Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Indecoroso

por Sérgio de Almeida Correia, em 16.10.09

No momento em que entra em vigor nova legislação sobre o crédito à habitação, o aviso do presidente da Associação de Bancos, de que o custo das novas regras será pago pelos cidadãos que não têm outra alternativa para arranjar uma habitação condigna que não seja através da compra de casa com recurso ao crédito, tem tudo de indecoroso. Como se a imposição de regras de igualdade, transparência e seriedade num negócio que vive à custa de esfolar os desgraçados, impondo-lhes encargos até ao final dos seus dias, pudesse ser considerado um custo significativo do exercício dessa mesma actividade a ponto de valer uma ameaça sobre os contribuintes do sistema. Se Roberto Saviano fosse português teria fartos motivos para os seus romances apenas tendo como tema de fundo o exercício da actividade bancária em Portugal, os escândalos e as tomadas de posição públicas de alguns dos seus dirigentes. Indecoroso e pestilento. Felizes os que não precisam dos banqueiros e da banca nacional para nada.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 17.10.2009 às 16:13

"não têm outra alternativa para arranjar uma habitação condigna que não seja através da compra de casa com recurso ao crédito"

Há muitas casas para arrendar. As pessoas compram casa porque querem, não porque a isso sejam obrigadas. Poderiam arrendar.

"um negócio que vive à custa de esfolar os desgraçados, impondo-lhes encargos até ao final dos seus dias"

Ninguém é esfolado. Os juros são o que são e estão à vista de todos. As pessoas quando contratualizam devem fazer as contas.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 17.10.2009 às 17:02

Eu conheço pessoas que não gostam de contratualizar. Preferem contratar.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D