Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tempo Novo

por Rui Rocha, em 06.02.16

Se bem percebi, em 2015 o Estado tirava-te o dinheiro directamente do salário. Em contrapartida, em 2016, o Estado fica-te igualmente com o dinheiro mas tens o trabalho acrescido de entregar uma parte numa bomba de gasolina.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

De Kikas a 06.02.2016 às 16:51

E acha que o Zé Povinho já se apercebeu disso? Ou se irá aperceber?
Sem imagem de perfil

De Costa a 06.02.2016 às 17:50

É isso. Para além disso terá havido uma rotação de clientelas partidárias na ocupação de lugares, prebendas e sinecuras públicas. Sendo que os que agora lá estão fazem os decaídos parecer meninos de coro (o magnífico esforço em torno da TAP, traduzido na patriótica obtenção de seis lugares no conselho de administração para os "boys" de turno, é um claro exemplo disso).

O povo, em larga medida extenuado e geralmente estúpido (estou à vontade: não concorro a lugares de confiança politico-partidária e, acreditando na democracia, arrepio-me com a oclocracia ), gosta imenso disto e é incapaz de fazer contas para lá da primeira parcela. Há-de pagar. Todo, função pública incluída.

Está muito bem assim e nem poderia ser de outra maneira.

Costa
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.02.2016 às 18:05

Tal qual sem tirar nem pôr. Em 2015 deixávamos nas bombas muito mais porque os combustíveis estavam bem mais caros, excepto nos últimos meses, agora se subirem 6 cêntimos nunca, mas nunca, vamos pagar os combustíveis ao preço que pagámos nos últimos quatro anos e com expropriação de reformas e salários. Aqueles que não usam carro, não serão prejudicados, aqueles que os usam, não é por aí que vão piorar as suas vidas. Que moral têm os senhores do PSD e CDS que tiraram tudo e mais alguma coisa e se preparavam para mais austeridade, virem agora pedir esclarecimentos?
Sem imagem de perfil

De airam a 06.02.2016 às 20:06

Como só li o seu comentário depois de escrever o meu, até lhe vou explicar mais explicadinho num exemplo muito simples: Vamos supor que todos os meses recebe mais 20 euros e, naturalmente, todos os meses você, no mínimo, come, ora como o combustível não afeta só, as suas deslocações de automóvel mas vai influenciar todos os preços, não são só os 6 cêntimos/LITRO (não 6 cêntimos num depósito cheio de combustível) mas, tem de contar com todos os outros cêntimos nos produtos que vai pagar: pão, carne, peixe, óleo, azeite, legumes... até no papel higiénico que você usa porque, presumo que não use trevos de 4 folhas e, as empresas gastando mais em combustível, pode crer que fazem o mesmo que o Costa... são só cêntimos... várias vezes, porque até temos de comer todos os dias e, isto, sem contar com muitas outras despesas.
Porque o Costa sabe muito bem aquele provérbio popular, "grão a grão enche a galinha o papo" e tudo o que ele lhe dá com a mão direita, vai-lhe tirar com a esquerda, obviamente que ele até sabe que muitos, nem sequer sabem fazer contas e, como bom ilusionista, conta com muitos como você e, como ele está a contar com eleições, antes das contas rebentarem (novamente), espera que você vá votar só a pensar na benesse.
Mas o problema não acaba aqui, um dos Secretários de Estado já veio falar nuns subsídios aos transportes públicos para não aumentarem o preço dos bilhetes... e aqui pensa que isso vai ser pago por quem? Naturalmente com impostos dos contribuintes ou sobrecarregando a pedinchice à Europa porque, como sabe ou deveria saber, ainda não parámos de pedir dinheiro emprestado, o dinheiro dos impostos não chega para as despesas que o Estado tem mas, depois, não venha daqui a mais 4 anos queixar-se que nos obrigam a fazer o que não queremos e o blá blá da soberania nacional e todos os queixumes de quem só diz bacoradas antes de, primeiro, usar os neurónios.
Já não tenho paciência para ouvir adultos infantilizados, "estes papás são tão bonzinhos e os outros são tão maus" que só fazem maldades, imagine-se... tão maus que até gostam de perder votos.
E como "não tenho o rabo preso" a nenhum Partido político, basta isso, para poder ir diretamente ao assunto porque a verdade nunca pode ser desmentida e já me chegam as conversas de chacha dos políticos para depois ainda ter que gramar, em silêncio, certas "sumidades" em economia.
Sem imagem de perfil

De hcl a 06.02.2016 às 22:57

airam
Não vale a pena. Desista.
Isto não tem solução.

