
divulgada por essas lavandarias,
esta gente de muita manha
não se satisfaz com quinquilharias!
Sem imagem de perfil

De António Manuel Venda a 02.02.2009 às 14:43

Pedro, ele não pode escrever outra coisa sobre o caso Sócrates. Devia, mas não pode. Se sobre o tipo do BPN (uma figura desde sempre sinistra) esteve bem, aqui meteu os pés pelas mãos. Acontece aos melhores.
Imagem de perfil

De J.M. Coutinho Ribeiro a 02.02.2009 às 15:58

Muito bem apanhada!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 02.02.2009 às 17:18

Que negócios esconsos e que ligações financeiras é que José Sócrates tem?

Está ligado a algum banco mixuruca?

Eu não leio jornais, mas o que li num blogue foi que se demonstrou que a mãe (UAU!) do Sócrates tinha comprado um apartamento em Lisboa pagando a pronto (UAU! Escandaloso! Não ter pedido empréstimo! Comprar com o seu próprio dinheiro! Isto não se faz!) com o dinheiro provindo da venda anterior de uma moradia que detinha em Cascais (UAU! Uma moradia em Cascais! Que ligação financeira!). É isto que o autor do post designa por "negócio esconso"?
Sem imagem de perfil

De Anti a 02.02.2009 às 18:34

De ontem para hoje o que eu gostei mesmo de ver e ouvir, foi uma das apoiantes da candidatura de Mário Soares às últimas presidenciais, ter ficado chocada quando soube que as FP 25 não eram obra de extrema-direita. Cândida de Almeida a fiel procuradora no caso Freeport, (Fripór em inglês técnico)...

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D