Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Por estes rios acima

por Pedro Correia, em 31.10.09

Depois da série das praias portuguesas, que aqui publiquei este Verão, vem agora aí a dos rios. Começa amanhã e vai prolongar-se por todo o mês de Novembro. Trinta rios de Portugal.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De mike a 01.11.2009 às 00:07

Creio que serei um acompanhante curioso e assíduo da nova série, mas não tanto comentador, Pedro. Rios, conheço-os pelos livros de Geografia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2009 às 00:14

Aposto que gostará desta série, Mike. Do dia 1 a 30, de A a Z.
Sem imagem de perfil

De Chloé a 01.11.2009 às 00:42

Boa;-) Espero ansiosa pelas crónicas dos meus rios: - o Mondego, a bordo do "Basófias"; o Cávado e o Paiva, a bordo da embarcação que aparecer; e o Guadiana, ali por Beja-Serpa-Mértola, a bordo d' "O Vendaval" ::)
Também vai ser uma oportunidade para voltar fatalmente a um enigma que começou a intrigar-me há uns anos: - porque é que em Portugal as cidades são sempre construídas de costas voltadas para o rio que as atravessa, ao contrário das cidades europeias que fazem deles a espinha dorsal do espaço urbanístico?
- Já reparou?
E não, não é porque os nossos rios sejam feios. Feios são os volumes e a qualidade das construções e funções que lá puseram ao pé dos leitos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2009 às 01:19

Tem toda a razão nas questões que levanta, Chloe. Espero que goste da selecção que aqui deixarei: em tantas dezenas de rios que temos, limito-me a 30. Não conheço em pormenor todos os rios portugueses, obviamente. Mas conheço bem aqueles de que falarei aqui. E espero que esta série seja mais um incentivo a que possamos todos olhar com um pouco mais de atenção para os belíssimos rios que atravessam o nosso país. Reparamos muito para no mar, e ainda bem, mas esquecemo-nos demasiadas vezes de olhar para os rios. E é como diz: grande parte das nossas cidades também estão de costas para eles.
Sem imagem de perfil

De macarvalho a 01.11.2009 às 07:30

Vou adorar, com toda a certeza!
Uma fonte inesgotável, com rios e locais de imensa e rara beleza.
Será uma série bem inspiradora.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2009 às 12:51

Espero que sim. A minha ideia é essa.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 01.11.2009 às 18:31

Mais uma série seguramene faustosa!

Já vi ali em cima o Águeda. Fico curiosa quanto aos restantes.

:))))
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2009 às 22:24

Depois da água salgada, a água doce.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D