A quantidade de "eleitores" que acha que só os donos de Mercedes e fumadores de charuto vão pagar mais impostos é suficiente para dar maioria ao Costa.
Sem imagem de perfil

De airam a 06.02.2016 às 18:35

Na bomba de gasolina vão dar conta mas, nos bens essenciais que são transportados em veículos que gastam combustível... aí, é a parte que o Costa adora... fazê-lo à socapa porque, tudo o que faça aumentar o preço, automaticamente o iva aumenta... interessa é "chupar" o contribuinte e a economia que se lixe. Se o aumento de preços, até acabar por interferir nas exportações... é para o lado que ele dorme melhor...
Eu vivo em Lisboa e, ainda não me esqueci como, à socapa, ele conseguiu passar a receber o dobro de um imposto. Um ADN que mostra muito... uma refinada "sabedoria" indiana... hoje, na Índia, as pessoas ainda estão convencidas que não nascem todas iguais e será, apenas, um jogo de sorte ou azar, ter de pertencer a uma determinada casta. E ele, até é da casta que conseguiu dar um chuto no Seguro, se for preciso, fazer acordos com o Diabo... "No ProblemO".
É bom ir relembrando a qualidade da fibra de que ele é feito porque, neste país, a malta come muito queijo... Só de pensar que, tão facilmente, "enfiou a faca nas costas" de um camarada de Partido, eu, apenas como contribuinte, definitivamente, já sei o que me espera...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.02.2016 às 22:51

Por acaso já viu alguma empresa de logística baixar os preços porque os combustíveis desceram? Ninguém viu. Então não venham com desculpas que não têm razão de ser ou então apelam à desordem pública.
Sem imagem de perfil

De airam a 07.02.2016 às 09:38

No fundo o hcl tem razão porque uma pessoa explica, torna a explicar, dá exemplos mas, realmente, a ignorância e a facilidade com que as pessoas se deixam manipular é assustadora. É o mesmo que tentar pôr uma vela na cabeça de um porco e esperar que ele tenha ideias luminosas.

As coisas são como são, uns nascem com uma voz maravilhosa para cantar, outros com dons natos para as artes ou um esqueleto perfeito para as atividades físicas de competição e, outros nascem mesmo idiotas porque, apesar de ninguém nascer ensinado e todos, ao longo da vida, termos como única obrigação aprender, tentar sempre fazer melhor do que no dia anterior mas, na realidade, há aqueles que se recusam a aprender, parece que têm o Programa encravado e, por mais que repitam a mesma asneira, obtendo o mesmo resultado final, continuam presos, repetindo indefinidamente a mesma coisa como um disco riscado, é aflitivo e, o pior de tudo é que acabam por afogar os outros na sua loucura.
Para conduzir é preciso fazer um exame, no entanto, a idiotice é mais perigosa que um condutor sem carta, para além dos estragos que podem fazer hoje, podem conseguir destruir tudo até à quinta geração.
Como dizia o meu professor de sociologia, para mudar de ideias é preciso, alguma vez, ter tido alguma e, muitos, são meros papagaios que repetem, apenas, o que lhes soar melhor.
Quanto à desordem pública, mais uma coisa própria dos ignorantes porque os inteligentes tentam demonstrar os seus pontos de vista, através da palavra e da razão, ao contrário dos idiotas, quando as palavras lhes falham, só lhes resta a violência física para fazer passar os seus pontos de vista.
Sem imagem de perfil

De MM a 07.02.2016 às 00:34

Não li em lado nenhum que haja redução dos impostos, nomeadamente IRS (exceptuando a sobretaxa em alguns raros casos). Assim, não é a substituir mas a adicionar.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D