Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que faz correr Cavaco?

por José Gomes André, em 30.09.09

Bem sei que todo o caso Cavaco-Sócrates-escutas é complexo e merecedor de várias análises. Mas quando tento compreender o fundo da questão, só consigo pensar em duas explicações válidas para o sucedido.

 

1. Há coisa de ano e meio, Cavaco Silva decidiu entrar claramente no jogo político, inventou a história das escutas (talvez motivado pela episódio do putativo "espião do PS" na Madeira) e deu ordens a Fernando Lima para levar o pseudo-caso para os jornais, na esperança de que a sua amiga de longa data Ferreira Leite chegasse ao poder. Deu-se mal porque o episódio veio a público, envolvendo o seu nome. E desde aí, Cavaco mais parece aquela pessoa que tenta corrigir um erro cometendo pelo menos mais três no caminho. Se assim for, o buraco é enorme e não parará de crescer, como assinalou o Paulo Gorjão.

 

2. Cavaco acha que está de facto a ser vigiado pelo governo, ou que Sócrates utilizou meios ilícitos para o controlar, só que não tem provas disso. Neste quadro, quereria demitir o governo, mas não tinha condições políticas para o fazer, uma vez que não poderia provar as acusações e não dispunha de outros motivos institucionais para tomar esta acção. Não quer Sócrates como Primeiro-Ministro, porque acha que ele está a cometer (ou cometeu) uma ilegalidade particularmente grave e antidemocrática, mas não sabe - nem pode, na ausência de provas - explicar ao país porque tomaria uma decisão tão drástica como recusar empossá-lo como chefe do governo. 

 

Haverá certamente mais análises possíveis, mas - a menos que estejamos perante uma brincadeira de crianças - acabarão em última instância por ir dar a uma das duas hipóteses referidas. Qual delas é verdadeira? Confesso sinceramente que não sei.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De O Moscardo a 30.09.2009 às 04:32

Por mim não me parece que a primeira seja plausível (MFL foi eleita em 31 de Maio - http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1330767 - e a história é de meados de Abril de 2008...), nem Cavaco tinha ficado doido nessa altura...
A segunda também não é crível: se Cavaco suspeitava, chamaria segurança mais cedo (só hoje?), e ficaria calado à espera de arranjar provas, caso contrário sabia que nunca poderia demitir Sócrates... Ou seja: sem provas ficaria calado...
Mas, de facto, é crível que tenha suspeitas, mas isso não justifica o q ontem fez ao país... e a si próprio...
Eu continuo perplexo, como aliás já estava: www.osocratico.blogspot.com.

E há um FACTO importante: todos os anos o Palácio de Belém é limpo de fio a pavio pelo SIS e pelo SIERM. Mais: se um Presidente solicitar, um simples telefonema basta para que toda uma equipa do SIS especialista em vigilância se desloque de imediato ao Palácio! A média de "limpezas" anuais é de 3 a 4... Creio que todos os Presidentes desde Eanes...
Algo muito muito estranho envolve esta história. Infelizmente para o país, que nada ganha com isto!
Sem imagem de perfil

De causavossa a 30.09.2009 às 07:59

Obviamente que para quem já conhece Cavaco a hipótese 2 é a mais provável.
Por muito menos e baseado em pressupostos mais frágeis Sampaio demitiu Santana.
Ser conivente com um primeiro cheio de sombras lunares é no mínimo conspurcar a imagem de carácter que Cavaco sempre cultivou e tentou manter para si ao longo da vida.
Imagem de perfil

De ariel a 30.09.2009 às 09:56

Mesmo que Cavaco ache que está a ser vigiado, e ele sempre achou que estava a ser vigiado, o homem sempre foi paranóico , toda a gente sabe as paranóias com a segurança que ele tinha nos tempos de S. Bento, mesmo que ele tenha essa convicção, nada o autoriza enquanto PR a a comportar-se de forma irresponsável e perigosa para o país. é um homem pequenino , mesquinho, sem gabarito, sem estaleca para a luta politica, convivendo mal com o jogo democrático. Como o José diz e muito bem no seu ponto 1, Cavaco resolveu entrar no jogo política através de MFL . A partir desse momento óbvio que ficou refém de um passo que nunca deveria ter dado, porque não tem estaleca pessoal nem política para jogar com êxito um jogo tão perigoso a partir da presidência da republica. O homem é uma desgraça tão grande que não há uma única voz que esteja inequivocamente a seu lado. Pode limpar as mãos à parede pelo lindo serviço que acaba de prestar ao país.
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 30.09.2009 às 11:14

Por mais que leia post's e comentários,chego sempre à mesma conclusão:Portugal está transformado num manicómio global.
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 30.09.2009 às 12:09

Começo a dar-lhe razão
Sem imagem de perfil

De mdsol a 30.09.2009 às 14:19

"Às vezes sinto-me farto
por tudo isto ser sempre assim
..."

Ruy Belo, um dia não muito longe não muito perto {outono, [homem de palavra(s)], todos os poemas, Assírio e Alvim, 223}

(Sem nunca ter percebido como tanta gente o louvava e o elegeu, este PR, ainda assim, me surpreende negativamente. E este tempo quente, fora de época, parece que ainda acentua o perigo da mediocridade)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D