Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um país desconfiado

por Paulo Gorjão, em 08.11.09

Chegámos a um tal ponto em Portugal que ninguém dá o benefício da dúvida a ninguém. Inverteu-se por completo o ónus da prova e qualquer pessoa é culpada até prova em contrário. Para alguns João Marques Vidal é suspeito por ser filho de quem é. Para outros, Pinto Monteiro é suspeito por ter as certidões paradas há quatro meses.

O nosso dia a dia está convertido neste exercício constante de suspeição sobre terceiros. Ninguém dá o benefício da dúvida a ninguém. Marques Vidal é suspeito devido ao percurso profissional e às opiniões do pai. Pinto Monteiro é suspeito independentemente de se saber a razão pela qual as certidões estiveram paradas nos últimos quatro meses.

Se isto se passasse só neste caso, bom, não haveria grande problema. Acontece que este é o nosso dia a dia. A suspeição permanente. Há uma degradação muito acentuada na confiança que temos nas pessoas e nas instituições. Isto, sim, é um sinal muito perigoso de asfixia. De asfixia do regime democrático e, em última instância, de asfixia colectiva no seu todo. Um país irrespirável não tem futuro.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De james a 08.11.2009 às 21:04

Subscrevo na íntegra.
Sem imagem de perfil

De Francisco Crispim a 08.11.2009 às 21:05

Pelos vistos, o melhor é ninguém tugir nem mugir, achando tudo normal.
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 08.11.2009 às 21:19

É isso, claro. Ou 8 ou 80...
Sem imagem de perfil

De Rino a 08.11.2009 às 21:46

A grande conquista da comunicação/informação parece quer dar credito ao ditado virou-se o feitiço contra o feiticeiro. Com tanto veneno só podiamos ficar todos quilhados .
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 08.11.2009 às 23:44

Muito bem observado, Paulo. E muito oportuno.
Sem imagem de perfil

De rosa a 09.11.2009 às 00:37

ora, sr. P. Gorjão há quase 900 anos que o país não tem futuro!E no... entanto...! Tenha calma, o país é velho, já passou p/ muitas (pequenas e grandes) crises.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D