Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Consenso e sensibilidades

por Paulo Gorjão, em 20.10.09

Constato que há algumas pessoas muito preocupadas com o consenso e com o respeito pelas diferentes sensibilidades internas no PSD. Muito bem. Pedro Passos Coelho já assumiu que será candidato nas próximas eleições directas. Não tenho a mais pequena dúvida que ele reúne as condições para federar as diferentes sensibilidades e gerar esse tal consenso. Acresce que, como não se trata de um problema de pessoas ou de lugares, não faz sentido que ele, depois de ter anunciado a sua intenção de se candidatar, venha agora dizer o contrário. O que é mais natural é que terceiros não avancem quando há já alguém no terreno. Assim sendo, quando é que Marcelo Rebelo de Sousa, José Pedro Aguiar-Branco, Paulo Mota Pinto, Paulo Rangel, Nuno Morais Sarmento, entre outros, manifestam o seu apoio à sua candidatura? Aposto que ele terá muito gosto em os receber para elaborar um programa que inclua o seu input e as suas 'sensibilidades'. Um programa de união, em suma.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana Cleto a 20.10.2009 às 16:43

Diz que é uma espécie de porta-voz...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 20.10.2009 às 16:57

Nunca tinha pensado nisso, Paulo. E que tal ser ele a contactar os outros para terem o gosto de recebê-lo?

(Sem maldade. Hehe...)
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 20.10.2009 às 17:03

É exactamente esse o problema que faz com que esta conversa não tenha pés nem cabeça...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 20.10.2009 às 17:07

Eu estava mesmo a brincar, Paulo.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 20.10.2009 às 19:39

Ainda bem. Ufa!
Sem imagem de perfil

De Chloé a 20.10.2009 às 19:16

Não tenho a mais pequena dúvida que ele reúne as condições para federar as diferentes sensibilidades e gerar esse tal consenso.
Olhe que não, olhe que não... :-)
Se não surge alternativa, com outro recorte, muita gente deixará de se reconhecer naquele partido em definitivo.
Pensando bom, era bom que a coisa implodisse mesmo com essa candidatura única.
Porque algo muito substantivo terá de congregar quem apoiou MFL contra PPC , as 2 tendências têm coisas demasiado importantes a diferenciá-las. Cheira-me que não vão continuar a conviver por manifesta falta de identificação e de pachorra
Aliás, o nosso xadrez partidário está a ficar velho e cansado, é bom que isto tudo se reorganize. Digo eu, que sou testemunha coeva do jogo quase desde o princípio.
E não vai ser o CDS a beneficiar dos órfãos de um certo PSD, ai isso não...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.10.2009 às 20:44

Pelo que se vai lendo nessa blogosfera fora, há muitos «sociais-democratas» a espumar de raiva contra PPC, como se preferissem José Sócrates. Não lhe dão sequer hipótese de mostrar o que vale como líder. Estes e outros «sociais-democratas» não aprenderam nada com os sucessivos desaires dos últimos anos: continuam a preferir os nomes e os rostos do passado, que foram enterrando o partido num vasto pântano. Meio partido luta ferozmente contra o outro meio. Há um clima de guerra civil que veio para ficar: naturalmente, os socialistas aplaudem de camarote.
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 20.10.2009 às 23:07

Fully agree.
Sem imagem de perfil

De Chloé a 21.10.2009 às 02:18

Concordo que a espumar de raiva também não vale a pena... Será mesmo? Devem ser candidatos da mesma plataforma de interesses em colisão aparente, o PPC não convoca sentimentos tão fortes :)
Mas se é isso que se vai lendo na blogosfera, então a blogosfera não promove realidades. Porque não me parece nada - nadinha mesmo - que a maioria dos que avaliam negativamente as potencialidades de PC prefira os nomes e os rostos do passado.
Isso é que era bom :)...se o contraste fosse entre reumático e sangue novo...
Sem imagem de perfil

De Coelhinha a 21.10.2009 às 12:01

Bravo! Finalmente assumiu-se como coelhista
Imagem de perfil

De João Carvalho a 21.10.2009 às 12:05

Que tal o regresso à 'casa da democracia'?

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D